Medicina No Banco Dos Reus,A - Divulgacao Cultural - Livrarias Curitiba

Buscar
Medicina No Banco Dos Reus,A - Divulgacao Cultural
LV434806

Por: R$ 74,00ou X de

Quantidade: 1

12345
Comprar
  • OPÇÕES DE
    PARCELAMENTO
  • CONSULTE
    FRETE
  • ADICIONAR AOS
    MEUS DESEJOS
Em pleno século XXI, autoridades não escondem e acham normal que o Direito valha menos que seus desejos morais e políticos. Na Oresteia, os desejos de vingança sucumbiram ao Direito. Embora a moral seja uma questão da modernidade, é possível dizer que o Direito, nesse julgamento, venceu a moral. Não aprendemos nada com isso.
Pois o caso jurídico que o valoroso e combativo advogado Elias Mattar Assad nas contas deste livro - que tenho o prazer de apresentar à comunidade jurídica e à sociedade em geral - mostra que não aprendemos muito com a história e nem com a mitologia. A médica intensivista Virgínia Helena Soares de Souza foi acusada e teve decretada a sua morte simbólica pela Polícia, pelo Ministério Público, pelo Poder judiciário e pela mídia, especialmente esta.
A mídia apresenta aqui, o que as Erineas representam na peça Eumênides, da trlogia Oresteia. A leitura do livros do Dr. Elias Mattar nos mostra bem isso. Sensacionalismo, invenções, escatologia: um somatório de coisas espalhadas nos diversos veículos de comunicação. Claro: por vezes, incentivadas e roboradas por autoridades.
A médica Dra. Virginia foi epitetada como Doutora morte. Ou "anjo da morte".
Dramática é a narrativa de Elias, quando da prisão da médica, em pleno expediente no hospital: "Colecionando interrogações, Virginia não teve outra escolha e passou a companhar aquele cortejo medieval, sem informações dos reais motivos da anunciada prisão. Naquele momento, nada poderia um estetoscópio e um jaleco contra armas e algemas".
E o advogado Elias Mattar Assad - assessorado por Louise Mattar Assad - então começou a luta em busca da justiça. Em suas palavras: "Os bombardeios midiáticos foram tantos que era muito comum as pessoas comentarem: 'Vocês defendem a médica que desligava o aparelho respirador dos pacientes?'. E eu observar que sequer na investigação ou denúncia do Ministério público constava tal acusação"!
E tudo era dito como se fossem "verdades absolutas". Mas ambos resistiram: Elias e Virginia. Enfrentando um processo que apontava e buscava uma pena de mais de 200 anos de prisão. Muitas vítimas. Acusação: antecipação da morte. A médica era acusada de ministrar fármacos e depois proceder ao rebaixamento nos parâmetros ventilatórios dos pacientes-vítimas então dependentes de ventilação mecânica, fazendo-os morrer por asfixia.
E a luta terminou. Como o bravo advogado do filme Bridge of Spies (Ponte dos Espiões), a defesa foi descosturando as teses acusatórias. E a médica foi impronunciada em algumas acusações e absolvidas de outras..."



Lenio Luiz Streck

CARACTERÍSTICAS

EditoraDIVULGACAO EDITORA
Edição1
Ano da Edição2018
AutorELIAS MATTAR ASSAD, LOUISE MATTAR ASSAD
EAN139788584790807
FormatoBROCHURA
Nacional ou ImportadoNacional
ISBN8584790802
Largura14
Altura21
Profundidade0,3
Páginas600
Peso892 g.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores