Produtos encontrados: 696 Resultado da Pesquisa por: em 12 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 425133

    +VENDIDOS

    15,01 %

    Sem Data Venia

    sinopse
    • Uma reflexão atual, pragmática e, sobretudo, esperançosa acerca das questões contemporâneas mais prementes no país Luís Roberto Barroso se tornou conhecido dos brasileiros por sua atuação corajosa, lúcida e invariavelmente comprometida com o interesse público como ministro do Supremo Tribunal Federal. Mas seus horizontes intelectuais transcendem as responsabilidades como juiz. Ele é, há décadas, um estudioso das grandes questões da vida brasileira e mundial. Em Sem data venia, Barroso escreve pela primeira vez para um público amplo, não acadêmico, sobre nossos problemas mais candentes: a desigualdade, a polarização político-ideológica, a perda de representatividade dos partidos, os desafios na preservação do meio ambiente e na educação, o racismo estrutural e as ameaças à liberdade de expressão. Sem mencionar o que ele descreve na Introdução como ?o desencontro ético do país, que se evidenciou no Mensalão e explodiu com a Operação Lava Jato. Uma espantosa naturalização das coisas erradas, que se materializavam em desvios de dinheiro público, propinas e achaques?. De uma perspectiva própria, fundamentada em evidências e de amplo horizonte, Barroso aborda a realidade atual sem escamotear a gravidade dos problemas ou a urgência de enfrentá-los. Mas, diferentemente de muitos, também enfatiza o quanto avançamos nas últimas décadas e afirma que somos, sim, capazes de encontrar o caminho para uma sociedade justa, próspera e moderna. Nas palavras dele, ?o Brasil vive um momento de refundação. Há uma velha ordem sendo empurrada para a margem da história e uma nova ordem chegando como luz ao final da madrugada. Não me refiro a governos, sejam eles quais forem, mas à cidadania e suas novas atitudes. O dia começa a nascer quando a noite é mais profunda. A claridade, porém, não é imediata. A elevação da ética pública e da ética privada no Brasil é trabalho para mais de uma geração. A notícia boa é que já começou?.
  • 424451

    15,01 %

    Se Quiser Mudar O Mundo

    sinopse
    • Se quiser mudar o mundo, a hora é agora! Este é um livro para quem quer mudar o mundo. Para quem sente que está tudo de pernas para o ar. Para quem se cansou de só ouvir notícias ruins e quer soluções para os desafios que atravessam a sociedade. Mas, antes, é preciso saber algumas coisas importantes. Por isso, este também é um guia didático e introdutório dos principais conceitos de política, sem abrir mão de sua complexidade. Aqui, não há passo a passo nem receita de bolo. Muito pelo contrário: há muitas perguntas. Sobretudo, esta obra é radical. Ela propõe transformar o mundo, mas não de qualquer jeito. Nela, há uma caixinha de ferramentas para que seja possível provocar mudanças profundas. Este livro, portanto, também é um chamado. Um convite para se pensar alternativas, encarar dificuldades políticas e instigar os que sonham com um futuro melhor para si e para os outros. Pois, afinal de contas, como a autora Sabrina Fernandes nos lembra, a situação está complicada e, mais do que nunca, o mundo está precisando de gente que se importa.
  • 389545

    +VENDIDOS

    20,08 %

    Pequeno Manual Antirracista - Cia Das Letras

    sinopse
    • Onze lições breves para entender as origens do racismo e como combatê-lo. Neste pequeno manual, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como atualidade do racismo, negritude, branquitude, violência racial, cultura, desejos e afetos. Em onze capítulos curtos e contundentes, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas. Já há muitos anos se solidifica a percepção de que o racismo está arraigado em nossa sociedade, criando desigualdades e abismos sociais: trata-se de um sistema de opressão que nega direitos, e não um simples ato de vontade de um sujeito. Reconhecer as raízes e o impacto do racismo pode ser paralisante. Afinal, como enfrentar um monstro desse tamanho? Djamila Ribeiro argumenta que a prática antirracista é urgente e se dá nas atitudes mais cotidianas. E mais ainda: é uma luta de todas e todos.
  • 425537

    NOVIDADE

    14,99 %

    Voce Sabe Com Quem Esta Falando

    sinopse
    • Você sabe com quem está falando? é composto por três ensaios que abordam aspectos complementares do autoritarismo no Brasil. As mais diversas ?autoridades?, pessoas abastadas ou celebridades têm oferecido um espetáculo deprimente de racismo, machismo, ignorância, arrogância e injustiça por se considerarem superiores aos demais e, portanto, dispensados de obedecer às leis e às normas da boa convivência social. Assim, ao examinar o fenômeno do ?Você sabe com quem está falando??, Roberto DaMatta nos confronta com um incômodo espelho que projeta uma imagem tanto mais repulsiva quanto verdadeira e precisa.
  • 425164

    A Organizacao

    sinopse
    • Malu Gaspar destrincha, numa crônica eletrizante, a história completa (e a secreta) da ascensão, do auge e da queda da Odebrecht. Em 2015, quando a força-tarefa da Lava Jato fulminou o "clube" de empreiteiras que controlava os contratos com a Petrobras, a Odebrecht liderava com folga o ranking das empresas de engenharia nacionais. Delatados por colaboradores da Justiça, alguns de seus principais executivos foram presos, acusados de uma volumosa coleção de crimes. Para tentar sobreviver à hecatombe, a organização ? era assim que os controladores e funcionários se referiam à companhia ? e seus dirigentes confessaram um longo histórico de práticas escusas que abalou a República e chocou o mundo, envolvendo propinas a centenas de políticos, de prefeitos a presidentes. Emilio e Marcelo Odebrecht, pai e filho, cujo relacionamento sempre fora difícil, romperam publicamente em meio a um duelo de denúncias. Neste livro sobre a glória e a desgraça da Odebrecht, Malu Gaspar desvenda as engrenagens de um sistema de corrupção que parecia inviolável, e lança luz sobre as espúrias relações entre Estado e empresas que condicionaram por muito tempo uma espécie de "capitalismo à brasileira".
  • 424598

    15,0 %

    Projeto Nacional - O Dever Da Esperanca

    sinopse
    • Em livro inédito, Ciro Gomes explica a crise política e econômica e convida o leitor a debater o país que desejamos ser Projeto Nacional: O dever da esperança, livro inédito de Ciro Gomes, é um convite para debater racionalmente o país que somos e o país que desejamos ser. ?É minha contribuição pessoal a uma reflexão inadiável sobre o Brasil, as raízes de seus graves problemas e as pistas para sua solução?, escreve Ciro na introdução. A frase reflete o espírito da obra e de seu autor: não só oferecer um diagnóstico das principais questões que atrapalharam o nosso desenvolvimento com democracia, liberdade e justiça, como também apresentar um vasto conjunto de ideias capazes de direcionar o Brasil rumo a um futuro desejável. É o que Ciro Gomes chama de um novo Projeto Nacional de Desenvolvimento ? ele segue a linha de pensadores do nacional-desenvolvimentismo, de que, para superar o atraso e a desigualdade, não basta crescimento econômico: é necessário criar condições para promover a justiça social, reparar dívidas históricas com o próprio povo, gerar oportunidades menos desiguais e, ao mesmo tempo, garantir dinamismo a este gigantesco mercado interno chamado Brasil.
  • 423609

    14,99 %

    A Bailarina Da Morte

    sinopse
    • "Contundente retrato do Brasil durante a pandemia de gripe espanhola, A bailarina da morte investiga a doença mortal que há um século assombrou a humanidade e revela trágicas semelhanças com a covid-19. No início do século XX, uma doença chegou ao Brasil a bordo de navios vindos da Europa. A gripe espanhola, como ficou conhecida a explosão pandêmica de uma mutação particularmente letal do vírus H1N1, matou dezenas de milhares de pessoas no país e cerca de 50 milhões no mundo inteiro. Altamente contagiosa, a moléstia atingiu todas as regiões brasileiras. A ?influenza hespanhola? paralisou a economia e desnudou a precariedade dos serviços de saúde. Disputas políticas e atitudes negacionistas de médicos e governantes potencializaram o massacre, que vitimou sobretudo os pobres. Iludida por estatísticas maquiadas e falsas curas milagrosas, a população ficou à mercê do vírus até o súbito declínio da epidemia, no começo de 1919. A partir de um vasto acervo de fontes e imagens da época, Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling recriam o cotidiano da vida e da morte durante o reinado de terror da ""gripe bailarina"", uma das maiores pandemias da história. ?Um atestado visceral de que não se lembrar da própria história é condenar-se a repeti-la. Nesta história com toques de ciência e por vezes ciência em contexto histórico, temos uma oportunidade para reconhecer que já estivemos aqui antes, numa pandemia que de fato concluiu um século. Quem sabe desta vez aprendemos a lição?? ? Suzana Herculano-Houzel ?Entre negação da ciência, curas milagrosas e uma doença que escancarou as desigualdades sociais da época, os historiadores do futuro, ao analisar a brilhante obra de Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling sobre a pandemia de 1918 ? escrita durante a pandemia de 2020 ?, indagarão, perplexos: Mas como pode ser possível que, em cem anos, não aprenderam nada?? ? Natalia Pasternak ?Em um mundo já fragilizado pela Primeira Grande Guerra, a gripe espanhola colocou em evidência a vulnerabilidade humana diante de um novo vírus. Este livro narra com maestria as rotas e a velocidade de disseminação da doença, ao mesmo tempo em que acentua as dificuldades e os equívocos para seu enfrentamento no Brasil oligárquico da Primeira República. Convida-nos a refletir sobre o valor da imaginação histórica para a abordagem da crise contemporânea.? ? Nísia Trindade Lima"
  • 423045

    15,01 %

    A Republica Das Milicias

    sinopse
    • O que fazia o policial Fabrício Queiroz antes de se tornar conhecido em todo o país como aliado de primeira hora da família Bolsonaro? E o líder miliciano Adriano da Nóbrega, matador profissional condecorado por Flávio Bolsonaro e morto pela polícia em 2019? E o ex-sargento Ronnie Lessa, apontado como autor dos disparos que mataram a vereadora Marielle Franco e morador do mesmo condomínio do presidente da República na Barra da Tijuca? Os três foram protagonistas de uma forma violenta de gestão de território que tomou corpo nos últimos vinte anos e ganha neste livro um retrato por inteiro: as milícias. Eles são apresentados ao lado de policiais, traficantes, bicheiros, matadores, justiceiros, torturadores, deputados, vereadores, ativistas, militares, líderes comunitários, jornalistas e sobretudo vítimas de uma cena criminal tão revoltante quanto complexa. O livro se constrói a partir de depoimentos de protagonistas dessa batalha. São entrevistas que chocam pela franqueza e riqueza de detalhes, em que assassinatos se sucedem e as ligações entre policiais, o tráfico, o jogo do bicho e o poder público se mostram de forma inequívoca. Num cenário em que o Estado é ausente e as carências se multiplicam, a violência se propaga de forma endêmica, mas deixa no ar a questão: qual a alternativa? A resposta está longe de ser simples. Sobretudo num país de urbanização descontrolada e cultura política permeável ao autoritarismo. Dos esquadrões da morte formados nos anos 1960 ao domínio do tráfico nos anos 1980 e 1990, dos porões da ditadura militar às máfias de caça-níquel, da ascensão do modelo de negócios miliciano ao assassinato de Marielle Franco, este livro joga luz sobre uma face sombria da experiência nacional que passou ao centro do palco com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência em 2018. Mistura rara de reportagem de altíssima voltagem com olhar analítico e historiográfico, A república das milícias expõe de forma corajosa e pioneira uma ferida profundamente enraizada na sociedade brasileira.
  • 425290

    15,0 %

    Confinado No Front

    sinopse
    • Confinado no front narra os principais passos da evolução da Covid-19 desde os primeiros casos na cidade chinesa de Wuhan. Com argúcia e muita informação, Guga Chacra faz um passeio pelo mundo ? da China ao Norte da Itália, de Nova York a São Paulo ? diante da maior tragédia sanitária do século. Mais ainda, oferece uma mistura de observação pessoal (de seu privilegiado posto de correspondente em Nova York) com os principais fatos e discussões sobre como a doença vem sendo percebida ao redor do planeta.
  • 424993

    Por Um Feminismo Afro Latino Americano

    sinopse
  • 424551

    14,98 %

    A Defesa Do Espaco Civico

    sinopse
    • Um texto contundente sobre as formas que governos populistas-autoritários usam para destruir o espaço cívico, e como cada um de nós pode se opor a isso, criando formas de garantir as liberdades de uma sociedade saudável, justa e democrática. Em fevereiro de 2019, Ilona Szabó foi exonerada de um conselho não remunerado do ministério da Justiça, em meio a uma campanha de ódio nas mídias sociais. Acontecia ali um dos primeiros casos de perseguição do governo Bolsonaro a lideranças da sociedade civil, jornalistas, cientistas, funcionários públicos e oponentes políticos, o que viria a se tornar padrão nos meses seguintes. Por meio de suas experiências pessoais e de pesquisas aprofundadas em seu campo de atuação, Ilona demonstra como governos populistas-autoritários manobram os mecanismos constitucionais, aumentam a intimidação e a censura, fomentam a violência e, assim, destroem gradualmente o espaço democrático. E discute, também, o que podemos fazer para lutar contra isso, em diferentes esferas da sociedade. O livro traz ainda importantes observações sobre os desafios impostos à democracia ao redor do mundo e as composições e perfis de líderes, organizações e entidades que impactam o exercício da cidadania. ?É uma história sombria?, escreve ela. ?Não é assim que uma democracia deve funcionar. Mas, pelo lado positivo, esses episódios nos deixam algumas lições sobre como fortalecer e reinventar o nosso sistema democrático.?
  • 422512

    15,0 %

    Geopolitica Da Intervencao - Geracao

    sinopse
    • Neste Geopolítica da Intervenção, livro polêmico e surpreendente, o advogado e cientista político Fernando Augusto Fernandes desmonta a história de que a Operação Lava Jato foi e ainda é uma investigação insuspeita, para combater os crimes de políticos corruptos e grandes empresários corruptores. Foi isso também ? mas seu principal propósito foi desestabilizar o governo petista, golpear o sistema democrático, destruir a engenharia nacional, enfraquecer o programa de petróleo e gás, facilitar a pilhagem das riquezas brasileiras pelos norte-americanos e criar as condições para um governo liberal de direita,o que acabou resultando na eleição de um deputado extravagante e obscuro e na maior crise política, econômica, social e sanitária já vivida pelo Brasil.
  • 402914

    15,01 %

    Notas Sobre A Pandemia - Cia Das Letras

    sinopse
    • Nesta coletânea inédita de artigos e entrevistas, Harari debate o impacto e as consequências da pandemia de covid-19. O historiador israelense Yuval Noah Harari examina os dilemas da encruzilhada histórica provocada pela pandemia do novo coronavírus nos artigos e entrevistas reunidos nesta coletânea inédita. Publicados originalmente em veículos como a revista Time e os jornais Financial Times e The Guardian, eles exploram temas como a disputa ideológica entre isolacionismo nacionalista e cooperação global, o risco da ascensão de estados totalitários na esteira das novas tecnologias de monitoramento em massa e os possíveis impactos do vírus na concepção contemporânea da morte. Harari desenvolve seus argumentos com a clareza de visão e de estilo que o consagrou, entrelaçando os caminhos e descaminhos da humanidade entre passado, presente e futuro. A boa notícia, ele ressalta, é que a maior parte do planeta concorda em concentrar os esforços nos avanços científicos em busca da cura e de uma vacina para o covid-19 ? porém isso acontecerá apenas se a cooperação entre as nações for a prioridade dos líderes atuais.
  • 389981

    14,99 %

    Por Que O Brasil E Um Pais Atrasado - Maquinaria

    sinopse
    • Por que o Brasil é um país atrasado? Revela os motivos que nos levaram à atual situação de decadência política, institucional e econômica. Livro de estreia do acadêmico, ativista político e descendente da família real Luiz Philippe de Orleans e Bragança, a obra convida o leitor a entender a realidade brasileira a partir da revisão de princípios universais que estiveram sufocados pelas narrativas políticas e pela burocracia de estado. O panorama que emerge de suas páginas pode ser desanimador para muita gente, mas não para o autor: ele faz uma obra propositiva ? sem se limitar à denúncia e à crítica ?, que revela quais são as bandeiras legítimas na construção e na defesa do estado de direito. Mestre em ciências políticas pela universidade de Stanford, nos EUA, Luiz Philippe usa sua sólida formação intelectual e a experiência profissional em grandes bancos de investimento para analisar o Brasil contemporâneo com profundidade e lucidez em um texto acessível a qualquer leitor, mesmo àqueles sem conhecimento prévio de teorias políticas e econômicas. Assim, será possível compreender como se construiu, ao longo dos séculos, um estado interventor no Brasil, processo que atingiu seu ápice na promulgação da constituição de 1988. Por que o Brasil é um país atrasado? Presta um serviço à sociedade brasileira ao combater a desinformação e os mitos cristalizados na vida e na política nacionais. Conhecer as estruturas que causam nossa instabilidade e os caminhos para sua superação é o desafio que todos os brasileiros têm pela frente.
  • 389479

    15,02 %

    Racismo Estrutural - Polen

    sinopse
    • "Nos anos 1970, Kwame Turu e Charles Hamilton, no livro ""Black Power"", apresentaram pela primeira vez o conceito de racismo institucional: muito mais do que a ação de indivíduos com motivações pessoais, o racismo está infiltrado nas instituições e na cultura, gerando condições deficitárias a priori para boa parte da população. É a partir desse conceito que o autor Silvio Almeida apresenta dados estatísticos e discute como o racismo está na estrutura social, política e econômica da sociedade brasileira."
  • 380463

    15,02 %

    Lugar De Fala - Polen

    sinopse
    • A intenção da coleção Feminismos Plurais é trazer para o grande público questões importantes referentes aos mais diversos feminismos de forma didática e acessível. Com o objetivo de desmistificar o conceito de lugar de fala, Djamila Ribeiro contextualiza o indivíduo tido como universal numa sociedade cisheteropatriarcal eurocentrada, para que seja possível identificarmos as diversas vivências específicas e, assim, diferenciar os discursos de acordo com a posição social de onde se fala.
  • 361909

    15,01 %

    Como As Democracias Morrem - Zahar

    sinopse
    • Uma análise crua e perturbadora do fim das democracias em todo o mundo Democracias tradicionais entram em colapso? Essa é a questão que Steven Levitsky e Daniel Ziblatt ? dois conceituados professores de Harvard ? respondem ao discutir o modo como a eleição de Donald Trump se tornou possível. Para isso comparam o caso de Trump com exemplos históricos de rompimento da democracia nos últimos cem anos: da ascensão de Hitler e Mussolini nos anos 1930 à atual onda populista de extrema-direita na Europa, passando pelas ditaduras militares da América Latina dos anos 1970. E alertam: a democracia atualmente não termina com uma ruptura violenta nos moldes de uma revolução ou de um golpe militar; agora, a escalada do autoritarismo se dá com o enfraquecimento lento e constante de instituições críticas ? como o judiciário e a imprensa ? e a erosão gradual de normas políticas de longa data. Sucesso de público e de crítica nos Estados Unidos e na Europa, esta é uma obra fundamental para o momento conturbado que vivemos no Brasil e em boa parte do mundo e um guia indispensável para manter e recuperar democracias ameaçadas. ?Talvez o livro mais valioso para a compreensão do fenômeno do ressurgimento do autoritarismo. Essencial para entender a política atual, e alerta os brasileiros sobre os perigos para a nossa democracia.? Estadão ?Abrangente, esclarecedor e assustadoramente oportuno.? The New York Times Book Review ?Livraço. A melhor análise até agora sobre o risco que a eleição de Donald Trump representa para a democracia norte-americana. [Para o leitor brasileiro] a história parece muito mais familiar do que seria desejável.? Celso Rocha de Barros, Folha de S. Paulo ?Levitsky e Ziblatt mostram como as democracias podem entrar em colapso em qualquer lugar ? não apenas por meio de golpes violentos, mas, de modo mais comum (e insidioso), através de um deslizamento gradual para o autoritarismo. Um guia lúcido e essencial.? The New York Times ?O grande livro político de 2018 até agora.? The Philadelphia Inquirer.
  • 354996

    14,98 %

    Quem Tem Medo Do Feminismo Negro - Cia Das Letras

    sinopse
    • Um livro essencial e urgente, pois enquanto mulheres negras seguirem sendo alvo de constantes ataques, a humanidade toda corre perigo.Quem tem medo do feminismo negro? reúne um longo ensaio autobiográfico inédito e uma seleção de artigos publicados por Djamila Ribeiro no blog da revista Carta Capital , entre 2014 e 2017. No texto de abertura, a filósofa e militante recupera memórias de seus anos de infância e adolescência para discutir o que chama de ?silenciamento?, processo de apagamento da personalidade por que passou e que é um dos muitos resultados perniciosos da discriminação. Foi apenas no final da adolescência, ao trabalhar na Casa de Cultura da Mulher Negra, que Djamila entrou em contato com autoras que a fizeram ter orgulho de suas raízes e não mais querer se manter invisível. Desde então, o diálogo com autoras como Chimamanda Ngozi Adichie, bell hooks, Sueli Carneiro, Alice Walker, Toni Morrison e Conceição Evaristo é uma constante. Muitos textos reagem a situações do cotidiano ? o aumento da intolerância às religiões de matriz africana; os ataques a celebridades como Maju ou Serena Williams ? a partir das quais Djamila destrincha conceitos como empoderamento feminino ou interseccionalidade. Ela também aborda temas como os limites da mobilização nas redes sociais, as políticas de cotas raciais e as origens do feminismo negro nos Estados Unidos e no Brasil, além de discutir a obra de autoras de referência para o feminismo, como Simone de Beauvoir.
  • 110000

    15,01 %

    48 Leis Do Poder, As - Rocco

    sinopse
    • 48 LEIS DO PODER, AS - ROCCO - JOOST ELFFERS / ROBERT GREENE
  • 41300

    15,02 %

    Principe, O - Penguin E Companhia

    sinopse
    • Clássico da moderna filosofia e obra fundadora das ciências políticas, O príncipe é uma meditação sobre como conquistar e manter o poder, sobre o uso da força na vida pública, sobre como aproveitar, por meio da virtú, os bons ventos que a fortuna oferece ao governante.
  • 428080

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    Manifesto Socialista, O - Boitempo

    sinopse
    • Nesta obra, Bhaskar Sunkara faz um mergulho descontraído e informativo na história do socialismo desde suas origens com Marx e Engels, passando pelas experiências decisivas do século XX, para apresentar uma visão realista de como pode ser o futuro dessa tradição política hoje. Com a crescente popularidade da nova esquerda nos Estados Unidos, simbolizada por nomes como Alexandria Ocasio-Cortez, Ilhan Omar e Ayanna Pressley, os estadunidenses estão abraçando a política classista do socialismo. Mas o que, afinal, significa socialismo? E que cara teria um sistema socialista no século XXI? Articulando um acúmulo histórico e sua própria experiência de militância, o fundador e editor da revista Jacobin explica como os socialistas podem conquistar melhores condições de vida e moradia, criar instituições democráticas nas comunidades e locais de trabalho, e, ao mesmo tempo, combater opressões como o racismo e o machismo. Ao mostrar, ponto por ponto, como e por que o socialismo pode funcionar hoje, O manifesto socialista é um livro para qualquer pessoa interessada em buscar uma solução real para as desigualdades abissais que assolam nosso tempo.
  • 428045

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    A Loucura Das Massas

    sinopse
    • Em A loucura das massas, Douglas Murray examina as questões mais polêmicas do século XXI: sexualidade, gênero, tecnologia e raça. E revela a nova guerra cultural cujo campo de batalha são os ambientes de trabalho, universidades, escolas e casas, tudo em nome da justiça social, das políticas identitárias e da interseccionalidade.Na era pós-moderna em que vivemos, as grandes narrativas da religião e da política entraram em colapso. No lugar delas, deu-se início a uma cruzada para corrigir o que é considerado ?errado? e a uma manipulação da identidade, ambas aceleradas por novas formas de mídias sociais e jornalismo. Interesses de nichos passaram a dominar a sociedade, que se torna cada vez mais tribal.Douglas Murray afirma que ?o objetivo da política identitária parece ser politizar absolutamente tudo. Transformar todo aspecto da interação humana em uma questão política. [...] Os chamados para gastar nosso tempo descobrindo nosso lugar e o lugar dos outros na hierarquia da opressão são convites não somente para uma era de olhar para o próprio umbigo, mas também para transformar cada relacionamento humano em uma calibração de poder político. Em uma era sem propósito e um universo sem significado claro, esse chamado para politizar tudo e então lutar por isso tem um atrativo indubitável. Isso dá um tipo de sentido à vida?.Nenhum leitor, seja qual for seu espectro político, deve ignorar a argumentação cuidadosa e provocativa deste A loucura das massas, que busca atribuir algum sentido à discussão que envolve as questões mais complicadas da geração atual. O autor finaliza com um apelo em prol da liberdade de expressão, dos nossos valores em comum e da sanidade em uma época de histeria em massa.
  • 428009

    PRÉ-VENDA

    14,98 %

    O Essencial De Milton Friedman

    sinopse
    • Quando economistas são chamados de ?influentes? significa que eles mudaram a forma como os outros pensam. Por esse padrão, Milton Friedman foi um dos economistas mais influentes de todos os tempos. Ele revolucionou a maneira como seus pares pensam sobre consumo, dinheiro, política de estabilização e desemprego. Friedman demonstrou o poder de se comprometer com algumas suposições simples sobre o comportamento humano e então perseguir implacavelmente suas implicações lógicas. Em mais de 60 anos de carreira, desenvolveu e ensinou novas maneiras de interpretar dados, testando suas teorias por meio de sua capacidade de explicar vários fenômenos díspares. Seriam necessários vários volumes para fazer justiça às contribuições extraordinárias de Friedman para a teoria, prática e política econômicas, mas este livro servirá como uma introdução e, também, uma síntese do trabalho desenvolvido pelo célebre economista. A influência de Milton Friedman se estendeu além dos economistas. Ele foi o principal defensor da liberdade econômica e pessoal. Por meio de seus escritos e aparições na mídia, educou milhões sobre como os mercados funcionam e como os governos frequentemente falham. Ele restaurou a respeitabilidade das noções liberais clássicas que haviam caído em desgraça, e não o fez mediante propaganda engenhosa, mas transmitindo uma compreensão profunda e duradoura das próprias ideias.
  • 428001

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    A Audacia Da Esperanca

    sinopse
    • Em seu segundo livro, publicado quando ainda era senador, Barack Obama reflete sobre o papel dos Estados Unidos no mundo e a necessidade de se pensar em uma nova política, que retome os valores essenciais da sociedade americana. Publicado originalmente em 2006 e sucesso internacional de vendas, A audácia da esperança é o apelo de Barack Obama para que os cidadãos busquem um tipo diferente de política, que não alimente rixas entre partidos e que seja baseada nos valores que sempre sustentaram a experiência democrática americana. Em nove capítulos, o então senador analisa quais são os caminhos possíveis para superar as divisões a fim de encontrar soluções efetivas para os problemas da sociedade. Composto por reflexões que permanecem atuais em um mundo cada vez mais polarizado, este é um registro de um projeto político que entrou para a história e que pode servir de referência para o futuro. Escrito com intimidade e bom humor, o livro também descreve a experiência pessoal de Obama ao se estabelecer como figura pública e os desafios de conciliar a carreira com a vida pessoal. ?Uma janela não apenas para a mente de um dos políticos mais empolgantes dos Estados Unidos, mas para o panorama político da era pós-Bush.? ? Guardian
  • 427959

    PRÉ-VENDA

    14,98 %

    Os Segredos Da Boa Comunicacao No Mundo Corporativo

    sinopse
    • Esta é uma obra que se propõe a resolver as questões maisrelevantes da comunicação. Trata-se de um verdadeiro curso para ajudá-lo adesenvolver e a aprimorar suas apresentações em todas as circunstâncias, sejamelas presenciais ou on-line, que se tornaram extremamente necessárias a todosos profissionais.Seguindo os ensinamentos dos mestres Reinaldo Polito eRachel Polito, descobrirá que determinadas características do orador geralmentesão criticadas de maneira equivocada. Ficará surpreso ao saber que não precisarámudar o seu jeito de se expressar, desde que saiba usar as técnicas apropriadasde comunicação. Aprenderá a falar de improviso e a se valer de todas as técnicasde comunicação, seja nos ambientes mais informais, como nas conversas do dia adia, seja diante de uma grande plateia, apresentando projetos ou proferindopalestras. Conhecerá os meios para se aproximar do público, interagir e conquistaros ouvintes, afastando as resistências das plateias mais hostis.Com a obra, dominará os segredos para conquistar e manter aatenção das pessoas, conversar com simpatia e desenvoltura com amigos,familiares e colegas da vida corporativa. Saberá como apresentar projetos, propostase produtos nas reuniões internas e externas. Conhecerá as técnicas do ElevatorPich para fazer apresentações rápidas muito competentes. Terá facilidade paracontar histórias envolventes com a ajuda do storytelling. E, principalmente, numaépoca em que as pessoas vivem sem tempo e tão ocupadas, como dizer tudo o que precisacom clareza e objetividade.Leitura obrigatória para quem quer se tornar um bomcomunicador.
  • 427841

    15,0 %

    Antropologia E Como Educacao

    sinopse
    • Esta obra escrita por Tim Ingold quer demonstrar que após anos como professor e aluno ele pôde ter uma melhor compreensão que o estudo antropológico, como uma forma de viver com outros, é educacional. Com ideias vindas de projetos do qual participou o autor pôde reconfigurar a relação entre as práticas de investigação e os conhecimentos que dão origem e revitalizar a instituição na qual trabalhava como uma comunidade acadêmica.
  • 427710

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    A Ilusao Da Lua

    sinopse
    • "Aprenda e divirta-se com os animais do oceano. Escrever, apagar e começar as atividades lúdicas novamente é uma das características do livro ""Animais do bosque"" que complementam a coleção Abremente e oferecem histórias infantis, atividades educativas e experiência sensoriais. Detalhes sobre as baleias, leões-marinhos e golfinhos são apresentados às crianças entre três e cinco anos ao longo das narrativas. Uma caneta com apagador acompanha cada livro, assim como personagens destacáveis que, ao ser encaixados, emitem sons característicos. Aprimorar a coordenação motora fina é um dos benefícios dos títulos, uma vez que as crianças são incentivadas a completar atividades e cenários nas páginas. Cada livro oferece mais de 40 atividades. A diversidade de atrativos dos títulos é uma característica da coleção Abremente, que já vendeu mais de 50 milhões de cópias pelo mundo. As páginas de ""Animais do bosque"" e ""Animais do oceano"" também contam com perguntas e desafios para as crianças ao longo da narrativa. "" Dados curiosos para ler e aprender "" Propostas para desenhar e escrever "" Peças para encaixar e descobrir cada som "" Envelope para guardar as peças "" + de 40 atividades"
  • 427514

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Vozes Vegetais

    sinopse
    • Uma lição a aprender nesta virada do século XXI é a de que não é mais possível negar as consequências das ações dos seres humanos para o planeta como um todo. Uma nova relação com as plantas se faz urgente. O que temos a aprender com elas? Ouvir as vozes vegetais é o primeiro passo para vegetar com elas. Vegetar é crescer em contiguidade com o mundo, engajar-nos com aquilo que nos circunda. Esse é o fio condutor dos ensaios, depoimentos e poemas reunidos aqui. 17 textos de um filósofo, uma botânica, uma arqueóloga e um arqueólogo, uma agricultora e agrônoma, um agrônomo, antropólogas e antropólogos, cientistas sociais, pensadores indígenas e uma poeta, que dão um panorama do que há de mais avançado na pesquisa da relação entre seres humanos e plantas no Brasil, tendo como pano de fundo os campos político, ambiental e econômico. Parte I ? Semear a terra: modos de resistência contra o reacionarismo moderno. Textos de: Pedro Paulo Pimenta, Stelio Marras, Laure Emperaire, Joana Cabral de Oliveira, Maria Rodrigues dos Santos. Parte II ? Raízes da diversidade: saberes dos povos do passado e do presente, histórias de vida e lugares de memória. Textos de: Eduardo Góes Neves, Laura Pereira Furquim, Gilton Mendes dos Santos, Priscila Ambrósio Moreira, Marta Amoroso. Parte III ? Socialidades vegetais: parentesco, predação, cuidados e afetos. Textos de: Miguel Aparicio, Fabiana Maizza, Karen Shiratori. Parte IV ? Colhendo frutos: mito e ritual, ciclos de vida e interações multiespécies. Textos de: Mario Rique Fernandes, Igor Scaramuzzi, Ana Gabriela Morim de Lima, Creuza Prumkwyj Krahô, Veronica Aldé, Izaque João Kaiowá. Poemas de Júlia de Carvalho Hansen.
  • 427443

    15,01 %

    Policia Federal

    sinopse
    • O livro "Polícia Federal" é escrito pelo jornalista e ex-agente penitenciário Anderson Sanchez e traz documentações inédita e os bastidores das grandes investigações, a partir do caso PC Farias, nos anos 1990, que resultou na renúncia do então presidente Fernando Collor, até os dias de hoje, com a Operação Lava-Jato. Mas detalha também os tropeços da PF e seu passado associado à ditadura. Tudo com uma rara riqueza de detalhes e narrado de maneira ágil e direta, levando o leitor ao epicentro dos fatos.
  • 427296

    PRÉ-VENDA

    Economia E Coisa Seria

    sinopse
    • Coletânea de artigos essenciais de Antonio Delfim Netto, referência incontornável dos estudos econômicos no Brasil. Entre 2000 e 2018, Delfim Netto assinou uma coluna semanal no jornal Valor Econômico, em que, com sua prosa agradável e acessível, conduzia o leitor por seu amplo rol de interesses e fazia importantes comentários sobre a relação intrínseca entre o mercado e a política durante um período crucial na história recente do Brasil. Do rico material produzido pelo ex-ministro ao longo desses dezoito anos, foram selecionados os 56 artigos que compõem esta coletânea. Organizado por André Mendonça de Barros e dividido em quatro blocos ? ?O Estado, o mercado e as urnas?, ?A economia e suas tribos?, ?O capitalismo e outros ?ismos?? e ?Um olhar para o mundo? ?, Economia é coisa séria traça um breve mas perspicaz panorama econômico do país, traz um debate acessível sobre teoria econômica e mostra algumas das possíveis causas dos desafios que hoje se colocam para o país ? e o mundo.
  • 427214

    PRÉ-VENDA

    15,0 %

    O Futuro Comeca Agora

    sinopse
    • Após o lançamento do ensaio A cruel pedagogia do vírus, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos traz ao leitor uma obra que propõe pensar a sociedade pós-pandemia, sua complexidade, os problemas que a antecedem e possíveis futuros. Como um diagnóstico crítico do presente, Boaventura aponta que as desigualdades e descriminações sociais já tão presentes nas sociedades contemporâneas, se intensificaram ainda mais em um contexto pandêmico. Com atenção especial ao modelo econômico-social, ao papel da ciência e do Estado na proteção dos mais necessitados, o autor traz um profícuo debate para se pensar em alternativas econômicas, políticas, culturais e sociais que apontem para um novo modelo civilizatório de sociedade. ?O novo século começa agora, em 2020, com a pandemia, e aconteça o que acontecer. É, no entanto, um começo diferente dos anteriores. Se for apenas o começo de um século de pandemia intermitente, haverá nele algo de fúnebre e crepuscular, o início de um fim. Por outro lado, pode ser também o começo de uma nova época, de um novo modelo civilizacional?, reflete o autor.
  • 427160

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    A Farmacia De Ayn Rand

    sinopse
    • O presente livro surge num extraordinário movimento de descoberta de Ayn Rand no Brasil. Dennys G. Xavier ? um dos maiores e mais autorizados divulgadores da autora no Brasil, coordenador do volume best-seller ?Ayn Rand e os devaneios do coletivismo? (Coleção Breves Lições) ?, dá a conhecer, em linguagem acessível e cientificamente precisa, alguns dos conceitos fundamentais da Etica do Objetivismo, filosofia concebida por Ayn Rand, construindo uma espEcie de pequena ?farmácia? composta por doses de anticoletivismo, de antiestatismo, de racionalidade e de egoísmo virtuoso. Mas Dennys G. Xavier vai alEm. De bom grado cedeu aos apelos de homem apaixonado pelos antigos gregos e do desejo de recuperar dimensão histórica da Filosofia, evocando, na primeira parte do livro, elementos que situam o leitor diante de condições específicas do nascimento dessa peculiar forma de racionalidade. Sim, a ?farmácia? E de Ayn Rand, mas muitos dos produtos nela disponíveis são derivados de substâncias descobertas bem antes no tempo, nas origens remotas do pensamento grego antigo. Nesse livro, o leitor conta ainda com Apêndice muito especial: um diálogo divertido e instrutivo com uma notável divulgadora de Ayn Rand no Brasil, Lara Nesteruk.

Produtos encontrados: 696 Resultado da Pesquisa por: em 12 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar