Ícone Menu

PROMOÇÃO

Corvo, O - Trilingue - Empireo

LV396460
"O corvo", ao ser capturado pela pena de Poe, tornou-se o símbolo da prenunciação fatal, desde então, a ave de luto foi imortalizada na poesia como a mensageira da perda irreparável e da inevitabilidade da morte. Esse é um dos casos na literatura em que a imagem do próprio autor funde-se à sua obra, quando o artista apodera-se de uma ideia ou imagem de modo que consegue imprimir-lhe um significado permanente e indissociável de sua criação artística.
Dessa forma, o corvo é a representação máxima da poesia de Edgar Allan Poe, o personagem que profetizou a amargura da eterna solidão de um eu lírico que personifica toda a estética gótica na literatura e demais formas de artes. Antes de Poe, o corvo, pássaro de plumagem negra, já era considerado uma ave de mau agouro na mitologia grega, por ter levado notícias ruins ao deus Apolo. Entretanto, foi no poema O Corvo, publicado em 1845, no jornal Evening Mirror, onde Poe trabalhava, que a ave foi incorporada ao imaginário macabro do ultrarromantismo.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores