Ícone Menu

PROMOÇÃO

Vampiro Nao Tem Medo De Critica, O - Aut Paranaense

LV318802
O objeto de estudo deste livro é a fortuna crítica do contista paranaense Dalton Trevisan. A escolha implica a legitimação de um gênero, a crítica literária , e o reconhecimento de sua relevância e papel ativo na abordagem do objeto estético. Pensada, ao longo destas páginas, como não isenta, ela própria, de alguns dos traços usualmente apontados na obra de criação, e ao mesmo tempo como um gênero, por princípio, subordinado a outro, sua análise acabaria reenviando o leitor a este outro de que ela (vampiresca?) extrai sua seiva e orientação. Por vias indiretas, portanto, o livro tem como objeto, também, o Dalton Trevisan literário a que esta crítica se refere e, ao referir-se, reconhece e legitima, mesmo quando censura e desqualifica.
Para tanto, comentam-se os textos que fundam os delineamentos básicos dos termos em que se discute a obra de Dalton Trevisan ao longo de sua tradição crítica. Neste caso, com o objetivo de observar em que consistem as linhas centrais de interpretação do escritor.
Recortando, portanto, cerca de trinta anos de produção crítica consistente sobre o contista, após dez ou vinte anos de ensaios e erros, formulações e retomadas, este livro registra não apenas os momentos excepcionais do discurso sobre Dalton Trevisan, mas também aqueles momentos que, repetindo-se, estabeleceram-no como autor digno de nota e isolaram do corpo de seus textos os traços que passaram a causar admiração ou censura, elogios ou reprimendas. Os traços que lhe conferiram visibilidade, enfim.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos Consumidores