Um Ponto No Holograma - A Girafa - Livrarias Curitiba

Buscar
Um Ponto No Holograma - A Girafa
LV199742

Quantidade: 1

12345
  • OPÇÕES DE
    PARCELAMENTO
  • CONSULTE
    FRETE
  • ADICIONAR AOS
    MEUS DESEJOS
No dia da morte de seu pai, o filósofo Edgar Morin decidiu escrever um livro sobre ele. Vidal Nahoum foi um judeu sefardita, cujo antepassados remontam aos que muitos consideram o surgimento da cultura européia. Em 1453 o Império Bizantino é destruído. O Império Otomano suplanta-o e escolhe Constantinopla como capital, rebatizada Istambul.
Quatro séculos de pax ottomanica reinarão sobre o Oriente europeu e mediterrâneo. Em 1492, depois da queda da Granada, o Islã é rechaçado da Europa ocidental e a Espanha impõe a judeus e muçulmanos o exílio ou a conversão. As dezenas de milhares de judeus que recusam a conversão ao cristianismo se espalharam pelo mundo. A diáspora dos sefarditas, os judeus da Espanha, espalha-se em pequenas doses rumo à Holanda, à Provença, mais amplamente rumo à África do Norte e sobretudo ao Oriente, Império Otomano adentro.
Instalam-se nas cidades portuárias de Istambul, de Izmir e, principalmente, de Salonica, onde 20 mil deles desembarcam. Vidal Nahoum, pai de Morin, nasceu em Salonica, e atravessou as guerras balcânicas, a derrocada do Império Otomano, e as duas guerras mundiais. E é a partir de Vidal Nahoum e de Salonica que Edgar Morin traça um panorama dos judeus sefarditas.

CARACTERÍSTICAS

EditoraA GIRAFA EDITORA LTDA
Edição1
Ano da Edição2006
AutorEDGAR MORIN
EAN139788589876971
IdiomaPORTUGUES
FormatoBROCHURA
Nacional ou ImportadoNacional
ISBN8589876977
Largura16
Altura23
Profundidade1,5
Páginas448
Peso480 g.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores