Produtos encontrados: 259 Resultado da Pesquisa por: em 8 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 430358

    PRÉ-VENDA

    Da Ditadura A Democracia - Conceitos Fundamentais Para A Libertacao

    sinopse
    • "Da ditadura à democracia já se tornou um clássico da ciência política moderna. Este guia para desmontar um regime opressor e substituí-lo por uma ordem genuinamente democrática foi traduzido para inúmeras línguas e serviu de auxílio a vários movimentos insurrecionistas de países subjugados por ditadores impiedosos. Apoiado em seus longos estudos sobre ditaduras, movimentos de resistência, revoluções, pensamento político, sistemas de governo e, principalmente, sobre os métodos de luta não-violenta, o autor apresenta aqui as maneiras mais eficazes de desintegrar uma ditadura com o menor custo possível em termos de sofrimento e de vidas. "
  • 430374

    PRÉ-VENDA

    Como A Luta Nao Violenta Funciona E Autolibertacao

    sinopse
    • "Como a luta não-violenta funciona é uma introdução solidamente embasada ao conceito e à prática da luta não-violenta, a suas operações e ao modo como ela pode ser usada contra oponentes organizados e capazes de impor uma dura repressão. O livro apresenta, de um modo acessível, conciso e compreensível, as principais teses do tratado maior do Dr. Sharp The Politics of Nonviolent Action, e será de especial interesse para estudantes e ativistas. Autolibertação é um guia para o planejamento estratégico de ações cujo objetivo seja acabar com uma ditadura ou outra forma de opressão. Ele foi escrito para auxiliar aqueles que desejam esboçar uma estratégia abrangente que tenha por fim a própria libertação de um regime tirânico e a instalação de um sistema mais livre e democrático. "
  • 430397

    PRÉ-VENDA

    Economia Politica Global

    sinopse
    • Este livro faz um breve balanço dos elementos e assuntos centrais da economia política global, trata da sua história recente e reflete sobre para onde apontam as suas tendências contemporâneas. A obra apresenta os debates e correntes de pensamento centrais que moldaram o campo, fornece uma perspectiva geral sobre o funcionamento da economia global, e trata de dinâmicas e problemas mundiais atuais. Com foco didático, formulado em uma linguagem acessível, o livro volta-se especialmente a estudantes de graduação em Relações Internacionais e áreas afins.
  • 430289

    PRÉ-VENDA

    O Socialismo Humanista - Ed Bolso

    sinopse
    • Nós, socialistas, somos mais livres, porque somos mais plenos, somos mais plenos por sermos mais livres. O esqueleto de nossa liberdade completa está formado, falta a substância protéica e a roupagem, nós as criaremos. Nossa liberdade e sua sustentação cotidiana têm a cor do sangue e estão repletas de sacrifício. Nosso sacrifício é consciente, uma cota para pagar pela liberdade que construímos.
  • 430062

    PRÉ-VENDA

    Governo Bolsonaro - Retrocesso Democratico E Degradacao Politica

    sinopse
    • Este livro reúne antropólogos, sociólogos, cientistas políticos, economistas e profissionais de relações internacionais que nos ajudam a compreender o bolsonarismo como uma dupla chave, movimento e forma de governo, e quais são os impactos disso nas políticas públicas, na saúde das instituições e na vida da população brasileira. Nos textos que tratam do campo institucional, são analisadas as relações do governo com o Congresso Nacional, os partidos políticos, o Supremo Tribunal Federal e as novas dinâmicas federativas. Outro conjunto de textos analisa políticas públicas de atenção a saúde, educação, meio ambiente, segurança pública, distribuição de renda, direitos humanos e minorias, as reformas trabalhista e previdenciária, as políticas externa e econômica. Para falar sobre o bolsonarismo como movimento, são exploradas as formas de representação e o destino da participação política, bem como as inflexões dos movimentos sociais frente ao governo de extrema direita. Outros artigos trazem reflexões sobre a cultura política, discutindo a nova direita no Brasil, valores democráticos e autoritarismo, preferências políticas, religião e novas lideranças evangélicas. Análises da relação do governo Bolsonaro com a imprensa, seu uso das redes sociais e das fake news, e seus impactos sobre a opinião pública finalizam esta obra, que nos mostra que as marcas da destruição são muito anteriores a 2020, ano que ficará para sempre marcado como um dos mais complexos para a política nacional.
  • 430028

    PRÉ-VENDA

    Eles Em Nos

    sinopse
    • Eles em nós é uma tentativa de colocar a análise do discurso a serviço da compreensão da catástrofe política que aconteceu ao Brasil do século XXI. O Brasil do século XXI vive antagonismos políticos que não podem ser nomeados sem que, automaticamente, você assuma uma posição ? uma posição que passa, necessariamente, pela linguagem que se usa, e que sofreu grandes modificações nos últimos vinte e poucos anos. Idelber Avelar brinca ao afirmar que um brasileiro que hibernasse em 1995 e acordasse em 2010 não teria grande dificuldade de ler os jornais, por mais que ele pudesse se surpreender com a popularidade de Lula (então por volta de 80%) e com o fato de que haveria Olimpíadas no Brasil, mas uma história muito distinta aconteceria com o hipotético viajante do tempo que acordasse seis, oito ou dez anos depois da passagem de Lula a Dilma em 2010.Eles em nós é um estudo da interseção entre o funcionamento da linguagem e os processos políticos que o Brasil tem vivido nesse período, incluindo as manifestações de junho de 2013, a Lava Jato e o bolsonarismo. O livro vai das hipérboles com que o Executivo tem pensado o país ao lexicocídio, o assassinato de palavras, sofrido pelo português brasileiro neste século. Analisa o mascaramento de antagonismos no sistema político e os oximoros com que o pacto lulista os administrou. Discute a conversão de substantivos comuns em nomes próprios nos casos de junho de 2013 e da Lava Jato, e conclui com uma investigação das raízes históricas, antropológicas e discursivas do bolsonarismo na sociedade brasileira.?Convido o leitor a examinar este livro e acolher as contribuições que ele possar dar para que sejamos capazes de sair do mero e repetitivo embate, dispondo-nos ao livre e produtivo debate? ? trecho da orelha de Marina Silva.
  • 429997

    PRÉ-VENDA

    A Acumulacao Do Capital

    sinopse
    • Uma obra importante para entender a sociedade capitalista, A acumulação de capital é um brilhante estudo sobre a interpretação econômica do imperialismo. Pode, o capital, acumular indefinidamente? A partir dessa inquietação clássica da Economia Política, a cientista, professora e militante marxista Rosa Luxemburgo se lançou a encontrar a resposta. Sua tese defende que, para haver expansão e acumulação, o capitalismo necessitou de seu braço político, o imperialismo. Em A acumulação do capital Rosa Luxemburgo descreve e formula as condições históricas e sociais que viabilizam a expansão e a acumulação do capital. Tomando por base o imperialismo ? com suas políticas violentas, militarizadas, desagregadoras e exploratórias de povos e terras ?, bem como o regime financeiro internacional ? por meio de empréstimos e especulações ?, Luxemburgo expõe a estrutura capitalista global de acumulação e crescimento. Edição com tradução do célebre autor e cientista político Luiz Alberto Moniz Bandeira. Prefácio de Fábio Mascaro Querido, professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Estadual de Campinas. ?Rosa Luxemburgo [...] foi e é uma águia.? ? Vladiímir Lênin ?[A acumulação do capital é] seu grande livro sobre o Imperialismo? ? Hannah Arendt ?À luz dos desafios do presente, Rosa Luxemburgo torna-se uma grande fonte de inspiração para uma releitura a um só tempo marxista e decolonial (e, por que não, ecológica) do capitalismo moderno.? ? Fábio Mascaro Querido
  • 429869

    PRÉ-VENDA

    Ciberpopulismo

    sinopse
    • O ciberpopulismo é a combinação eficiente de técnicas de propaganda do século XX com as possibilidades abertas pela tecnologia no século XXI, a convergência do populismo e das mídias digitais. Replicando a velocidade do avanço tecnológico, ele já mostrou a sua capacidade de causar alterações estruturais nos países e na geopolítica. Mas como funciona exatamente o ciberpopulismo? Qual o impacto da comunicação atual nas democracias? Como o Brasil se encaixa nessa conjuntura? Este livro responde a questões como essas e mostra as consequências da comunicação nesse contexto, na forma de polarização social e crescimento das posições de extrema direita, e os riscos para a democracia. Indica, por fim, as possíveis saídas para os impasses que nos preocupam: menos democracia, mais intolerância, retrocessos na inteligência e na sabedoria de algumas nações, entre elas o nosso país.
  • 429700

    PRÉ-VENDA

    Por Uma Revolucao Africana

    sinopse
    • Uma poderosa coletânea que marca o desenvolvimento político e filosófico de um dos mais importantes pensadores da luta antirracista e anticolonial. Recém-formado, em 1953 Frantz Fanon deixa a França para chefiar a ala psiquiátrica de um hospital na Argélia, encontrando um país em combustão social. No ano seguinte, eclode a guerra pela independência. Mergulhado na situação dramática vivida pelo povo argelino e africano em geral, ele adere ao movimento revolucionário como intelectual e militante da Frente de Libertação Nacional. Por uma revolução africana é uma bússola do percurso de Fanon, oferecendo um panorama privilegiado do desenvolvimento de sua obra e de suas teses políticas, filosóficas e psicanalíticas. Escritos entre 1951 e 1961? anos decisivos em que produziu os clássicos Pele negra, máscaras brancas e Os condenados da terra ? e agora reunidos nessa poderosa coletânea de artigos, ensaios e cartas, seus textos políticos dão prova da potência transformadora e original que fez de seus pensamentos e ações um modelo paradigmático do intelectual ativista. Médico, filósofo político, teórico do colonialismo e das possibilidades de superá-lo, militante da independência africana, o psiquiatra martinicano foi antes de tudo um revolucionário, inspiração central para os movimentos negros e de direitos civis no mundo. Por meio de uma profunda análise da situação do colonizado ? que pode diagnosticar através de sua experiência médica diária ?, Fanon disseca a opressão imperialista e o efeito psicológico devastador causado pelo racismo, examinando questões como o panafricanismo, os sentidos da negritude na África e no Caribe e a atitude da esquerda francesa diante da Guerra da Argélia. Autor incontornável, Frantz Fanon nos dá as chaves para compreender os mecanismos da estrutura racista e colonial que segue nos assombrando. O livro tem prefácio de Deivison Faustino, professor da Unifesp e especialista na obra de Fanon. ?O mais poderoso teórico do racismo e do colonialismo do século XX.? ? Angela Davis
  • 429698

    PRÉ-VENDA

    A Educacao De Uma Idealista

    sinopse
    • O relato honesto e inspirador da vencedora do prêmio Pulitzer, ativista pelos direitos humanos e ex-embaixadora dos Estados Unidos na ONU. Da autora de Genocídio e O homem que queria mudar o mundo. Nesta obra autobiográfica de fôlego, Samantha Power reconstitui a trajetória brilhante e incomum de uma irlandesa que imigrou para os Estados Unidos ainda criança, trabalhou como correspondente de guerra na Europa Oriental, tornou-se ativista de direitos humanos, integrou o gabinete presidencial de Barack Obama e foi a mais jovem embaixadora americana na ONU. Seu relato expõe as dificuldades e os momentos decisivos de sua vida, além dos desafios de equilibrar as demandas profissionais com a maternidade. Ao mesmo tempo, a autora joga luz sobre aspectos da diplomacia mundial e reflete sobre as possibilidades e os limites da atuação política. Best-seller internacional, eleito um dos melhores livros do ano por veículos como New York Times, Washington Post, Economist, NPR e Time, A educação de uma idealista é um testemunho de como o idealismo pode mudar o mundo ? e da determinação incansável de alguém que sempre quis fazer a diferença. ?Leitura indispensável para qualquer um que se preocupa com nosso papel num mundo em movimento.? ? Barack Obama ?Honesto, íntimo e revelador. [?] É a trajetória de uma pessoa com alma de outsider que se tornou uma testemunha apaixonada dos acontecimentos durante o governo Obama.? ? Colm Tóibín
  • 429494

    O Estado A Que Chegamos

    sinopse
    • Um dos méritos de O Estado a que Chegamos é mostrar que nenhuma das deformidades encontradas no Estado brasileiro é fruto do acaso ? nem consequência de um destino que parece condenar um país rico como o Brasil a padecer cada vez mais com a falta de dinheiro. Escrito pelo advogado e ex-ministro João Santana, o livro mostra como o empreguismo, os salários absurdos e os privilégios do funcionalismo (além dos delírios dos que acham natural a sociedade sustentar estatais ineficientes e dezenas de outras moléstias nessa mesma linha) são frutos de opções conscientes. De decisões racionais tomadas em momentos em que se poderia ter seguido por caminhos bem mais virtuosos do que os escolhidos. Santana não se limita a relatar os episódios que protagonizou como secretário da Administração Federal e ministro da Infra-Estrutura do governo de Fernando Collor de Mello. Com uma visão lúcida e livre de paixões políticas, o livro analisa o arcabouço jurídico implantado no Brasil durante o regime de 1964. E mostra, sob a ótica liberal, como os civis que substituíram os militares no poder mantiveram a essência do que foi implantado naquele momento. A consequência das escolhas feitas é um Estado voraz na hora de cobrar impostos do cidadão e avarento na hora de devolvê-los à sociedade.
  • 429591

    PRÉ-VENDA

    O Crepusculo Da Democracia

    sinopse
    • A historiadora e vencedora do Prêmio Pulitzer explica, com clareza cruciante, por que as elites democráticas de todo o mundo estão se voltando para o nacionalismo e o autoritarismo. Eleito o Livro do Ano pelo The Washigton Post e pelo The Financial Times. Dos Estados Unidos e Grã-Bretanha à Europa continental, Ásia e América do Sul, as democracias liberais estão em risco, enquanto o autoritarismo está em ascensão. Em O crepúsculo da democracia, Anne Applebaum, ganhadora do Prêmio Pulitzer e uma das primeiras jornalistas a soar o alarme das tendências antidemocráticas no Ocidente, expõe o magnetismo do nacionalismo e da autocracia. Ela afirma que sistemas políticos com crenças radicalmente simples são por natureza atraentes, sobretudo quando beneficiam os que são leais a eles e excluem todos os demais.Anne Applebaum afirma que ?Os autoritários precisam de pessoas para promover tumultos ou iniciar golpes. Mas também de pessoas que saibam usar uma sofisticada linguagem legal, capazes de afirmar que ir contra a Constituição ou distorcer as leis é a coisa certa a fazer. Eles precisam de pessoas que deem voz às queixas, manipulem os descontentamentos, canalizem a raiva e o medo e imaginem um futuro diferente?.Os partidos autoritários e nacionalistas que surgiram no interior das democracias modernas oferecem novas trajetórias para a riqueza e para aqueles que aderem a eles. Anne Applebaum descreve alguns dos novos defensores do iliberalismo em vários países e demonstra como eles usam teorias da conspiração, polarização política, mídias sociais e alguma nostalgia para mudar a sociedade.Ao dissecar de maneira brilhante as mudanças que têm abalado o mundo, O crepúsculo da democracia traz uma discussão urgente e um vislumbre fundamental do caminho de retorno aos valores democráticos.
  • 429318

    Newgociacao Para Profissionais Do Setor Publico

    sinopse
    • "ARGUMENTOS FUNDAMENTADOS SÃO UM SINAL DE SAÚDE INTELECTUAL E VITALIDADE EM UMA DEMOCRACIA Vivemos em uma democracia e muitas pessoas têm opiniões fortes sobre a vida pública. Se você trabalha com políticas públicas, a melhor hipótese é manter-se intelectualmente honesto. Demonstraremos no nosso livro um novo olhar para lidar com o ?OUTRO? por meio da NEWGOCIAÇÃO, através da maneira mais significativa de começar a conhecer as pessoas, demonstrando interesse em como elas se tornaram quem são. A nova era da ciência, psicologia positiva, neurociência, e inteligência artificial demanda soluções rápidas e necessárias mediante reposicionamentos estruturais por parte da Administração Pública. O nosso método ensina como transformar conflitos e negociações em acordos eficientes para a escolha das estratégias mais adequadas e orienta ações de governos na forma de lidar com diversos desafios enfrentados na gestão pública. Incentiva a utilização de políticas públicas inovadoras e a tomada de decisões alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável desenvolvidos pela ONU na agenda 2030."
  • 429178

    Politica Como Vocacao E Oficio

    sinopse
    • O que entendemos por política? O texto aqui apresentado resulta de uma conferência proferida por Max Weber em Munique no ano de 1919. Aqui ele aborda política como ?Beruf?, termo alemão que possui dois aspectos: de um lado, é ?vocação?, e de outro é ?profissão? ou ?ofício?. Por se tratar, naturalmente, de um conceito vasto, Weber logo foca na definição central de política como sendo a direção ou a influência na direção de uma associação e, especificamente, de um Estado. A partir da observação sociológica, ?política? significaria a aspiração a influenciar a partilha do poder, seja ele entre estados ou no interior de um Estado, entre os grupos humanos nele contidos. Quem faz política aspira sempre ao ?poder?, seja ele visto como meio para atingir outros fins (ideais ou egoístas) ou como fim em si mesmo, como ?poder pelo poder?, a fim de gozar da sensação de prestígio que ele proporciona. Política tem, assim, a ver com dominação e inclusive com violência vista como legítima por parte do Estado sobre a população que habita em seu território. Fazer política por vocação ou por ofício implica, assim, dois modos de ser político, duas visões distintas da função do Estado e do governo, pontos de partida e motivações iniciais distintas que movem aqueles que exercem, no Estado, a função política. Esta é uma reflexão essencial para a compreensão sociológica da política no Estado moderno.
  • 428701

    Dez Licoes Para O Mundo Pos Pandemia

    sinopse
    • Com prosa instigante, o autor best-seller e apresentador da CNN Fareed Zakaria oferece uma reflexão atemporal sobre a vida no início do século XXI Estamos, sem sombra de dúvida, vivendo uma versão acelerada do mundo que conhecemos. Desde a queda do Muro de Berlim, o planeta sofreu três grandes abalos ? o Onze de Setembro, o colapso financeiro de 2008 e agora a pandemia provocada pelo novo coronavírus ? que, embora pareçam distintos em quase tudo, têm algo em comum: são choques assimétricos. Começaram com consequências de menor magnitude, mas passaram a enviar ondas sísmicas pelo mundo inteiro. Ao longo de dez lições, o apresentador da CNN e autor best-seller Fareed Zakaria convida o leitor a compreender melhor a natureza de um mundo pós-pandemia: as consequências políticas, sociais, tecnológicas e econômicas que em outras circunstâncias levariam anos para ocorrer. Abordando assuntos que vão dos riscos naturais e biológicos ao crescimento da ?vida digital?, passando pela nova ordem mundial dividida entre Estados Unidos e China, Zakaria leva o leitor a refletir para além dos efeitos imediatos da Covid-19. Descobrimos em primeira mão o que parecia impossível: como é vivenciar uma pandemia. A questão agora é entender o que virá pela frente.
  • 428660

    PRÉ-VENDA

    O Renascimento Do Liberalismo

    sinopse
    • Este é um livro com caráter profético, que chega no tempo em que todas as suas previsões se confirmaram. F. A. Hayek, um dos maiores economistas de todos os tempos, foi laureado com o prêmio Nobel em 1974, quando se tornou mundialmente conhecido por sua filosofia social e política. Em particular, por sua previsão do colapso do socialismo quando muitos ainda olhavam para o regime com otimismo. Aqui ele traça as raízes intelectuais para a Escola Austríaca, a tradição centenária fundada na Universidade de Viena e o renascimento do pensamento liberal clássico. Hayek continua a fornecer lições inestimáveis para o desenvolvimento do mundo. Por décadas, seus vaticínios foram ignorados e a academia escolheu pautar o Ocidente pela proposta de Keynes, onde havia a defesa da atuação forte do Estado na Economia. Milton Friedman, apesar de conciliar em seus estudos as atuações de ambos, Keynes e Hayek, identificava-se com o liberalismo de Hayek, avaliando que a intervenção do Estado reduzia a capacidade do mercado de criar riqueza. Desde as últimas três décadas, vimos a ascensão econômica de nações com economia mais liberal e a ruína das que mantiveram o Estado como tutor dos cidadãos. E, como consequência, o surgimento de ditaduras. Esta obra reúne textos sobre a escola austríaca, detalhando a gênese dessa tradição e firmando seu lugar na história intelectual.
  • 428586

    O Aprendizado Da Arte De Escrever

    sinopse
    • Enquanto o homem não pensa por si próprio, enquanto seus atos mais importantes não expressam os fundamentos de sua personalidade, ele segue à deriva, desamparado e sacudido para todos os lados pelo vagalhão de impressões desordenadas que arrebenta contra o limiar da consciência. Educar é libertar, isto é, dar força à personalidade da criança para resistir ao perigo da deriva mental. Mas como poderemos ajudar de forma eficaz a criança a organizar seu próprio poder espiritual? Que meios empregaremos para que arda, brilhante e luminosa, a chama a princípio vacilante da razão infantil? É através da escrita que será feita a educação da vontade na sua forma mais elevada, a da atenção. Seu ensino deve afastar-se de tudo aquilo que dispersa o esforço, e não pode jamais ser um acúmulo de conhecimento, mas um trabalho de concentração e de organização. ? Jules Payot foi pedagogo e acadêmico francês. Nascido em 1859 em Chamonix, faleceu em 1940 na mesma comuna francesa. Em 1907 foi nomeado reitor das universidades de Chambéry e de Aix-en-Provence. A educação da vontade, publicado em 1894, foi traduzido em 32 línguas. Publicou outros livros sobre filosofia moral e educação, como O trabalho intelectual e a vontade e Autorité et discipline en matière d?éducation. Admirador da doutrina psicológica da Igreja Católica, era, entretanto, um apologista da educação laica.
  • 428560

    Estado E Democracia

    sinopse
    • Uma trajetória histórico-conceitual da política, na prosa clara e sofisticada de três grandes especialistas. Em Estado e democracia: Uma introdução ao estudo da política, misto de guia para iniciantes e ensaio de interpretação do presente, os professores André Singer e Cicero Araujo e o pesquisador Leonardo Belinelli combinam a sua longa experiência de ensino da disciplina na Universidade de São Paulo e a investigação teórica. Entre o nascimento da política na Antiguidade clássica e o fantasma de um ?totalitarismo neoliberal? nos dias correntes, os autores apresentam a origem do Estado moderno, o impacto do temido Leviatã, o clarão renovador das revoluções democráticas, o horror do regime totalitário dos anos 1930 e o igualitarismo do pós-guerra. Hoje, quando espectros regressivos voltam a apertar corações e mentes ao redor do mundo, é necessário concentração para pensar e discernimento para agir politicamente de modo a afastar os perigos que rondam ? e retomar o caminho da liberdade, da igualdade e da fraternidade, apontado mais de duzentos anos atrás.
  • 428325

    25,01 %

    A Era Do Capitalismo De Vigilancia

    sinopse
  • 428080

    PRÉ-VENDA

    Manifesto Socialista, O - Boitempo

    sinopse
    • Nesta obra, Bhaskar Sunkara faz um mergulho descontraído e informativo na história do socialismo desde suas origens com Marx e Engels, passando pelas experiências decisivas do século XX, para apresentar uma visão realista de como pode ser o futuro dessa tradição política hoje. Com a crescente popularidade da nova esquerda nos Estados Unidos, simbolizada por nomes como Alexandria Ocasio-Cortez, Ilhan Omar e Ayanna Pressley, os estadunidenses estão abraçando a política classista do socialismo. Mas o que, afinal, significa socialismo? E que cara teria um sistema socialista no século XXI? Articulando um acúmulo histórico e sua própria experiência de militância, o fundador e editor da revista Jacobin explica como os socialistas podem conquistar melhores condições de vida e moradia, criar instituições democráticas nas comunidades e locais de trabalho, e, ao mesmo tempo, combater opressões como o racismo e o machismo. Ao mostrar, ponto por ponto, como e por que o socialismo pode funcionar hoje, O manifesto socialista é um livro para qualquer pessoa interessada em buscar uma solução real para as desigualdades abissais que assolam nosso tempo.
  • 428009

    O Essencial De Milton Friedman

    sinopse
    • Quando economistas são chamados de ?influentes? significa que eles mudaram a forma como os outros pensam. Por esse padrão, Milton Friedman foi um dos economistas mais influentes de todos os tempos. Ele revolucionou a maneira como seus pares pensam sobre consumo, dinheiro, política de estabilização e desemprego. Friedman demonstrou o poder de se comprometer com algumas suposições simples sobre o comportamento humano e então perseguir implacavelmente suas implicações lógicas. Em mais de 60 anos de carreira, desenvolveu e ensinou novas maneiras de interpretar dados, testando suas teorias por meio de sua capacidade de explicar vários fenômenos díspares. Seriam necessários vários volumes para fazer justiça às contribuições extraordinárias de Friedman para a teoria, prática e política econômicas, mas este livro servirá como uma introdução e, também, uma síntese do trabalho desenvolvido pelo célebre economista. A influência de Milton Friedman se estendeu além dos economistas. Ele foi o principal defensor da liberdade econômica e pessoal. Por meio de seus escritos e aparições na mídia, educou milhões sobre como os mercados funcionam e como os governos frequentemente falham. Ele restaurou a respeitabilidade das noções liberais clássicas que haviam caído em desgraça, e não o fez mediante propaganda engenhosa, mas transmitindo uma compreensão profunda e duradoura das próprias ideias.
  • 428001

    14,99 %

    A Audacia Da Esperanca

    sinopse
    • Em seu segundo livro, publicado quando ainda era senador, Barack Obama reflete sobre o papel dos Estados Unidos no mundo e a necessidade de se pensar em uma nova política, que retome os valores essenciais da sociedade americana. Publicado originalmente em 2006 e sucesso internacional de vendas, A audácia da esperança é o apelo de Barack Obama para que os cidadãos busquem um tipo diferente de política, que não alimente rixas entre partidos e que seja baseada nos valores que sempre sustentaram a experiência democrática americana. Em nove capítulos, o então senador analisa quais são os caminhos possíveis para superar as divisões a fim de encontrar soluções efetivas para os problemas da sociedade. Composto por reflexões que permanecem atuais em um mundo cada vez mais polarizado, este é um registro de um projeto político que entrou para a história e que pode servir de referência para o futuro. Escrito com intimidade e bom humor, o livro também descreve a experiência pessoal de Obama ao se estabelecer como figura pública e os desafios de conciliar a carreira com a vida pessoal. ?Uma janela não apenas para a mente de um dos políticos mais empolgantes dos Estados Unidos, mas para o panorama político da era pós-Bush.? ? Guardian
  • 427443

    Policia Federal

    sinopse
    • O livro "Polícia Federal" é escrito pelo jornalista e ex-agente penitenciário Anderson Sanchez e traz documentações inédita e os bastidores das grandes investigações, a partir do caso PC Farias, nos anos 1990, que resultou na renúncia do então presidente Fernando Collor, até os dias de hoje, com a Operação Lava-Jato. Mas detalha também os tropeços da PF e seu passado associado à ditadura. Tudo com uma rara riqueza de detalhes e narrado de maneira ágil e direta, levando o leitor ao epicentro dos fatos.
  • 427296

    Economia E Coisa Seria

    sinopse
    • Coletânea de artigos essenciais de Antonio Delfim Netto, referência incontornável dos estudos econômicos no Brasil. Entre 2000 e 2018, Delfim Netto assinou uma coluna semanal no jornal Valor Econômico, em que, com sua prosa agradável e acessível, conduzia o leitor por seu amplo rol de interesses e fazia importantes comentários sobre a relação intrínseca entre o mercado e a política durante um período crucial na história recente do Brasil. Do rico material produzido pelo ex-ministro ao longo desses dezoito anos, foram selecionados os 56 artigos que compõem esta coletânea. Organizado por André Mendonça de Barros e dividido em quatro blocos ? ?O Estado, o mercado e as urnas?, ?A economia e suas tribos?, ?O capitalismo e outros ?ismos?? e ?Um olhar para o mundo? ?, Economia é coisa séria traça um breve mas perspicaz panorama econômico do país, traz um debate acessível sobre teoria econômica e mostra algumas das possíveis causas dos desafios que hoje se colocam para o país ? e o mundo.
  • 427214

    O Futuro Comeca Agora

    sinopse
    • Após o lançamento do ensaio A cruel pedagogia do vírus, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos traz ao leitor uma obra que propõe pensar a sociedade pós-pandemia, sua complexidade, os problemas que a antecedem e possíveis futuros. Como um diagnóstico crítico do presente, Boaventura aponta que as desigualdades e descriminações sociais já tão presentes nas sociedades contemporâneas, se intensificaram ainda mais em um contexto pandêmico. Com atenção especial ao modelo econômico-social, ao papel da ciência e do Estado na proteção dos mais necessitados, o autor traz um profícuo debate para se pensar em alternativas econômicas, políticas, culturais e sociais que apontem para um novo modelo civilizatório de sociedade. ?O novo século começa agora, em 2020, com a pandemia, e aconteça o que acontecer. É, no entanto, um começo diferente dos anteriores. Se for apenas o começo de um século de pandemia intermitente, haverá nele algo de fúnebre e crepuscular, o início de um fim. Por outro lado, pode ser também o começo de uma nova época, de um novo modelo civilizacional?, reflete o autor.
  • 425833

    O Liberalismo Em Retirada

    sinopse
    • Em ?O liberalismo em retirada?, Edward Luce apresenta um instigante ponto acerca do enfraquecimento da hegemonia ocidental e da crise do liberalismo democrático ? de que Donald Trump e seus pares europeus não são sua causa, mas seu sintoma. Luce argumenta que estamos em uma trajetória preocupante, fruto da ignorância do que foi necessário para a construção do Ocidente, da arrogância em relação aos perdedores da sociedade, e da complacência acerca da durabilidade do sistema ? atitudes que vêm emergindo desde a queda do muro de Berlin, tratada pelo Ocidente como um triunfo absoluto sobre o Oriente. Não podemos seguir em frente sem um diagnóstico claro do que deu errado. Luce contrasta a democracia ocidental e seus ideais econômicos, que se assentam no pressuposto de um progresso linear, com visões mais cínicas de força econômica ? simbolizadas pela queda no século XIX e atual ascensão das economias chinesas e indianas ? e com o alvorecer de uma nova era multipolar. Combinando reportagem de campo com um inteligente apanhado da vasta literatura já disponível, Luce oferece uma projeção detalhada das consequências da presidência de Trump e uma análise inovadora de como aqueles que creem nos valores do iluminismo devem defendê-los dos múltiplos ataques que virão nos próximos anos.
  • 425290

    Confinado No Front

    sinopse
    • Confinado no front narra os principais passos da evolução da Covid-19 desde os primeiros casos na cidade chinesa de Wuhan. Com argúcia e muita informação, Guga Chacra faz um passeio pelo mundo ? da China ao Norte da Itália, de Nova York a São Paulo ? diante da maior tragédia sanitária do século. Mais ainda, oferece uma mistura de observação pessoal (de seu privilegiado posto de correspondente em Nova York) com os principais fatos e discussões sobre como a doença vem sendo percebida ao redor do planeta.
  • 425188

    A Sindrome De Babel E A Disputa Do Poder Global

    sinopse
    • Neste livro José Luís Fiori reúne artigos e ensaios com o objetivo, de entender o presente para se ter um futuro em que todos sejam tratados como iguais. Fiori dividiu o livro em dois momentos: as transformações mundiais contemporâneas e mudanças que ocorreram na América Latina.
  • 425164

    14,99 %

    A Organizacao

    sinopse
    • Malu Gaspar destrincha, numa crônica eletrizante, a história completa (e a secreta) da ascensão, do auge e da queda da Odebrecht. Em 2015, quando a força-tarefa da Lava Jato fulminou o "clube" de empreiteiras que controlava os contratos com a Petrobras, a Odebrecht liderava com folga o ranking das empresas de engenharia nacionais. Delatados por colaboradores da Justiça, alguns de seus principais executivos foram presos, acusados de uma volumosa coleção de crimes. Para tentar sobreviver à hecatombe, a organização ? era assim que os controladores e funcionários se referiam à companhia ? e seus dirigentes confessaram um longo histórico de práticas escusas que abalou a República e chocou o mundo, envolvendo propinas a centenas de políticos, de prefeitos a presidentes. Emilio e Marcelo Odebrecht, pai e filho, cujo relacionamento sempre fora difícil, romperam publicamente em meio a um duelo de denúncias. Neste livro sobre a glória e a desgraça da Odebrecht, Malu Gaspar desvenda as engrenagens de um sistema de corrupção que parecia inviolável, e lança luz sobre as espúrias relações entre Estado e empresas que condicionaram por muito tempo uma espécie de "capitalismo à brasileira".
  • 425156

    O Suicidio Do Ocidente

    sinopse
    • Como o tribalismo, o populismo, o nacionalismo e a política identitária estão destruindo a democracia. Jonah Goldberg afirma, em O suicídio do Ocidente, que somente uma vez, nos últimos 250 mil anos, os humanos se depararam com uma forma de romper o ciclo eterno de pobreza, fome e guerra que definiu boa parte de nossa história - na Inglaterra do século XVIII, com o surgimento do capitalismo democrático liberal. Se a democracia, o individualismo e o livre mercado fossem o destino da humanidade, teriam aparecido muito antes na nossa escalada evolutiva. Nas últimas décadas, as virtudes políticas que alçaram o Ocidente à posição em que se encontra hoje se tornaram vícios. Somos cada vez mais direcionados a ver nossas tradições como sistemas de opressão, exploração e privilégio, o princípio da liberdade sofre ataques constantes vindos de todas as direções. Neste momento em que o autoritarismo, o tribalismo, a política identitária, o nacionalismo e o culto à personalidade estão destruindo as democracias por dentro, Goldberg expõe as tendências suicidas do Ocidente de ambos os lados do espectro político. Para que o Ocidente sobreviva, precisamos reconhecer e agradecer por tudo que a civilização nos proporcionou e redescobrir os ideais que nos tiraram da lama no passado para que não retornemos a ela. 'Nas melhores circunstâncias, toda empreitada importante exige esforço. O milagre do capitalismo democrático liberal não é autossustentável. Dê as costas a sua manutenção e ele se despedaçará. Considere-o favas contadas e as pessoas começarão a ceder a seus impulsos naturais de tribalismo. As melhores perderão toda a convicção e as piores serão tomadas por passional intensidade. As coisas entrarão em colapso.? O suicídio do Ocidente é um livro corajoso e necessário. Um apelo urgente para democracias que estão em perigo por terem perdido a vontade de defender os valores e as instituições que garantem a liberdade e a prosperidade necessárias à manutenção da sociedade.
  • 425155

    Soou O Alarme

    sinopse
    • Com textos de: Antônio de Sá Silva ? Bruno Cruz Souto ? Carlos Alberto Ríos Gordillo ? Christian Laval ? Claudio Katz ? Daniel Lemos Jeziorny ? Danilo Chaves Nakamura ? Denis Collin ? Domingo Marrero Urbín ? Eleutério F.S. Prado ? François Chesnais ? Gita K. Guinsburg ? Humberto Miranda do Nascimento ? Jorge Nóvoa ? Liliane Sant?Ana Oliveira ? Marc Ferro ? Mateus de Azevedo Araujo ? Murilo Carvalho Sampaio Oliveira ? Paulo Balanco ? Patrick Vassort ? Pedro Lino de Carvalho Júnior ? Pierre Dardot ? Ricardo Garrido ? Rosa Maria Marques ? Soleni Biscouto Fressato ? Valdemar F. de Araújo Filho Vai passar? A crise deflagrada pelo novo coronavírus não é ?apenas? sanitária, mas a ignição de uma longa série de explosões que ameaçam pôr abaixo nossas já não muito sólidas estruturas sociais, políticas, econômicas e culturais. Para que permaneçam em pé, elas terão de ser reinauguradas. A advertência está dada: para sobreviver, temos de nos reconectar com a natureza em termos amplos, e também com o que chamamos de natureza humana. Soou o Alarme: A Crise do Capitalismo Para Além da Pandemia reúne autores de Brasil, Argentina, França, Espanha e México, em ensaios que mapeiam, no calor dos eventos, os momentos críticos, as utopias, as distopias, a solidariedade, o egoísmo que a pandemia desnudou. Aspectos políticos, econômicos, jurídicos e de mídia são abordados de coração aberto e com olhar crítico, deixando claro que construir um futuro que não seja distópico a partir dos escombros atuais vai demandar um esforço coletivo em que cada um de nós é fundamental. Pois a corda está esticada e o equilíbrio que necessitamos para percorrê-la sobre o abismo não é fiscal.
  • 425133

    24,99 %

    Sem Data Venia

    sinopse
    • Uma reflexão atual, pragmática e, sobretudo, esperançosa acerca das questões contemporâneas mais prementes no país Luís Roberto Barroso se tornou conhecido dos brasileiros por sua atuação corajosa, lúcida e invariavelmente comprometida com o interesse público como ministro do Supremo Tribunal Federal. Mas seus horizontes intelectuais transcendem as responsabilidades como juiz. Ele é, há décadas, um estudioso das grandes questões da vida brasileira e mundial. Em Sem data venia, Barroso escreve pela primeira vez para um público amplo, não acadêmico, sobre nossos problemas mais candentes: a desigualdade, a polarização político-ideológica, a perda de representatividade dos partidos, os desafios na preservação do meio ambiente e na educação, o racismo estrutural e as ameaças à liberdade de expressão. Sem mencionar o que ele descreve na Introdução como ?o desencontro ético do país, que se evidenciou no Mensalão e explodiu com a Operação Lava Jato. Uma espantosa naturalização das coisas erradas, que se materializavam em desvios de dinheiro público, propinas e achaques?. De uma perspectiva própria, fundamentada em evidências e de amplo horizonte, Barroso aborda a realidade atual sem escamotear a gravidade dos problemas ou a urgência de enfrentá-los. Mas, diferentemente de muitos, também enfatiza o quanto avançamos nas últimas décadas e afirma que somos, sim, capazes de encontrar o caminho para uma sociedade justa, próspera e moderna. Nas palavras dele, ?o Brasil vive um momento de refundação. Há uma velha ordem sendo empurrada para a margem da história e uma nova ordem chegando como luz ao final da madrugada. Não me refiro a governos, sejam eles quais forem, mas à cidadania e suas novas atitudes. O dia começa a nascer quando a noite é mais profunda. A claridade, porém, não é imediata. A elevação da ética pública e da ética privada no Brasil é trabalho para mais de uma geração. A notícia boa é que já começou?.

Produtos encontrados: 259 Resultado da Pesquisa por: em 8 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar