Produtos encontrados: 402 Resultado da Pesquisa por: em 17 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 425601

    54,0 %

    Sabedorias Para Partilhar - Pocket

    sinopse
    • Em sua nova obra, o professor Cortella convida o leitor a sair do automático, parar um minuto e se permitir uma reflexão filosófica a respeito das multiplicidades da vida. Nas mensagens, o filósofo não pretende oferecer uma receita ou um caminho já traçado, mas provocar aqueles que buscam o saber e têm o desejo de ir adiante, de ter uma vida que não se apequena, a refletir sobre temas atuais, como convivência, poder, mudança, virtudes e vícios... Esta é uma obra sobre vida, e vida em abundância!
  • 434045

    25,01 %

    O Expresso Socrates

    sinopse
    • ?O Expresso Sócrates leva os leitores em uma jornada através da Filosofia aplicada? ? NPR, National Public Radio
  • 399467

    25,01 %

    Viver A Que Se Destina - Papirus

    sinopse
    • "Qual o sentido da vida? Por que aqui estamos? Será destino? Será escolha? Neste livro, Mario Sergio Cortella e Leandro Karnal, dois dos maiores pensadores contemporâneos no Brasil, se encontram para refletir sobre essas questões que há séculos fascinam e intrigam a humanidade. A ciência, a filosofia, a religião e a arte têm oferecido algumas possibilidades de resposta que os autores discutem aqui. Afinal, pode ser aterrador imaginar que não há um destino, algo que explique a nossa existência. Por outro lado, a ausência de sentido nos deixa livres para ser e viver conforme desejarmos - embora isso implique também responsabilidade. Mas somos mesmo livres? Seja escolha ou destino, seja a vida um drama que vamos tecendo ou uma tragédia anunciada, fato é que estamos sempre a procurar algum propósito que torne a existência mais significativa. Mas o que explica que algumas pessoas tenham mais sucesso do que outras no que fazem? Seria dom, vocação ou resultado de um esforço? Como os autores apontam, talvez a vida seja menos inspiração e mais transpiração."
  • 433913

    Bodas Em Tipasa

    sinopse
    • Uma coletânea de ensaios da juventude de Albert Camus, essenciais para entender a obra de um dos mais importantes autores do século XX. ?Lembro-me pelo menos de uma moça alta, magnífica, que dançara a tarde inteira. Usava um colar de jasmins sobre o vestido azul colante, que o suor molhava das costas até as pernas. Ria ao dançar e virava a cabeça. Quando passava perto das mesas, deixava atrás de si um odor mesclado de flores e carne.? Bodas em Tipasa é a reunião de dois livros de Camus: Bodas e O verão.Bodas, escrito entre 1936 e 1937, é um de seus primeiros trabalhos, e nele o autor já lida com questões que abordaria em toda sua obra ? o absurdo e o suicídio. São quatro ensaios líricos com caráter autobiográfico. O primeiro, ?Bodas em Tipasa?, texto mais famoso, se passa na cidade argelina onde, com suas ruínas romanas e o mar, ?exibimos, todos, a lassidão feliz de um dia de bodas com o mundo?.Além deste, é composto também por ?O vento em Djemila?, com suas ruínas seus afloramentos rochosos, onde ?reinava um silêncio pesado e compacto?, ?O verão em Argel?, em que apresenta um dos grandes fundamentos de sua filosofia, pois ?se há um pecado contra a vida, talvez não consista tanto em desesperar dela quanto em esperar outra vida, e se furtar à implacável grandeza desta?, e ?O deserto?, sobre sua viagem à Toscana com um ?deserto singular [que] só é sensível aos que são capazes de nele viver sem jamais enganar sua sede. É então, e só então, que ele se povoa das águas vivas da felicidade?.O verão é um ensaio de Camus escrito poucos anos depois, entre 1939 e 1953. Nele o autor se debruça sobre uma viagem que parte da Argélia, do fio de Ariadne no encalço do Minotauro para evocar Orã e seus arredores, revisita o mito de Prometeu à luz da violência do mundo então e sonha com a beleza de Helena e da Grécia, que nos envolve numa viagem pelo Mediterrâneo e por seus mitos.Bodas em Tipasa é uma reunião de textos da juventude do filósofo do absurdo, que se tornaria um dos mais importantes autores do mundo no século XX, em que ele parte da própria vida para dar início a reflexões que seriam vistas em todo seu trabalho. Em suma, um livro fundamental para se entender a obra camusiana.
  • 400468

    25,01 %

    Professora Sim Tia Nao - Paz E Terra

    sinopse
    • Educadores são responsáveis pela transformação social. Em Professora, sim; tia, não, o maior educador brasileiro denuncia que a troca da palavra ?professora? por ?tia? para designar ?pessoa que ensina? é uma armadilha ideológica. Nas dez cartas que compõem o livro, o autor analisa as qualidades verdadeiras e autênticas das virtudes éticas que educadores progressistas precisam ter e praticar, se querem ser agentes de transformação social. Professora, sim; tia, não reúne ainda apresentação de Ana Maria Araújo Freire e prefácio de Jefferson Idelfonso da Silva. Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, 300 trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.
  • 360841

    25,01 %

    Imbecil Coletivo, O - Record

    sinopse
    • "A aguardada reedição do clássico de Olavo de Carvalho. Este O imbecil coletivo é um clássico. Dos mais demandados títulos do Brasil. É preciso, no entanto, correr para que essas duas sentenças não sejam compreendidas pelo que não querem dizer. Correr para explicar que: 1) sim, este livro é reedição de uma obra clássica, cultuada, vendida a preço de ouro em sebos etc.; 2) e que tudo isso se dá sem prejuízo de que também seja obra de espantosa, assustadora, atualidade. O Brasil está todo explicado no volume que ora se folheia ? o Brasil de 2018 tanto quanto o de 2028. É verdade que algumas personagens caducaram. Não importa. (Ninguém sentiu falta.) Outras da mesma natureza lhes ocuparam o lugar. (Ninguém notou.) Não importa. A matéria do exame de Olavo de Carvalho está acima de fulanizações: é o conjunto de mentalidades que rebaixou o país à indigência moral, à miséria intelectual. "
  • 353589

    24,99 %

    Inferno Somos Nos, O - Papirus

    sinopse
    • "Vivemos dias difíceis, de vozes múltiplas que parecem nunca dialogar, ávidas que são para atacar e julgar. Em tempos adversos como o que vivemos, de crise, preconceito e intolerância, como transformar o ódio em compreensão do outro em suas diferenças? Como sair de um cenário de violência e construir uma cultura de paz? O historiador Leandro Karnal e a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen-budista do Brasil, conversam nesse livro sobre essas e outras questões, em diálogo inspirador. Os autores lembram que o medo pode estar na origem da violência e apontam como o conhecimento, de si e do outro, é capaz de produzir uma nova atitude na sociedade, menos agressiva e mais acolhedora. ""Localizar o mal no outro é uma panaceia universal"", observa Leandro. Mas, talvez, o inferno não sejam os outros, como pensava o filósofo francês Jean-Paul Sartre, e sim nós mesmos."
  • 446908

    24,99 %

    Discurso Sobre A Origem E Os Fundamentos Da Desigualdade Entre Os Homens

    sinopse
    • ?Eu teria buscado um país onde o direito de legislação fosse comum a todos os cidadãos, pois quem pode saber melhor do que eles sob quais condições lhes convém viverem juntos em uma mesma sociedade? Mas não aprovaria plebiscitos semelhantes aos dos romanos, nos quais os chefes de Estado e os mais interessados na sua conservação eram excluídos das deliberações das quais frequentemente dependia sua salvação, e nos quais, por uma absurda inconsequência, os magistrados eram privados dos direitos usufruídos pelos cidadãos comuns?.
  • 446905

    24,98 %

    Desapegar Se Com Schopenhauer

    sinopse
    • Este livro não é um livro apenas para ser lido, mas também para ser posto em prática. Questões concretas a respeito de nossa vida acompanham as teses apresentadas em cada capítulo. Não o leia passivamente, mas arregace as mangas para questionar sua vida e obter, assim, respostas honestas e pertinentes. Com provocações e exercícios concretos, você será incitado a trazer para dentro de sua vida concreta os ensinamentos da filosofia. Da mesma maneira, esforce-se para apropriar-se deles e encontrar situações oportunas para praticá-los seriamente. Você está pronto para começar a viagem? Pode ser que ela o surpreenda, ou pareça, às vezes, árida, ou quem sabe chocante... Você está preparado para sentir-se desestabilizado, arremessado em uma nova maneira de pensar e, portanto, de viver? Essa viagem através das ideias de um filósofo do século XIX o transportará também para o fundo de você mesmo. Então, deixe-se guiar ao longo destas páginas, acompanhando as questões e as ideias apresentadas, para descobrir como o pensamento de Schopenhauer pode mudar sua vida. (Trecho da obra)
  • 446710

    PRÉVENDA

    Sobre A Vida Feliz

    sinopse
    • Reunião de três dos principais diálogos de Sêneca, Sobre a vida feliz é a introdução perfeita à filosofia do bem-viver. Reunidos neste volume estão três dos dez diálogos que nos chegaram de Sêneca, o filósofo estoico que mudou para sempre o pensamento ocidental: ?Sobre a vida feliz?, em que o autor nos oferece uma visão profunda sobre o processo que conduz a um efetivo estado de felicidade, ?Sobre o ócio?, um tratado sobre o uso do tempo livre para benefício tanto individual quanto coletivo, ?Sobre a providência divina?, possivelmente escrito quando o autor se afastou dos deveres como conselheiro do imperador Nero. Seja ao refletir sobre a existência de deus e seu papel na vida humana, ou ao argumentar sobre a importância de se retirar da vida pública e viver o ócio, os ensinamentos do filósofo resistem à passagem do tempo e encantam leitores há séculos. Um exemplo da filosofia do bem-viver, este é um livro essencial para estudiosos e interessados em pensar o que pode ser feito para se viver uma vida melhor e de maior paz. Tradução e notas de José Eduardo S. Lohner.
  • 446709

    PRÉVENDA

    A Individualidade Numa Epoca De Incertezas

    sinopse
    • Retornando a temas tão presentes no pensamento de Zygmunt Bauman ? como destino, escolhas e liberdade ?, este livro nos convida a uma reflexão indispensável sobre as complexidades de ser humano no mundo líquido moderno. Como surge a individualidade? Será que ela segue o mesmo padrão em diferentes pessoas, culturas e faixas etárias? Ou é uma construção sociocultural que não pode ser entendida fora do contexto histórico? Se assim for, seus padrões estariam mudando atualmente? Será que a nova tecnologia nos garante mais autonomia ou nos induz a renunciar à liberdade de que desfrutamos? Essas são algumas das questões que Zygmunt Bauman e o pensador estoniano Rein Raud investigam neste diálogo amplo e envolvente, em que debatem um conceito que assumiu particular importância em nosso tempo: o de individuação. Hoje, rodeados pela incerteza, como percebermos a nós mesmos em um mundo que muda cada vez mais rápido? À luz da sociologia, filosofia, teoria cultural e da literatura, Bauman e Raud revisitam as ideias sobre como a individualidade se constituiu em diversas épocas e tradições, e de que forma ela é construída e desconstruída na vida social.
  • 446711

    PRÉVENDA

    Identidade

    sinopse
    • Em Identidade, Zygmunt Bauman analisa as muitas consequências da modernidade líquida para o conceito de identidade, da vida em sociedade aos relacionamentos amorosos. A questão da identidade sempre provocou debates calorosos ligados à perspectiva do Estado-nação moderno. No entanto, uma realidade onde o global se insere de maneira mais intensa e os valores se tornam mais efêmeros recoloca o problema em uma dimensão que exige a renovação dos parâmetros de entendimento até então utilizados. Nesta entrevista que concedeu ao jornalista italiano Benedetto Vecchi, Bauman enfrenta os desafios impostos a essa análise e mostra como a identidade se tornou um conceito-chave para a compreensão da vida social na era da globalização. Segundo ele, à medida que nos deparamos com as incertezas e as inseguranças da modernidade líquida, nossas identidades sociais, culturais, profissionais, religiosas e sexuais sofrem um processo contínuo de transformação, que vai do perene ao transitório, com todas as angústias que tal situação suscita. Identidade é um retrato nítido de como vivemos na contemporaneidade.
  • 446574

    PRÉVENDA

    O Desaparecimento Dos Rituais

    sinopse
    • Rituais podem ser definidos como técnicas simbólicas de encasamento. Transformam o estar-no-mundo em um estar-em-casa. Fazem do mundo um local confiável. São no tempo o que uma habitação é no espaço. Fazem o tempo se tornar habitável. Sim, fazem-no viável como uma casa. Ordenam o tempo, mobiliam-no. Os rituais não assinalam, no presente ensaio, um local saudosismo. Servem, ao contrário, como contraponto perante o qual nosso presente se delineia de modo mais nítido. É sempre nostalgia que se esboçará uma genealogia do desaparecimento que, não obstante, não será interpretada como história da emancipação. Ao decorrer disso, serão delineadas patologias do presente, sobretudo a erosão da comunidade. Reflete-se, desse modo, a respeito de outras formas de vida que seriam capazes de libertar a sociedade de seu narcisismo coletivo. (Trecho da obra)
  • 446476

    PRÉVENDA

    Viagem Ao Brasil

    sinopse
    • ?Aconteceu que os selvagens do lugar tinham se revoltado contra os portugueses, o que dantes nunca fizeram, mas agora o faziam por se sentirem escravizados. Por isso, o governador nos pediu, pelo amor de Deus, que ocupássemos o lugar denominado Garasú, a cinco milhas de distância do porto de Marin, onde estávamos ancorados, e de que os selvagens se queriam apoderar. Os habitantes da colônia de Marin não podiam ir em auxílio deles, porque receavam que os selvagens os viessem atacar.? (Trecho da obra)
  • 445653

    PRÉVENDA

    Soberania Popular E Constituicao Em Condorcet

    sinopse
  • 438991

    PRÉVENDA

    Goethe E Seu Tempo

    sinopse
    • Goethe e seu tempo, décima obra da coleção Biblioteca Lukács, traz um conjunto de cinco ensaios do filósofo húngaro escritos durante a década de 1930 e dedicados à obra de Johann Wolfgang von Goethe. Considerado um dos pontos culminantes da literatura humanista burguesa, Goethe tem sua trajetória esmiuçada e contraposta à de outros contemporâneos seus, em uma análise engajada do grande romance moderno e de seu conteúdo progressista. Os dois primeiros textos tratam de obras específicas de Goethe e sua construção, ao passo que os três seguintes discutem o contexto social e literário no qual o escritor estava imerso, propondo percepções originais a respeito das motivações, contradições e desafios enfrentados por sua obra.
  • 438828

    25,01 %

    Da Republica

    sinopse
  • 438804

    25,0 %

    As Leis Ou Da Legislacao

    sinopse
    • Este é o último Diálogo de autoria indiscutível de Platão. E o mais extenso e abrangente de todos os textos do mestre da Academia. As Leis representa um dos mais valiosos registros de cunho jurídico de toda a história do pensamento ocidental. A riqueza e a profundidade de sua temática, exaltadas pela extrema maturidade filosófica que exibe, tornam este livro uma obra indispensável para os estudantes e estudiosos do direito, da filosofia e das demais ciências humanas. Além de prefaciada pelo jurista e prof. Dalmo de Abreu Dallari, esta edição inclui: a consagrada numeração de Stephanus, da edição referencial de 1578, localizada às margens do texto, dados biográficos e cronológicos de Platão e sua obra, um índice de conteúdo, com os principais temas detalhados ao longo da obra, além de um adendo sobre Protágoras, de autoria do prof. Alfred Weber, que apresenta os fundamentos do pensamento sofista e sua expressiva importância na história da filosofia. O presente volume inclui a numeração da edição referencial de Stephanus, de 1578, impressa às margens do texto.
  • 438630

    25,01 %

    Em Defesa Do Fervor

    sinopse
    • Nos quatro ensaios que compõem esta defesa do fervor, Adam Zagajewski desenraíza a criação literária e reafirma a literatura como um conjunto de peças moventes que orbitam os sujeitos, a dúvida, as democracias e a presença. Avesso às classificações e arremetendo contra os juízos generalizantes, destaca a mornidão das leituras individualistas para cravar: Talvez, então, o verdadeiro fervor não divida, mas una. E nem leve ao fanatismo, nem ao fundamentalism. O poeta e ensaísta polonês navega entre Czes?aw Mi?osz e Emil Cioran, entre Thomas Mann e Simone Weil, produz-se assim um posicionamento apaixonado em defesa da literatura, contra a «tagarelice interminável de literatos satisfeitos consigo mesmos». Em uma prosa que recende o grande poeta que foi, Zagajewski se dirige com energia e lirismo às questões centrais da poesia do século XX, sem perder jamais a esperança: Talvez algum dia o fervor volte a nossas livrarias, a nossas mente.
  • 438521

    PRÉVENDA

    Correspondencia Entre Espinosa E Oldenburg

    sinopse
    • A correspondência entre Espinosa e Oldenburg é a mais numerosa entre o epistolário espinosano e era, até aqui, inédita em português. Esta edição traz, além das cartas no original em latim e sua tradução para o português, análises sobre cada uma das cartas e uma rica introdução escrita pelo tradutor Samuel Thimounier Ferreira. Amigos distantes, no espaço e no pensamento, Bento de Espinosa e Henry Oldenburg mantiveram um expressivo contato mediado por cartas, entre 1661 e 1676. Da metafísica à religião, passando pela química e pela ética, eles tratavam de vários assuntos particulares e compartilhavam notícias dos achados científicos e das lutas políticas que os rodeavam em pleno século XVII. Ao longo desse intercâmbio de ideias e informações, Espinosa esteve preparando sua obra maior, a Ética. A relevância e a qualidade deste livro devem reluzir, de pronto, a autoridade das palavras de Goethe: ?sua correspondência [de Espinosa] é o livro mais interessante que se pode ler no mundo de sinceridade e de filantropia?. Documento interessantíssimo e apaixonante, que carrega um conteúdo filosófico de primeira ordem, capaz de verter luz reveladora sobre aspectos importantes da gênese, do debate e da formulação do pensamento de Espinosa.
  • 438076

    25,0 %

    Aisthesis

    sinopse
    • Publicado originalmente em 2012, Aisthesis é provavelmente a suma da reflexão estética de Jacques Rancière, um dos mais destacados filósofos franceses, sobre a emergência moderna da noção de arte entre os séculos XVIII e XX. Inspirado no livro Mimesis, de Auerbach, e tomando como ponto de partida as mais variadas obras de arte e peças da crítica ? como um trecho da Estética de Hegel, um artigo de jornal sobre uma trupe de acrobatas ingleses em Paris, o romance O vermelho e o negro, a performance de uma bailarina americana, os estudos de Rodin, as fotografias de Stieglitz, os filmes de Chaplin ou Dziga Viértov ?, Rancière esboçou aqui uma verdadeira contra-história da arte moderna, em oposição aos dogmas que propugnam a autonomia total da criação artística.
  • 437731

    25,01 %

    A Palavra Boniteza Na Leitura De Mundo De Paulo Freire

    sinopse
  • 437687

    24,99 %

    Notas Sobre A Esperanca E O Desespero

    sinopse
    • Em Notas sobre a esperança e o desespero, Luiz Felipe Pondé lança mão da filosofia, da teologia e da literatura para trazer interessantes reflexões sobre o binômio esperança X desespero.
  • 437567

    25,01 %

    Cartas De Epicuro Sobre A Filosofia Da Natureza Sobre Os Fenomenos Celestes Sobre A Felicidade

    sinopse
    • Para Epicuro, embora vivendo em sociedade, o ser humano alcança a felicidade em uma dimensão individual: atingindo o prazer autêntico e vivendo neste estado. A filosofia de Epicuro ficou conhecida na contemporaneidade como a filosofia da alegria, pois se concentra no experimentar e vivenciar o prazer. Porém é fundamental a compreensão do conceito de prazer segundo a ótica epicurista. A proposta de Epicuro é de uma vida simples, em que se atendam os prazeres naturais e necessários ao ser humano, que resultem em uma alma tranquila e em um corpo sem dor. A esse estado de harmonia, cuja realização e materialização são incessantemente buscadas, Epicuro denomina felicidade. A felicidade de ser pura e simplesmente quem se é, estando saudável e satisfeito com o seu universo interior, independente dos apelos do mundo externo. As três Cartas que compõem este livro foram concebidas a partir desses três conceitos: a felicidade, a tranquilidade da alma e o prazer. A Carta a Meneceu, a mais famosa das três, é também conhecida como Carta sobre a felicidade. A Carta a Pitócles tem por enfoque os fenômenos celestes. E a Carta a Heródoto versa sobre a filosofia da natureza. Edição bilíngue (grego/português)
  • 437355

    25,0 %

    Gopu As Paixoes Da Alma

    sinopse
    • Publicado em 1649, As Paixões da Alma é o último texto filosófico de Descartes. Foi escrito para a princesa Elisabeth da Boêmia e com ele o autor procurava explicar as paixões a partir de bases científicas. A clareza de raciocínio que define Descartes o fez recorrer a uma abordagem fisiológica para argumentar sobre o dualismo corpo-mente, transformando suas teorias num verdadeiro tratado sobre o efeito das emoções no ser humano.
  • 437305

    PRÉVENDA

    Sobre A Sexualidade

    sinopse
    • Os cursos de Foucault que abriram caminho para sua História da sexualidade. Na década de 1960, Michel Foucault iniciou um projeto sobre uma arqueologia da sexualidade como experiência moderna. Nas décadas seguintes, isso resultaria em um de seus trabalhos mais célebres e importantes: História da sexualidade. Na origem desse estudo estão dois cursos notáveis até agora inéditos no Brasil ? o primeiro apresentado em 1964 na Universidade de Clermont-Ferrand e o segundo em 1969 na Universidade de Vincennes. Em ambos, Foucault dá atenção permanente às condições econômicas, sociais e epistemológicas que transformaram a sexualidade em objeto de conhecimento e questão política, recusando uma concepção estreita do sujeito humano. Sobre a sexualidade é um olhar que abre caminho para compreendermos a sexualidade como espaço complexo de potência transgressora e experiência trágica.
  • 437057

    25,0 %

    Ecce Homo

    sinopse
    • "Ecce Homo é o último livro de Nietzsche, escrito quando ele já estava bem doente. O título, que em português significa ""eis o homem"", é uma frase em latim, dito por Pilatos ao apresentar Jesus flagelado aos judeus. Chamado por especialistas de autobiografia, é uma analise de sua obra, em que ele se coloca diante de si como se fosse um psicanalista. Considerada enigmática e desconcertante, é um de seus textos mais polêmicos e controvertidos. A intenção de Nietzsche é explicar tudo, para não correr o risco de ser mal compreendido no futuro. Faz algumas algumas sinopses e relembra em que momento da vida escreveu cada livro, que influências recebeu. Entre confissões e novas colocações, briga consigo mesmo para expor seus pensamentos incomuns. É um livro corajoso, enigmático e profundo."
  • 436890

    25,0 %

    Capitalismo E Impulso De Morte

    sinopse
    • O que hoje chamamos de crescimento é, na realidade, uma proliferação cancerígena e sem rumo. Vivemos atualmente um delírio de produção e de crescimento que se parece com um delírio de morte. Ele simula uma vitalidade que oculta a proximidade de uma catástrofe mortal. A produção se assemelha cada vez mais a uma destruição. É possível que a autoalienação da humanidade tenha atingido um grau tal que ela experimentará seu próprio aniquilamento como um gozo estético. (Da obra)
  • 438395

    25,0 %

    Box Platao

    sinopse
    • Este boxe reúne em dois volumes o que há de mais representativo de sua de Platão. No primeiro, A República procura desvendar as sendas que levarão o homem a uma sociedade ideal, exercitando, através do diálogo socrático, uma sistematização do fenômeno político. No segundo, a trajetória da condenação de Sócrates, de quem Platão foi discípulo, proporciona uma profunda reflexão sobre o que de fato é a democracia em O julgamento e a morte de Sócrates ? uma compilação dos diálogos ?Eutífron?, ?Apologia de Sócrates?, ?Críton? e ?Fédon?, inédita no Brasil e prefaciada pelo poeta e filósofo Alberto Pucheu, e também o debate sobre a natureza do amor em O banquete suscita um sutil questionamento sobre os papéis de gênero, o sexo na sociedade e a sublimação dos instintos humanos mais primitivos. Cronologicamente distante por um período milenar e ao mesmo tempo necessariamente próximo por sua temática essencial e contemporânea, o pensamento infinito de Platão torna-se presente ao fazer pulsar, em nós, nossa própria humanidade.
  • 436767

    25,01 %

    Box - A Historia Da Filosofia

    sinopse
    • A origem, formação e pensamentos dos grandes filósofos. Das mentes notáveis dos maiores filósofos, Durant extrai um material conciso e brilhante para leitores e estudiosos, e oferece uma obra que pode ser lida em sequência ou por capítulos aleatórios, aos poucos, e utilizada como referência para consulta frequente. O autor viajou o mundo para conhecer, na prática, como todas as manifestações culturais e filosóficas interagem com o conhecimento que adquirimos no decorrer dos séculos. Aqui você encontra: Platão, Aristóteles, Francis Bacon, Espinosa, Voltaire, Kant, Schopenhauer, Spencer, Nietzsche, Russel, entre outros.
  • 436717

    24,99 %

    Deixe Que Grite Deixe Que Queime

    sinopse
    • Coletânea de ensaios de Leslie Jamison, uma das mais aclamadas ensaístas da atualidade Em Deixe que grite, deixe que queime, Leslie Jamison retorna à combinação de autobiografia e jornalismo literário que a consagrou para investigar as profundezas da solidão, das nossas obsessões e daquilo que nos torna humanos. A obra reúne catorze ensaios que poderiam ser lidos como contos, caso não fossem baseados em suas próprias experiências e nas de figuras curiosas que cruzaram seu caminho ao longo dos anos. A autora trata de temas cada vez mais urgentes em nossos dias desconexos, como a maternidade, o casamento, a perda, as desilusões, o escapismo e famílias amorosas, ainda que disfuncionais. Seu estilo é provocante e lírico e demonstra que as pequenas felicidades podem surgir até mesmo nas circunstâncias mais adversas.
  • 436677

    24,98 %

    Sobre A Brevidade Da Vida E Sobre O Ocio

    sinopse
    • Os dois textos reunidos nesta publicação fazem um alerta: não ser dono do próprio tempo é uma miséria existencial. Mas ? não se engane? os textos são também, essencialmente, otimistas, pois apontam o convívio coma filosofia como um caminho alternativo à vida atribulada. (Trecho da obra)

Produtos encontrados: 402 Resultado da Pesquisa por: em 17 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar