Telefone

Buscar
De Onde Vem As Palavras - Novo Seculo
LV250453

Quantidade: 1

12345
  • OPÇÕES DE
    PARCELAMENTO
  • CONSULTE
    FRETE
  • ADICIONAR AOS
    MEUS DESEJOS
nistia veio do grego amnéstia, esquecimento, de amnéstos, esquecido, radicado no verbo mnáomai, lembrar, pensar, antecedido da partícula a , que indica negação. Os pontífices não são mais construtores de pontes, as miniaturas não são mais pintadas com mínio. As rubricas podem ser feitas com tinta de qualquer cor. As vinhetas não são mais desenhos de videiras. Mas sentença, do latim sententia, continua ligada ao verbo sentire, sentir, perceber também com outros sentidos. O desaforo pode ser resolvido fora do foro, o latim forum, praça do comércio onde os magistrados julgavam as demandas. O salário, do latim salarium, pagamento feito em sal, continua amargando a vida do trabalhador, mas é difícil avaliar o honorário, do latim honorarium, originalmente um presente dado em honra do pro_ ssional que nos atendeu. Há mais de quinze anos o escritor Deonísio da Silva, botânico e jardineiro das palavras , escreve toda semana a coluna de Etimologia da revista CARAS, que no período já vendeu cerca de duzentos milhões de exemplares. Todas elas estão reunidas neste bestseller, De onde vêm as palavras, agora em 16ª edição, revista e consideravelmente ampliada, com sua redação integralmente preservada, sem os cortes feitos na revista por razões editoriais.

CARACTERÍSTICAS

EditoraNOVO SECULO EDITORA DISTRIBUIDORA E REPRESENTACOES
Edição1
Ano da Edição2009
AutorDEONISIO DA SILVA
EAN139788576792161
IdiomaPORTUGUES
FormatoBROCHURA
Nacional ou ImportadoNacional
ISBN8576792168
Largura17
Altura24
Profundidade4,5
Páginas1072
Peso1406 g.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores