Telefone

Buscar

TAG-PROMOCAO

Box Clarice Lispector Todos Os Romances Volume 1 - Rocco
LV422894

Por: R$ 133,80ou X de

Quantidade: 1

12345
Comprar
  • OPÇÕES DE
    PARCELAMENTO
  • CONSULTE
    FRETE
  • ADICIONAR AOS
    MEUS DESEJOS
A amoralidade diante da maldade. O instinto na condução da trama com uma certa dose de automartírio. A história de Joana ¿ não a Virgem d¿Orleans mas a personagem de Clarice Lispector nesta obra de estréia marcou a ficção brasileira em 1944. A narrativa inovadora (ainda hoje) provocou frisson nos círculos literários. A técnica de Clarice Lispector funde subjetividade com objetividade alterna os focos literários e o tempo cronológico dá lugar ao psicológico (o presente entremeado ao intermitente flashback). A prosa leve discorre com fluência e fluidez nos meandros da protagonista na sua visão de mundo e interação com os demais personagens. Tudo isso revelou Clarice Lispector como mais que mera promessa na prosa da Geração de 45. É o texto do sensível e do imaginário ora enfrentando ora diluindo-se aos incidentes reais de Joana. Deve-se ler a obra com instrumentos de anatomia: usa-se bisturi para dissecá-la e pinça para estudar os personagens como órgãos autônomos que se ligam por estranhas artérias e nervos à personagem de coração e cérebro Joana. São eles: o pai prematuramente falecido incentivador das brincadeiras na infância; a tia assustada com as estripulias da órfã a quem chama de víbora; o tio fazendeiro afetuoso com Joana e abúlico diante das reclamações da mulher; o professor confidente e orientador (como a paixão da puberdade); Otávio o rapaz que se casa com Joana ao romper o noivado com Lígia de quem posteriormente se torna amante; Lígia grávida de Otávio conta tudo à protagonista; o homem sem nome sustentado pela mulher participante silenciosa do romance clandestino e sem compromisso dele com Joana. A leitura é caleidoscópica. A protagonista ora tem uma cor ora outra conforme o momento ("real" ou onírico). As cores dançam no enredo misturado ao cenário e às sensações da menina-mulher-amante. Joana desfila na vida dos outros personagens destilando o veneno de víbora instilado com ironia e respostas cruéis diante dos fatos. / Neste livro, a sensação de inquietude e a exposição da alma humana é muito mais complexa e intensa. Trafega-se, a maior parte do tempo, pelo mundo interior da protagonista, Virgínia, desde sua infância numa fazendola em um remoto vilarejo do interior até a vida adulta numa cidade grande e solitária. Clarice não permite ao leitor jamais ter completo acesso ao que se passa do lado de fora - a não ser na crua e, talvez, surpreendente cena final. No universo subjetivo da escritora, a única clareza está nos sentimentos. Virgínia ama seu irmão, Daniel, sua alma gêmea, seu senhor. Virgínia ama seu amante, Vicente, a quem conhece tão pouco... A história é contada como num jogo de luzes e sombras, cada parágrafo permitindo apenas antever, de relance, a força sufocante de tanto amor. / A simplória Lucrécia é uma mulher "sitiada". No livro "A cidade sitiada", de Clarice Lispector, a personagem, docemente desprovida de raciocínio e consciência é apenas o que vê: os cavalos a esmo, o morro do pasto, o armazém, o pássaro, o sol s

CARACTERÍSTICAS

EditoraEDITORA ROCCO LTDA
Edição1
Ano da Edição2017
AutorCLARICE LISPECTOR
EAN139788532501424
FormatoBROCHURA
Nacional ou ImportadoNacional
ISBN8532501427
Largura0,1
Altura0,2
Profundidade3,5
Páginas1008
Peso1115 g.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores