Produtos encontrados: 239 Resultado da Pesquisa por: em 11 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 337535

    74,15 %

    Crise Das Esquerdas, A - Civilizacao Brasileira

    sinopse
    • Após décadas de hegemonia neoliberal, não são programas e políticas de esquerda que se apresentam como alternativa, mas nacionalismos conservadores e de direita. Na América Latina, experimentou-se um momento de ascensão de governos progressistas, para então haver um retrocesso, com derrotas eleitorais e deposição de presidentes eleitos ? como foi o caso do Brasil, do Paraguai e de Honduras. O que há de errado com as esquerdas? Seria o resultado de uma crise civilizatória, com o declínio dos valores do humanismo, da justiça e da igualdade? Os programas de esquerda teriam perdido a capacidade de dialogar com os novos grupos sociais emergidos da revolução tecnológica? Neste livro, intelectuais ? professores e ativistas ? se reúnem para indicar a resposta a estas e a outras indagações que perturbam a militância e o pensamento das esquerdas. O livro reúne textos e entrevistas de: Cícero Araújo, Guilherme Boulos, Renato Janine Ribeiro, Ruy Fausto, Sérgio Fausto, Tarso Genro, Aldo Fornazieri, Carlos Muanis, Carla Regina Mota Alonso Diéguez, Carlos Melo, Moisés Marques e Rodrigo Estramanho de Almeida.
  • 402590

    14,99 %

    Fascismo A Brasileira - Planeta

    sinopse
    • Se é inegável que entende melhor o presente quem conhece o passado, é fundamental conhecer o integralismo para compreender a essência do bolsonarismo. Sim, o Brasil teve um movimento fascista e anticomunista na sua história na mesma época de Mussolini e Hitler. Fundado pelo deputado e jornalista Plínio Salgado, a Ação Integralista Brasileira foi o maior movimento fascista fora da Europa entre os anos 1920 e 1940 ? e também o maior movimento de extrema-direita no país até o surgimento de Jair Bolsonaro. Era uma organização nacionalista, autoritária e tradicionalista. Chegou a ter um milhão de adeptos que eram conhecidos como os ?encamisados? ou ?camisas- verdes? por se vestirem de verde ? como se vestiam de preto os discípulos de il duce na Itália e de cáqui a legião de seguidores do führer na Alemanha. Inspirado pelos líderes europeus, Plínio era anticomunista e defendia as ideias do fascismo, entre elas a defesa de uma identidade nacional e a crença de que a salvação da pátria exigia tanto a obediência a um ?salvador da pátria? como a destruição dos inimigos internos. Como instrumentos, pregava a violência e o militarismo ao mesmo tempo em que tinha como valores fundamentais a família e a religião. Apesar de ter durado poucos anos, a Ação Integralista Brasileira contou com expoentes como o jurista Miguel Reale, o antropólogo Câmara Cascudo, o arcebispo Dom Hélder Câmara, o escritor José Lins do Rego e, testemunhas dizem, até o músico e poeta Vinícius de Moraes. Em Fascismo à brasileira, Pedro Doria conta esse momento pouco estudado da história brasileira com uma riqueza de detalhes que permitirá ao leitor não só conhecer o integralismo como fazer, ele próprio, as conexões entre passado e presente.
  • 388965

    15,01 %

    Tudo O Que Voce Precisou Desaprender Para Virar Um Idiota - Planeta

    sinopse
    • Sabia que enquanto você lê este texto comunistas eurasianos tentam dominar o mundo com a ajuda de organizações metacapitalistas secretas e sacerdotes da Religião Biônica Mundial, criada para exterminar a moral judaico-cristã da face da Terra, que é plana? Não, essa não é a sinopse do próximo filme do James Bond. É uma doutrina tida como filosofia por personalidades importantes da política e da cultura brasileiras. Antes marginalizada, essa ideologia começou a pautar posicionamentos e ações do governo, além de dominar as conversas em jantares de família. Neste livro, você desvendará as 24 principais teorias conspiratórias que estão tomando conta do debate público e de discussões privadas para ajudá-lo a entender a profundidade do buraco civilizatório em que o Brasil se enfiou. Com a mesma clareza e didática dos seus mais de 300 vídeos, que conquistaram mais de 580 mil seguidores no YouTube, o Meteoro Brasil explica a ficção e a realidade por trás de kit gay, marxismo cultural, gramscismo, Lei Rouanet, mudança climática, Paulo Freire, globalismo, vacinas e muito mais!
  • 294927

    Lava Jato - Primeira Pessoa

    sinopse
    • Em Lava Jato - O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil, o jornalista Vladimir Netto acompanha as investigações desde seu início, em março de 2014, e, como num livro de suspense, vai revelando, pouco a pouco, os principais desdobramentos que expuseram o maior escândalo de corrupção do país. À medida que a operação avança, vamos descobrindo quem são os personagens-chave desse processo - doleiros, dirigentes da Petrobras, políticos e empreiteiros - e como se articularam para desviar bilhões dos cofres da estatal. Para traçar o perfil do juiz Sergio Moro, fio condutor desta história, o autor se debruça sobre seu trabalho: o vasto conhecimento técnico, as perguntas meticulosas, as sentenças fundamentadas e a coragem de enfrentar a pressão de advogados de renome. Repleto de informações de bastidor, ligações perigosas e diálogos de um cinismo impensável, este grande livro-reportagem, com ares de trama policial, é um registro histórico do conturbado período que o Brasil atravessa.
  • 423047

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    O Brasil Dobrou A Direita

  • 423045

    PRÉ-VENDA

    15,01 %

    A Republica Das Milicias

  • 422989

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Ruptura - Livro 1 - Intrinseca

    sinopse
    • Na década de 1980, três físicos realizaram um estudo pioneiro sobre o ponto crítico que leva à ocorrência de uma avalanche. Eles partiram do princípio de que o desmoronamento de uma pilha de areia é certo, embora não saibamos quando ele se dará nem sua dimensão. Da mesma forma, pesquisadores do mundo inteiro há tempos já alertavam sobre a iminência de uma nova pandemia, mesmo não podendo determinar com exatidão a data desse evento, bem como seus desdobramentos. Até que aconteceu. Ruptura é o primeiro volume da série A Pilha de Areia, escrita pela economista Monica Baumgarten de Bolle, sobre a pandemia de COVID-19 e seus efeitos na economia. Baseados no conteúdo que a autora apresenta em seu canal no YouTube sobre os desdobramentos e impactos desse cenário, as medidas para freá-los e as novas perspectivas no olho do furacão, os livros terão a mesma linguagem coloquial e acessível de seus vídeos. Verdadeiras aulas abertas ao grande público, eles conquistam cada vez mais seguidores, confirmando de Bolle ? que é professora da Johns Hopkins University, em Washington, e colunista da Época e do Estadão como uma das vozes mais influentes da economia no cenário atual. Neste livro a autora analisa os impactos iniciais da pandemia. Diante da situação extrema, comenta os desafios enfrentados pelos governos e pela comunidade científica internacional, e sobretudo por uma economia forçada a pensar de forma criativa, e não mais em modelos exclusivamente quantitativos, que não dão conta da crise humanitária que se desencadeou. De Bolle também aborda temas que ficaram em evidência no Brasil, como a discussão sobre a renda básica universal. Ruptura é um livro para entender os desafios de agora e o que estamos construindo para o futuro.
  • 422830

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Se Liga Na Politica

    sinopse
    • O que é esquerda e direita? O que é democracia? Qual a importância da constituição? Aprenda os conceitos e ideias essenciais com o Se liga na política - mais um volume da coleção best-seller Em um dos momentos mais conturbados das últimas décadas na política mundial, este livro pretende contribuir para o debate ao responder perguntas como estas. Política é o ato de tomar decisões e criar regras para conviver, seja em um grupo ou em sociedade. Se liga na política mostra a origem das ideias de cada um desses grupos. No mundo de hoje parece que todos só falam nesse assunto, mas às vezes o vocabulário usado pode confundir. Conceitos como comunismo e socialismo, fascismo e ditadura, o porquê de alguns políticos serem chamados de populistas ? depois desta leitura, ninguém mais será pego de surpresa na roda de conversas. Com forte apelo visual e linguagem dinâmica, Se liga na política dialoga com o público jovem explicando os principais tópicos de cada área de forma direta e envolvente, sem abrir mão da profundidade do conteúdo. Com ele, o leitor aprende os conceitos e ideias essenciais e também tem a chance de conhecer alguns personagens marcantes que transformaram o mundo com suas ideias.
  • 422822

    PRÉ-VENDA

    15,01 %

    Conversas Sobre Politica Para Todos Os Tempos

    sinopse
    • Conversas sobre política para todos os tempos é uma coletânea de crônicas de Rubem Alves, publicadas nos jornais Folha de São Paulo e Correio Popular. Esta nova edição do livro conta com um prefácio escrito pelo jornalista Jamil Chade e contracapa assinada pela filha do autor, Raquel Alves. É uma leitura indispensável para todos aqueles que se interessam pela discussão política em seu sentido amplo, filosófico e - podemos dizer - apartidário. É um livro simples,inteligente, corajoso, necessário, que realiza a proeza de nos tirar do conformismo e da resignação para nos lançar para a frente, fazendo com que nos posicionemos diante da realidade atual.
  • 422591

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Tres Pragas Do Virus - Todavia

    sinopse
    • Os últimos anos viram mudanças profundas nas relações de trabalho, no papel do Estado e no sempre delicado quebra-cabeça das relações internacionais. A pandemia de Covid-19 lançou uma pedra nessa vidraça, forçando uma reconfiguração acelerada do mundo, que terá novos caminhos e escolhas a traçar. Nestes três ensaios, o jornalista Vinicius Torres Freire mostra como as ideias de cooperação internacional, dívida estatal e trabalho ? agora ainda mais intimamente ligadas ? estarão no centro do mundo que poderá emergir da pandemia. Com rigor, erudição e urgência, o autor aponta os desafios que teremos daqui para a frente, bem como os erros que cometemos no passado e as maneiras de evitá-los nesse futuro que começa a se anunciar.
  • 422593

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Elites Democracia E Politica Local - Contexto

    sinopse
    • Os estudos sobre as eleições municipais se encontram hoje em franco desenvolvimento, constituindo uma das linhas de pesquisa mais promissoras da Ciência Política brasileira. Esta obra identifica, através de um método que combinou levantamento estatístico e pesquisa qualitativa, algumas características próprias dos dirigentes municipais na Bahia, não somente para diferenciá-los da representação política federal, como também para estabelecer possíveis termos de comparação com outras realidades locais brasileiras. Elites, democracia e política local contribui, dessa forma, para a consolidação de espaços de discussão, no âmbito de uma Ciência Política que não seja pautada na ideologia e sim em dados factuais, ainda tão carentes nas instituições acadêmicas não somente baianas, mas também, de modo mais amplo, nacionais.
  • 422512

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Geopolitica Da Intervencao - Geracao

    sinopse
    • Neste Geopolítica da Intervenção, livro polêmico e surpreendente, o advogado e cientista político Fernando Augusto Fernandes desmonta a história de que a Operação Lava Jato foi e ainda é uma investigação insuspeita, para combater os crimes de políticos corruptos e grandes empresários corruptores. Foi isso também ? mas seu principal propósito foi desestabilizar o governo petista, golpear o sistema democrático, destruir a engenharia nacional, enfraquecer o programa de petróleo e gás, facilitar a pilhagem das riquezas brasileiras pelos norte-americanos e criar as condições para um governo liberal de direita,o que acabou resultando na eleição de um deputado extravagante e obscuro e na maior crise política, econômica, social e sanitária já vivida pelo Brasil.
  • 415400

    15,0 %

    Pedra Lisa - Papa Livro

  • 402919

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Tempo Dos Governantes Incidentais, O - Cia Das Letras

    sinopse
  • 402721

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    15,01 %

    Uma Breve Historia Das Mentiras Fascistas - Vestigio

    sinopse
    • "?Não há livro melhor sobre o complexo e incômodo relacionamento entre o fascismo e a verdade.? Jason Stanley, autor de Como funciona o fascismo: a política do ?nós? e ?eles? Neste livro breve mas abrangente, o historiador de renome mundial Federico Finchelstein explica por que os fascistas consideravam mentiras simples e muitas vezes odiosas como verdade, e por que muitos de seus seguidores acreditavam em suas falsidades. Ao longo da história do século XX, muitos defensores das ideologias fascistas consideraram mentiras políticas como a verdade encarnada em seu líder. De Hitler a Mussolini, os líderes fascistas capitalizaram com a mentira como base de seu poder e de sua soberania popular. Essa história continua no presente, no qual as mentiras parecem substituir cada vez mais a verdade empírica. Agora que as notícias reais são apresentadas como ""fake News"" e notícias falsas se tornam políticas de governo, Uma breve história das mentiras fascistas nos incita a lembrar que a atual discussão sobre ""pós-verdade"" tem uma longa linhagem política e intelectual que não podemos ignorar."
  • 402787

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Constituicao Da Liberdade - Faro

    sinopse
    • Tom Palmer explora, através de ensaios teóricos e reflexões práticas, o papel do livre-arbítrio e da força de vontade para vivermos uma vida mais feliz, para nos tornarmos pessoas melhores e desfrutarmos os benefícios da liberdade. Estudos de caso ilustrados com dados científicos, históricos e filosóficos formam um guia para as pessoas que desejam viver em sociedades livres, cooperativas e justas. Para quem procura farto material que analisa a operação do Estado que tutela e limita a vida de seus cidadãos, ou Estado burocrático ? campo fértil para a corrupção, este livro é um bom lugar para começar.
  • 402668

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    15,01 %

    Nacional Populismo - A Revolta Contra A Democracia Liberal - Record

    sinopse
    • Neste estudo aprofundado, os autores discutem o que há por trás da ascensão do nacional-populismo no Ocidente, quem apoia esses movimentos (e por que) e como eles vão mudar a cara da política nos próximos anos. Em todo o Ocidente, há uma maré crescente de pessoas que se sentem excluídas, alienadas da política dominante e que se mostram cada vez mais hostis às minorias, aos imigrantes e à economia neoliberal. Muitos desses eleitores estão se voltando para movimentos nacional-populistas, que representam a ameaça mais séria ao sistema democrático liberal ocidental e seus valores desde a Segunda Guerra Mundial. Dos Estados Unidos à França, da Áustria ao Reino Unido, o desafio nacional-populista à política dominante está à nossa volta. Os nacional-populistas priorizam a cultura e os interesses da nação e prometem dar voz a essas pessoas que se sentem negligenciadas e desprezadas por elites distantes e corruptas. É uma ideologia enraizada em correntes duradouras e profundas e ganhando força há décadas, mudando o panorama da política. Há quem diga que esse é um derradeiro bravo raivoso de um eleitorado em vias de extinção. Seus líderes são fascistas e suas políticas, antidemocráticas; sua existência é um espetáculo paralelo à democracia liberal. Mas essa versão dos eventos, como mostram Roger Eatwell e Matthew Goodwin, não poderia estar mais longe da verdade. Escrito por dois dos principais especialistas sobre fascismo e ascensão da direita populista, contando com material exclusivo sobre o Brasil, este é um guia lúcido, resultado de uma profunda pesquisa acerca das transformações radicais do cenário político de hoje, que revela os motivos pelos quais as democracias liberais em todo o Ocidente estão sendo desafiadas. O que está por trás dessa onda excludente? Quem apoia esses movimentos e por quê? O que a ascensão deles nos diz sobre a saúde da política democrática liberal? O que pode ser feito para conter essa maré?
  • 402587

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Maneiras De Transformar Mundos - Autentica

    sinopse
    • Neste livro, Vladimir Safatle mostra como o pensamento e a clínica de Jacques Lacan importam para aqueles que querem pensar a política para além do jogo de forças entre instituições e domínios de representação. Examinando os quatro conceitos fundamentais da política para a psicanálise - a saber: identificação, gozo, transferência e ato -, Safatle emprega a psicanálise como dispositivo crítico e prática transformativa contra a dominação conformista que a psicologia de cada época mobiliza como ideologia. Como a família conta em nosso processo de subjetivação, determinando horizontes de produção de autoridade? Como as formas religiosas se entranham em nossos processos de trabalho e produção de valor? Como nossas identidades tornam-se políticas no interior de sistemas de gestão de saber? Como pensar uma noção alternativa de liberdade considerando a experiência concreta de Lacan na organização de sua Escola de Psicanálise, de modo a sincronizar ato psicanalítico e processo revolucionário? Estas são perguntas crucias postas em circulação por este livro. Trabalho necessário tanto para entender como transformar a realidade de opressão, que enfrentamos hoje, quanto para fazê-lo em consideração ao desejo, no horizonte da subjetividade de nossa época. Christian Dunker Psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da USP
  • 402489

    15,0 %

    Eua E A Nova Ordem Mundial, Os - Vide

    sinopse
    • Quais são os fatores e os atores históricos, políticos, ideológicos e econômicos que definem atualmente a dinâmica e a configuração do poder no mundo e qual a posição dos Estados Unidos da América no que é conhecido como Nova Ordem Mundial? Essa é a pergunta que o cientista político russo Alexandre Dugin e o filósofo brasileiro Olavo de Carvalho procuram responder nesse debate, que atingiu momentos acalorados e polêmicos. Partindo de posições radicalmente diversas, cada autor esclarece como vê o atual conflito de interesses no plano internacional, elucidando quem são seus principais atores e quais as forças e objetivos envolvidos. No final, os dois debatedores não chegam a um acordo e o grande vencedor é o leitor, que sai do debate com uma visão mais abrangente da política internacional e da luta pelo poder que está sendo travada para a formação da Nova Ordem Mundial.
  • 402223

    14,99 %

    Sobre A Verdade - Cia Das Letras

    sinopse
    • """ Esta seleção de escritos de George Orwell, extraídos de seus romances, ensaios, cartas e reportagens, reúne de forma única os pensamentos do autor de 1984 sobre o tema da verdade. Na semana da posse de Donald Trump, quando sua assessora justificou as falsas estimativas do presidente sobre o número de presentes no evento utilizando a expressão """"fatos alternativos"""", livros de George Orwell como 1984 e A revolução dos bichos foram catapultados ao topo da lista de mais vendidos nos Estados Unidos. Numa realidade dominada pelas fake news, as reflexões de Orwell sobre a verdade se tornam cada vez mais urgentes. """"Se não for combatido, o totalitarismo pode triunfar em qualquer parte"""", escreveu o autor britânico. E o totalitarismo, na visão de Orwell, fundamenta-se em uma noção de """"mentira institucionalizada"""", que nega qualquer possibilidade de liberdade de pensamento. Neste livro, estão reunidos de forma inédita textos que têm como eixo a ideia da verdade. A seleção abrange trechos de toda a produção de Orwell, do seu primeiro livro, Dias na Birmânia, de 1934, até seu romance derradeiro, 1984, publicado em 1949, um ano antes da sua morte. O apagamento da verdade é a chave para entendermos a obra de Orwell e, principalmente, o mundo atual. Se a verdade morreu, nunca foi tão importante dizer: viva a verdade! """
  • 402116

    15,01 %

    Naufragio Das Civilizacoes, O - Vestigio

    sinopse
    • "Autor do best-seller As Cruzadas vistas pelos árabes revisita o século XX e demonstra, neste livro altamente oportuno, como as civilizações se lançaram à deriva e se encontram, agora, diante de um iminente naufrágio. Os Estados Unidos, embora continuem sendo a única superpotência, estão perdendo toda a autoridade moral. A Europa, que ofereceu aos seus povos e ao resto da humanidade o projeto mais ambicioso e reconfortante do nosso tempo - a União Europeia -, está desmoronando. O mundo árabe-muçulmano mergulha numa crise profunda, agravada por um islamismo cada vez mais radical. As tensões identitárias, em grande parte fomentadas pelas ondas nacionalistas, nunca foram tão exacerbadas. Grandes nações ""emergentes"" ou ""renascidas"", como a China, a Índia e a Rússia, irrompem no palco mundial numa atmosfera nociva, na qual reina a lei do mais forte e do cada um por si. Sem falar das graves ameaças, intensificadas pela aventura ultraliberalista, que pesam sobre o planeta (devastação do meio ambiente, abismo social, pandemias) e só podem ser enfrentadas por meio da cooperação global. Neste livro abrangente e poderoso, Maalouf atua como espectador e escritor comprometido, às vezes recontando eventos importantes dos quais foi uma das raras testemunhas oculares, destacando-se então como historiador acima da própria experiência. Por mais de meio século, o autor observou o mundo, viajando pelos seus quatro cantos. Estava em Saigon no final da Guerra do Vietnã, em Teerã durante o advento da República Islâmica do Irã, viajou com o entourage que repatriou o aiatolá Khomeini após seu exílio e estava em Nova York quando as Torres Gêmeas vieram abaixo ? evento após o qual o mundo não seria o mesmo. O livro contém um posfácio especial à edição brasileira, com as últimas reflexões do autor sobre a pandemia de Covid-19."
  • 401991

    14,99 %

    Por Que Nao Podemos Esperar - Faro

    sinopse
    • É importante entender a história que está sendo feita hoje, porque ainda há mais por vir, porque a sociedade americana está perplexa com o espetáculo do negro em revolta, porque as dimensões são vastas e as implicações profundas. PALAVRAS PROFERIDAS EM 1964... Em 1963, no Alabama, talvez o estado com maior segregação racial nos Estados Unidos, uma campanha lançada por Martin Luther King demonstrou ao mundo o poder da ação não-violenta. Neste livro, lançado em 1964, o vencedor do Prêmio Nobel da Paz narra esses eventos, traçando a história da luta pelos Direitos Civis nos últimos três séculos mas olhando para o futuro, avaliando o trabalho que precisava ser feito para a igualdade de direitos e oportunidades aos negros e a seus descendentes. Trata-se de uma análise eloquente dos fatos e pressões que impulsionaram o movimento dos Direitos Civis até as marchas públicas que tomaram as ruas naquela época e inspiram as de nosso tempo. Mais de cinco décadas após sua morte, as palavras de Luther King se mostram atuais para o mundo. No livro, o autor descreve os acontecimentos cruciais que impulsionaram a campanha pela justiça racial, oriunda de um movimento nascido em balcões de lanchonetes e reuniões de igreja, mas que se fez ressoar em todo o planeta. Por que não podemos esperar é um manifesto único, um testemunho histórico e também um alerta. A INJUSTIÇA NUM LUGAR QUALQUER É UMA AMEAÇA À JUSTIÇA EM TODO O LUGAR. MARTIN LUTHER KING JR.
  • 401770

    15,0 %

    Talvez Ela Nao Precise De Mim - Todavia

    sinopse
    • "Pandemia e puerpério. São essas duas realidades que Anna, Victor e Violeta precisam navegar. Anna e Victor são um casal acostumado, nas palavras dele, a ""sair e se divertir juntos"". E Violeta acabou de chegar. O noticiário de seus primeiros dias de vida é marcado por um vírus que agora se espalha pelo mundo. Em pouco tempo, o trio se vê isolado num apartamento em Copacabana, uma ""boneca russa de isolamentos"" sem prazo para acabar. Durante quarenta dias, a jornalista Anna Virginia Balloussier registrou a rotina da família em pandemia, num instantâneo brutalmente sincero (e ocasionalmente hilário) sobre maternidade, relacionamentos e álcool em gel. Uma das novas vozes do jornalismo brasileiro, Anna Virginia faz dos grandes perrengues e pequenas alegrias um diário comovente desses tempos tão sombrios."
  • 401522

    15,01 %

    Apagando O Incendio - Todavia

    sinopse
    • "Um relato claro e conciso da catástrofe financeira de 2008-9 pelos três homens que arquitetaram as saídas para a crise. -- Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde decretou a pandemia do novo coronavírus. Ato contínuo, países ao redor do mundo decretaram medidas de isolamento social para proteger a população. Os efeitos econômicos foram imediatos e profundos ? e talvez desde a crise de 1929 o mundo não se veja diante de desafio tão abrangente para os governantes. Não por acaso, voltaram ao debate as soluções adotadas no passado para conter tempestades financeiras. A crise de 2008 é sem dúvida o exemplo mais emblemático. Naquele ano, a falta de lastro de papéis ligados ao setor imobiliário levou à falência inúmeros bancos de investimento e mergulhou o mundo num terremoto cujos efeitos são sentidos até hoje. Mas os resultados poderiam ser ainda mais catastróficos não fossem as soluções adotadas pelos ""bombeiros"" que assinam Apagando o incêndio. Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve, Tim Geithner, presidente do Federal Reserve Bank de Nova York, e Henry Paulson, secretário do Tesouro, estavam à frente de políticas de socorro drásticas e controversas, mas que se provaram necessárias para estabilizar o sistema financeiro. Neste livro, dirigido ao grande público (ou seja, nada de economês aqui), eles examinam as causas da crise, explicam por que ela foi tão impactante e relatam uma a uma as medidas necessárias para evitar uma depressão como a de 1929. Mais do que rever uma história do passado, no entanto, os autores estão olhando para a frente. A preocupação central é ""manter as memórias vivas e auxiliar os 'bombeiros' do futuro a proteger as economias dos estragos das crises financeiras"", escrevem na introdução. Na forma de um vírus, esse futuro chegou antes do que imaginávamos. Hora decisiva, portanto, de aprender com quem já passou pela experiência."
  • 401451

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Tempo Da Politica, O - Autentica

    sinopse
    • A tradução do livro O tempo da política: o século XIX reconsiderado de Elías Palti que o leitor brasileiro tem em mãos vem atestar o impulso e a importância que a História Intelectual adquiriu no Brasil e na América Latina nos últimos anos. Seus desenvolvimentos e variados aportes teóricos, como a história conceitual, a história contextual anglo-saxônica e a história da linguagem política, converteram-na em fonte fecunda de enfoques e perspectivas renovadoras. Palti avança em suas já conhecidas reflexões sobre a ?nova história conceitual? e se propõe a realizar uma releitura da história política do século XIX latino-americano. Um século no qual a América Latina se transformou em um grande laboratório político, repleto de experiências inovadoras, complexas transformações e aporias. Para isso, mergulha num denso debate com a tradicional história das ideias, com as narrativas épicas e com as chamadas teorias revisionistas. O autor nos oferece uma proposta original de história intelectual em que a América Latina recupera seu valor como objeto de análise. Uma história na qual se articulam as dimensões sintática, semântica e pragmática da linguagem política como discurso e prática incompreensíveis fora do contexto histórico do qual participam. A coleção História e Historiografia presenteia o leitor com um dos mais instigantes debates teóricos no interior da historiografia contemporânea. Maria Elisa Noronha de Sá
  • 401336

    15,01 %

    Cruzado De Direita - Estudos Nacionais

  • 401319

    15,01 %

    Curto Circuito - Todavia

    sinopse
    • A Coleção 2020 foi criada e produzida durante a pandemia de Covid-19. Reúne autores e autoras que se dedicaram a refletir e a provocar o pensamento em livros breves, atuais e contundentes. -- A pandemia da covid-19 trouxe consequências inéditas para a economia global. Ao contrário das crises de 1929 e 2008, o colapso econômico de 2020 não é uma crise originada no setor financeiro, mas consequência do contágio da economia real por uma crise de saúde pública. Em meio a queda histórica do PIB mundial, o debate econômico foi chacoalhado como em poucas ocasiões. Temas e questionamentos ao modo como o sistema capitalista tem sido administrado, presentes no debate desde a crise financeira global de 2008-2009, ganharam concretude trágica. No Brasil, a pandemia se abateu sobre uma economia que mal havia se recuperado da recessão de 2015-16. Pior. Enquanto os mais pobres ainda sofriam queda em seus rendimentos, o meio e o topo da pirâmide recuperavam-se lentamente. Medidas fiscais substantivas foram adotadas. Mas a resposta à crise não exige apenas relaxar regras orçamentárias, e sim repensar o próprio papel do Estado para superar carências históricas que a pandemia tornou cristalinas. É o que faz este livro. À luz do contexto brasileiro, apresenta cinco funções do Estado que a pandemia ajudou a revelar. São elas: estabilizador da economia, investidor em infraestrutura física e social, protetor dos mais vulneráveis, provedor de serviços à população e, por fim, empreendedor. Com a firmeza, a clareza e a densidade que são marcas registradas de Laura Carvalho, Curto-circuito: O vírus e a volta do Estado mergulham em cada face do problema não apenas para refletir sobre a pandemia, mas também para iluminar, de forma sóbria e generosa, conceitos decisivos do pensamento econômico.
  • 401318

    15,0 %

    Ponto Final - Todavia

    sinopse
    • "A Coleção 2020 foi criada e produzida durante a pandemia de Covid-19. Reúne autores e autoras que se dedicaram a refletir e a provocar o pensamento em livros breves, atuais e contundentes. O livro Ponto-final, de Marcos Nobre, faz uma análise sóbria, cristalina e quente do terremoto político que tomou conta do Brasil. Nos últimos anos, Marcos Nobre se consolidou como um dos analistas políticos mais agudos do país. Seus artigos e entrevistas, publicados de forma regular em diversos veículos da imprensa, iluminam a realidade brasileira com doses generosas de clareza e complexidade. Neste livro, essas qualidades saltam à vista. A pandemia, segundo o autor, acentuou o traço decisivo do governo Bolsonaro: a política de guerra, em que o adversário político se torna um inimigo a ser exterminado. Em sua cruzada autoritária, o atual governante visa nada menos que a destruição da democracia. Como foi possível a eleição de um líder assim? Que tipo de governo ele conduziu até a chegada da Covid-19? O que a pandemia significou para a maneira de fazer política que ele instaurou? Com lucidez e sobriedade, Nobre responde a essas e outras questões. Seu texto é um chamado ao diálogo. ""A raiva desmensurada que desperta o escárnio presidencial pela vida precisa encontrar a sua devida canalização institucional democrática"", lembra o autor. É preciso encontrar um modo de sair do impasse. Insistir na intolerância contra seus apoiadores é aceitar o desejo de morte que fundamenta o discurso do presidente. E isso apenas fortalece a cultura bolsonarista."
  • 401191

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Democracia Ameacada - Faro Editorial

    sinopse
    • A LIBERDADE DE EXPRESSÃO EM RISCO E POR QUE PRECISAMOS AGIR, AGORA. Há um autoritarismo perverso no mundo e ele está calando todas as vozes... E então, havia uma terra nos confins da Ásia. Seus habitantes tinham tanta liberdade econômica que a região se tornou uma das mais desenvolvidas do mundo. Mas um dia, sem avisar, uma ditadura, a China Comunista, decide roubar-lhes a liberdade. E a repressão começou forte. O primeiro alvo foi a doutrinação escolar, seguida da perseguição aos opositores. É aí que este livro começa... Qual é o momento certo de enfrentar o mal? Para Joshua Wong foi aos 14 anos. Enquanto os adultos permaneciam calados, Wong vislumbrou o que estava acontecendo em seu país e organizou o primeiro protesto estudantil em Hong Kong, se opondo à implementação doutrinária do currículo escolar imposto pela China comunista. Não foi fácil, mas venceu. Ao se tornar mundialmente conhecido pelos protestos, a surpresa foi não ter sido sequestrado ou desaparecido, como tantos opositores da autoridade comunista. Criou o movimento dos guarda-chuvas amarelos, chamando a atenção da comunidade internacional para o momento de perda de liberdades que Hong Kong vive e que começa a se estender para outras nações, com o controle da comunicação e do que se pode falar sobre a China. Joshua Wong narra o caminho que o levou para o ativismo, revela as cartas que escreveu durante sua prisão política e expõe um apelo poderoso e urgente: que lutemos pelo direito a livre expressão.
  • 401058

    14,99 %

    Internacionalismo Ou Extincao - Critica

    sinopse
    • "Como será o futuro pós coronavírus? Em seu novo livro, Noam Chomsky alerta sobre as grandes ameaças à sobrevivência do planeta. Reconhecido como um dos principais intelectuais contemporâneos, defensor ferrenho da democracia e crítico da política externa dos Estados Unidos e do poder global das grandes corporações, Chomsky mostra-se preocupado com o futuro e explica detalhadamente o porquê. Segundo ele, os estados nacionais não têm mais a capacidade para controlar o futuro e preservar o planeta. Só movimentos populares vão conseguir acordos mundiais em defesa do clima e da paz. Como este livro foi originalmente escrito antes do coronavírus, oferecemos na edição brasileira um prefácio onde Chomsky comenta como a pandemia vai alterar a ordem política e econômica global. Também questiona por que a indústria farmacêutica não se preocupou em fazer uma vacina contra este tipo de vírus depois do SARS. Quanto ao futuro, ele acredita que, se por um lado, talvez haja uma emergência de estados autoritários, por outro a sociedade pode exigir uma reforma em favor da assistência universal à saúde e a emergência do estado de bem-estar social."
  • 400934

    15,01 %

    Diario Da Catastrofe Brasileira - Record

    sinopse
    • Ainda na noite de 28 de outubro de 2018 ? quando 57 mihões, 796 mil e 986 brasileiros fizeram o inimaginável e depositara na urna o voto em um candidato que não tinha nenhum programa de governo organizado, havia feito declarações racistas, machistas e homofóbicas e elogiara abertamente torturadores e a ditadura militar ?, o escritor Ricardo Lísias começou este Diário da catástrofe brasileira, que, obsessivamente, não largou até hoje. Pouco mais de um ano depois, a polícia tornou-se ainda mais violenta, casos de censura voltaram às artes, o Brasil virou motivo de piada no mundo, o desmatamento atingiu índices mais do que alarmantes, centenas de agrotó¬xicos foram liberados para uso, a população é estimulada a não acreditar em dados científicos, a agressão à imprensa por parte do governo é corriqueira e a economia, vejam só, continua em crise. O leitor encontrará aqui uma análise reveladora do material de campanha que circulou ainda antes de 2018 e que até agora não foi bem avaliado. Da mesma maneira, tanto a Operação Lava Jato quanto seu principal condutor, o ex-ministro Sérgio Moro, são vistos de forma original e surpreendente. O texto alterna momentos de assombro, outros de indignação, sem perder em nenhum momento a coerência e a necessidade (que ele parece entender como uma obrigação) de achar sentido para o sucesso daquele que foi, nas palavras de Lísias, ?o pior candidato da história eleitoral brasileira?. Não há nenhuma condescendência: se sobram muitas críticas à imprensa, por exemplo, Lísias avalia seu próprio comportamento, e o de seu meio, ao mesmo tempo em que desenvolve hipóteses sobre arte, sociedade e cultura. As páginas do Diário da catástrofe brasileira se desenvolvem sem que as principais conjunções adversativas sejam usadas. Para o autor, definitivamente, passou da hora do mas, porém, todavia, no entanto e contudo. E este é só um exemplo da originalidade deste livro às vezes assustador, outras, engraçado, e sempre ousado e esclarecedor.
  • 400781

    14,98 %

    Mister Slang E O Brasil - Lafonte

Produtos encontrados: 239 Resultado da Pesquisa por: em 11 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar