Produtos encontrados: 397 Resultado da Pesquisa por: em 8 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 399467

    25,01 %

    Viver A Que Se Destina - Papirus

    sinopse
    • "Qual o sentido da vida? Por que aqui estamos? Será destino? Será escolha? Neste livro, Mario Sergio Cortella e Leandro Karnal, dois dos maiores pensadores contemporâneos no Brasil, se encontram para refletir sobre essas questões que há séculos fascinam e intrigam a humanidade.A ciência, a filosofia, a religião e a arte têm oferecido algumas possibilidades de resposta que os autores discutem aqui. Afinal, pode ser aterrador imaginar que não há um destino, algo que explique a nossa existência. Por outro lado, a ausência de sentido nos deixa livres para ser e viver conforme desejarmos - embora isso implique também responsabilidade. Mas somos mesmo livres?Seja escolha ou destino, seja a vida um drama que vamos tecendo ou uma tragédia anunciada, fato é que estamos sempre a procurar algum propósito que torne a existência mais significativa. Mas o que explica que algumas pessoas tenham mais sucesso do que outras no que fazem? Seria dom, vocação ou resultado de um esforço? Como os autores apontam, talvez a vida seja menos inspiração e mais transpiração."
  • 29353

    25,0 %

    Qual E A Tua Obra - Vozes

    sinopse
    • A idéia de trabalho como castigo precisa ser substituída pelo conceito de realizar uma obra... Enxergar um significado maior na vida aproxima o tema da espiritualidade do mundo do trabalho. Depois do sucesso de Não Nascemos Prontos e Não espere pelo epitáfio, Mário Sergio Cortella publica, também pela Editora Vozes, um texto envolvente sobre as inquietações do mundo corporativo. Neste livro, o autor desmistifica conceitos e pré-conceitos, e define o líder espiritualizado como aquele que reconhece a própria obra e é capaz de edificá-la, buscando incessantemente o significado das coisas.
  • 433252

    Complexo De Vira Lata

    sinopse
  • 433037

    25,0 %

    As Margens Da Ficcao

    sinopse
    • Se, na idade moderna, a sociologia, a ciência política e outras formas de conhecimento tomaram para si a razão ficcional aristotélica, produzindo narrativas com começo, meio e fim, invertendo ao final as expectativas, a ficção moderna trilhou o caminho contrário e instaurou no centro da literatura aquilo que sempre esteve nas suas beiradas ? os acontecimentos triviais, os seres humanos comuns e o momento qualquer que pode condensar uma vida inteira. Nos doze ensaios de As margens da ficção, Jacques Rancière, um dos principais nomes da filosofia francesa contemporânea, acompanha esse processo revolucionário inicialmente nas obras de Stendhal, Balzac, Flaubert, Proust e Rilke, passa pelas técnicas narrativas em O capital de Karl Marx, até chegar nos romances de Conrad, Sebald, Faulkner e Virginia Woolf, fechando com uma inspirada análise das Primeiras estórias de Guimarães Rosa.
  • 425601

    25,0 %

    Sabedorias Para Partilhar - Pocket

    sinopse
    • Em sua nova obra, o professor Cortella convida o leitor a sair do automático, parar um minuto e se permitir uma reflexão filosófica a respeito das multiplicidades da vida. Nas mensagens, o filósofo não pretende oferecer uma receita ou um caminho já traçado, mas provocar aqueles que buscam o saber e têm o desejo de ir adiante, de ter uma vida que não se apequena, a refletir sobre temas atuais, como convivência, poder, mudança, virtudes e vícios... Esta é uma obra sobre vida, e vida em abundância!
  • 375044

    25,0 %

    Republica, A - Edipro

    sinopse
    • A República (ou Da Justiça) é a obra mais traduzida, difundida, influente e estudada de Platão. Consagrada como um dos mais expressivos escritos de filosofia de todos os tempos, teve seu texto estabelecido por diversos helenistas ilustres. A presente tradução a partir do grego baseia-se no de Hermann, da Teubner.Esta obra aborda diversos temas fundamentados, centrados e subordinados à questão primordial ?o que é a justiça?? e seus desdobramentos: ?qual é a sua natureza?? e ?do que é ela constituída??. Platão expõe sua concepção de um Estado soberano (comunista) cuja forma de governo permitiria que a ideia de justiça fosse aplicável, realizável e realizada.Esta edição inclui a numeração referencial de Stephanus localizada às margens do texto, um histórico de toda a obra de Platão, dados biográficos, cronologia e uma sinopse com os principais temas detalhados ao longo da obra
  • 360227

    25,01 %

    Geracoes Em Ebulicao - Papirus

    sinopse
    • Vivemos dias velozes, em que parece não haver lugar para o passado, apenas para o futuro. "O futuro é agora", dizem. No entanto, numa aparente contradição, como se estivesse fora de seu tempo, vemos a juventude se aproximando e se apropriando de referências e comportamentos de gerações anteriores. Por melancolia ou mesmo desilusão com o futuro, os jovens têm voltado seu olhar para trás, idealizando um passado que, talvez, não tenha sido como imaginam. Nesse livro, que deve agradar tanto a jovens quanto a velhos de idade, o filósofo Mario Sergio Cortella e o jornalista Pedro Bial procuram entender esse fenômeno e, em um bate-papo delicioso, pontuado por referências históricas e culturais, conversam sobre ansiedade, ócio, rebeldia, militância política e empreendedorismo. Os autores oferecem importantes reflexões para repensar a juventude hoje.
  • 230638

    25,03 %

    Sobre A Brevidade Da Vida - 548 - Lpm Pocket

    sinopse
    • SOBRE A BREVIDADE DA VIDA - 548 - LPM POCKET PLUS - LUCIO ANEU SENECA
  • 434089

    PRÉ-VENDA

    Desejo De Status

    sinopse
    • ?Inteligente e cheio de sabedoria... O talento de Botton é nos incitar a pensar sobre como vivemos e, mais importante, sobre como podemos mudar as coisas.? The Times ?Sagaz... Como todo bom terapeuta, Botton primeiro analisa nossa obsessão por status, então diagnostica cinco maneiras de lidar com ela... Seu receituário para viver uma vida mais feliz é poderoso.? New Statesman O desejo por status está presente em praticamente todas as sociedades de hoje e influencia até mesmo a maneira como os grupos humanos se organizam e se relacionam. Neste best-seller, Alain de Botton, um dos mais populares pensadores da atualidade, se pergunta: se o status é algo tão importante para nós, por que ter mais e ser mais não nos torna mais felizes? Atravessando séculos de filosofia e de história, Alain de Botton diagnostica as principais causas da obsessão contemporânea por status e oferece remédios filosóficos: formas de pensar e de se comportar que propiciam uma existência menos preocupada com prestígio, fama e renome, ao mesmo tempo que mais plena e feliz.
  • 434046

    PRÉ-VENDA

    G W F Hegel - Conceitos Fundamentais

    sinopse
    • O pensamento de G.W.F. Hegel (1770-1831) tem exercido profunda e duradoura influência em uma vasta gama de movimentos filosóficos, políticos, religiosos, estéticos, culturais e científicos. A despeito de tal importância, contudo, ainda há muito de confusão a respeito do que ele verdadeiramente disse ou acreditava. G.W.F.Hegel: conceitos fundamentais oferece uma introdução acessível, tanto para o pensamento hegeliano quanto para a filosofia geral nele inspirada, demonstrando como seus conceitos foram compreendidos, adotados e criticamente transformados por pensadores posteriores. A primeira seção do livro aborda os principais temas filosóficos do sistema hegeliano: epistemologia, metafísica, filosofia da mente, teoria ética, filosofia política, filosofia natural, filosofia da arte, filosofia da religião, filosofia da história e teoria da história da filosofia. A segunda seção se dedica aos principais movimentos filosóficos pós-hegelianos: Marxismo, Existencialismo, Pragmatismo, Filosofia analítica, Hermenêutica e o Pós-estruturalismo francês. A extensão e a profundidade de G.W.F. Hegel: conceitos-fundamentais fazem dele preciosa introdução para os iniciantes na filosofia, e útil fonte de referência para estudiosos e acadêmicos mais avançados. (Trecho da obra)
  • 434045

    PRÉ-VENDA

    O Expresso Socrates

    sinopse
    • ?O Expresso Sócrates leva os leitores em uma jornada através da Filosofia aplicada? ? NPR, National Public Radio
  • 433913

    Bodas Em Tipasa

    sinopse
    • Uma coletânea de ensaios da juventude de Albert Camus, essenciais para entender a obra de um dos mais importantes autores do século XX. ?Lembro-me pelo menos de uma moça alta, magnífica, que dançara a tarde inteira. Usava um colar de jasmins sobre o vestido azul colante, que o suor molhava das costas até as pernas. Ria ao dançar e virava a cabeça. Quando passava perto das mesas, deixava atrás de si um odor mesclado de flores e carne.? Bodas em Tipasa é a reunião de dois livros de Camus: Bodas e O verão.Bodas, escrito entre 1936 e 1937, é um de seus primeiros trabalhos, e nele o autor já lida com questões que abordaria em toda sua obra ? o absurdo e o suicídio. São quatro ensaios líricos com caráter autobiográfico. O primeiro, ?Bodas em Tipasa?, texto mais famoso, se passa na cidade argelina onde, com suas ruínas romanas e o mar, ?exibimos, todos, a lassidão feliz de um dia de bodas com o mundo?.Além deste, é composto também por ?O vento em Djemila?, com suas ruínas seus afloramentos rochosos, onde ?reinava um silêncio pesado e compacto?, ?O verão em Argel?, em que apresenta um dos grandes fundamentos de sua filosofia, pois ?se há um pecado contra a vida, talvez não consista tanto em desesperar dela quanto em esperar outra vida, e se furtar à implacável grandeza desta?, e ?O deserto?, sobre sua viagem à Toscana com um ?deserto singular [que] só é sensível aos que são capazes de nele viver sem jamais enganar sua sede. É então, e só então, que ele se povoa das águas vivas da felicidade?.O verão é um ensaio de Camus escrito poucos anos depois, entre 1939 e 1953. Nele o autor se debruça sobre uma viagem que parte da Argélia, do fio de Ariadne no encalço do Minotauro para evocar Orã e seus arredores, revisita o mito de Prometeu à luz da violência do mundo então e sonha com a beleza de Helena e da Grécia, que nos envolve numa viagem pelo Mediterrâneo e por seus mitos.Bodas em Tipasa é uma reunião de textos da juventude do filósofo do absurdo, que se tornaria um dos mais importantes autores do mundo no século XX, em que ele parte da própria vida para dar início a reflexões que seriam vistas em todo seu trabalho. Em suma, um livro fundamental para se entender a obra camusiana.
  • 433807

    25,0 %

    A Arte Da Guerra

    sinopse
    • A experiência na diplomacia e o relacionamento com os principais agentes políticos de sua época propiciaram a Maquiavél ser um dos mais conhecidos filósofos políticos da história. Questões militares e a relação da milícia com a política ocupam lugar central nesta obra construída em forma de diálogos, que têm como objetivo passar conhecimento e convidar a reflexão sobre como capacitar cidadãos, criar líderes e tornar uma força militar apta a assegurar liberdade individual e ao Estado, com a salvação da República. Em A Arte da Guerra, o filósofo aprimora o conceito medieval de formação de tropas, de hierarquia e de ética, com a disciplina no topo de qualquer outro, numa combinação entre fins e meios, em que só a vitória deve importar.
  • 433803

    25,0 %

    Aporofobia A Aversao Ao Pobre

    sinopse
    • "A Editora Contracorrente tem a satisfação de oferecer ao público brasileiro a tradução de ?Aporofobia, a aversão ao pobre: um desafio para a democracia?, de autoria de Adela Cortina, uma das mais destacadas filósofas da atualidade. ?Aporofobia?, o neologismo que dá nome ao medo, rejeição ou aversão aos pobres, foi escolhido como a palavra do ano 2017 pela Fundación del Español Urgente (Fundéu) e incorporado ao Diccionario de la lengua española no mesmo ano. Segunda a autora, aqueles que produzem verdadeira fobia são os pobres. Os estrangeiros com dinheiro não produzem rejeição. Ao contrário, espera-se que tragam recursos e são recebidos com entusiasmo. Aqueles que inspiram desprezo são os pobres, aqueles que parecem não poder oferecer nada de bom, sejam eles migrantes ou refugiados políticos. E, no entanto, não havia nome para essa realidade social inegável. Diante de tal situação, Adela Cortina procurou no léxico grego a palavra ?aporos?, que significa pobre, e cunhou o termo ?aporofobia?. Além de definir e contextualizar o termo, ela explica a predisposição que todos nós temos para esta fobia e propõe formas de superá-la através da educação, da eliminação das desigualdades econômicas, da promoção de uma democracia que leva a igualdade a sério e da promoção de uma hospitalidade cosmopolita. Com prefácio de Jessé Souza, o livro é de leitura obrigatória não somente para conhecer o termo ?aporofobia?, mas também para compreender melhor esse fenômeno que marca a sociedade brasileira."
  • 433766

    25,0 %

    A Arte Da Guerra

    sinopse
    • A experiência na diplomacia e o relacionamento com os principais agentes políticos de sua época propiciaram a Maquiavél ser um dos mais conhecidos filósofos políticos da história. Questões militares e a relação da milícia com a política ocupam lugar central nesta obra construída em forma de diálogos, que têm como objetivo passar conhecimento e convidar a reflexão sobre como capacitar cidadãos, criar líderes e tornar uma força militar apta a assegurar liberdade individual e ao Estado, com a salvação da República. Em A Arte da Guerra, o filósofo aprimora o conceito medieval de formação de tropas, de hierarquia e de ética, com a disciplina no topo de qualquer outro, numa combinação entre fins e meios, em que só a vitória deve importar.
  • 433769

    25,0 %

    Althusser E O Materialismo Aleatorio

    sinopse
    • "A Editora Contracorrente inaugura a coleção Diálogos com o título Althusser e o materialismo aleatório, no qual se estabelece um riquíssimo debate entre os filósofos Alysson Leandro Mascaro e Vittorio Morfino. Um dos campos mais decisivos para o desvendamento da obra althusseriana e, contraditoriamente, um dos menos trabalhados, é o do direito. É justamente dele que se ocupa o filósofo Alysson Leandro Mascaro, em aguda e original reflexão. Já o filósofo italiano Vittorio Morfino, a partir da retomada de uma série de textos que dedicou aos escritos de Althusser da década de 1980, discute, com rigor e profundidade, a existência de um ou dois materialismos aleatórios."
  • 433267

    25,0 %

    Vazio Perfeito

    sinopse
    • Edição bilíngue ? português /chinês Fundamental para a compreensão do pensamento oriental, Vazio Perfeito é uma obra basilar do taoismo. Traz histórias filosóficas e poéticas carregadas de ambiguidade, humor e ironia. Liezi aborda a plenitude do vazi
  • 433256

    25,0 %

    Salário, Preço E Lucro

    sinopse
    • Salário, Preço e Lucro é uma obra de disputa teórica no seio do movimento operário internacional. Pela primeira vez Marx expõe os elementos essenciais para a construção da teoria da mais-valia. Escrita entre fins de maio e junho de 1865, para a reuni
  • 433251

    25,0 %

    A Uniao Do Verbo Encarnado

    sinopse
    • Obra clássica da filosofia e da teologia de Tomás de Aquino! Mais uma questão - com tradução inédita em português - de uma das mais importantes obras do autor, as Questões disputadas. A união do Verbo Encarnado, composta por cinco artigos, investiga
  • 433201

    PRÉ-VENDA

    Consciencia Juridica Dos Direitos Humanos

    sinopse
    • Quase ninguém questiona as distorções em torno dos direitos humanos. É quase unânime que as pessoas, as sociedades e as instituições devem proteger, promover e garantir os direitos humanos. O autor reafirma a necessidade de garantir, proteger e promover os direitos de todos, porém leva a pensar na aplicação coerente e necessária do direito e da justiça. Pois, as garantias fundamentais são parte da condição humana, que é viver socialmente e regular as relações. Uma consciência jurídica dos direitos humanos é um despertar para a consciência da importância e do papel da justiça, sua essência e funcionalidade na vida em sociedade. (Trecho da obra)
  • 433165

    PRÉ-VENDA

    Breve Tratado Sobre Deus O Ser Humano E Sua Felicidade - Ed Bolso

    sinopse
    • ?Que o ser humano tenha a ideia de Deus é claramente verificável pelo fato de ele conhecer seus atributos, atributos que não podem ser produzidos por ele, já que é imperfeito. Mas que ele conhece esses atributos é evidente, na verdade, o ser humano sabe, por exemplo, que o infinito não pode ser formado de diversas partes finitas, que não existem dois infinitos, mas apenas um, que é perfeito e imutável. Sabe também que nada busca, por si mesmo, a própria destruição e que o infinito não pode se tornar algo melhor, pois é perfeito, e, se mudasse, não o seria, e, finalmente, que não pode ser subordinado a outra coisa, pois é onipotente etc.? (Extrato da obra).
  • 433154

    25,0 %

    Leviata

    sinopse
    • A Natureza, a arte pela qual Deus tem feito e governado o mundo, é também imitada pela arte do homem, assim como em muitas outras coisas, de maneira que ele possa fazer um animal artificial. A Arte vai além, imitando aquele trabalho racional e mais excelente da natureza, o homem. Pois pela Arte é criado aquele grande LEVIATÃ, chamado de REPÚBLICA ou ESTADO (no latim, CIVITAS), que nada mais é do que um homem artificial, por conta da grande estatura e força além da natural, cuja intenção é a proteção e defesa, e, nele, a Soberania é uma alma artificial, uma vez que é a doadora de vida e movimento a todo o corpo.
  • 433152

    25,0 %

    Martin Heidegger

    sinopse
    • Os escritos de Heidegger estão entre os mais controversos na filosofia recente. Os conceitos centrais de seu pensamento são, para muitos, fonte de fascínio e frustração. Neste livro, cada capítulo introduz e explica um conceito-chave heideggeriano, ou um grupo de conceitos intimamente relacionados. Esta obra fornece uma introdução abrangente aos pensamentos de Heidegger para estudantes de graduação bem como referências mais acessíveis a leitores avançados e interessados em aspectos particulares da obra de Heidegger.
  • 433117

    25,03 %

    O Anticristo - Ed Bolso

    sinopse
    • O anticristo, de Nietzsche, discorre sobre a natureza da religião cristã e sobre a concepção de mundo e do homem dela decorrente, A aparente crítica de Nietzsche contra o cristianismo é, na verdade, uma crítica à ?maldição original? editada pelo cristianismo, É uma ?negação da negação? do homem, portanto, uma afirmação daquilo que o cristianismo historicamente negou, O anticristo de Dostoiévski parece ser mais fundamental, para Nietzsche, do que o de Schopenhauer, pois não é tanto uma visão naturalista do mundo, uma verdade, quanto uma verdadeira prAxis filosófica, ancorada na hierarquia e fiel ao sentido da Terra, que Nietzsche irA reabilitar revertendo o valor de todos os valores, O anticristo não defende uma simples Weltanschauung, mas afirma a superioridade do reino terrestre sobre um pretenso reino ideal e traça um caminho para outra forma de cultura,
  • 433114

    25,0 %

    10 Licoes Sobre Scheler

    sinopse
    • Mesmo sob uma inspeção preliminar, a filosofia scheleriana se nos mostra empenhada em compreender rigorosamente e com evidEncia as essEncias e as conexões fundamentais dos fenômenos que se nos dão, Assim procedendo, o filósofo não se exime do diAlogo com a tradição, do qual extrai elementos para pensar as vivEncias humanas, mas também o absoluto, É nesse sentido que indicamos a dupla vocação dessa filosofia: ela é, por um lado, pensamento do finito e da vida prAtica, por outro, um olhar perscrutador ao fundamento e ao modo como o humano participa do absoluto, É ainda nesse sentido que se afirma que a filosofia de Scheler segue do personalismo axiológico rumo à antropologia metafísica,
  • 432752

    25,01 %

    A Condicao Pos Moderna

    sinopse
    • Passados praticamente quarenta anos desde seu lançamento, A condição pós-moderna mantém seu poder esclarecedor ao traçar de maneira extremamente nítida e sucinta um panorama das transformações mais profundas que afetam a cultura ocidental no fim do século XX. Obra mais conhecida de Jean-François Lyotard, A condição pós-moderna constrói um arco histórico das transformações estruturais que estende-se entre dois finais de século XX. Neste sentido, o panorama de tendências apontado por Lyotard vinha sendo preparado, no nível das condições básicas de produção de conhecimento e tecnologia, desde os saltos científicos ocorridos já na virada do século XIX para o XX. A estrutura interpretativa trabalhada em A condição pós-moderna é fiel ao essencial da dialética histórica hegeliano-marxista. Ou seja, analisa de que maneira uma sucessão de transformações quantitativas pequenas acaba por determinar um salto qualitativo, uma mudança de época. Do moderno ao pós-moderno. A presente edição traz uma novidade significativa: Corrige o título, restabelecendo a correspondência estrita com o original. Lyotard escreveu um livro sobre a condição pós-moderna e não sobre o ?pós-moderno?. Nos anos 1980, falar em ?pós-moderno?, como algo pronto e acabado, era sintoma de um tipo de abordagem fetichista, estilo ?nova era?, que ia completamente contra o espírito do texto de Lyotard. O filósofo irritava-se profundamente com esse tipo de apropriação de seu pensamento, bastante comum entre intelectuais ?pós-modernistas? norte-americanos. Muito do que Lyotard escreveu depois sobre o tema teve por objetivo demarcar sua própria posição. Ele nunca foi um apologeta da pós-modernidade. Pelo contrário, com o tempo, tornou-se um de seus mais furiosos críticos, no campo das questões estéticas. Em A condição pós-moderna, Lyotard pretendeu expor, de maneira basicamente descritiva, os pressupostos objetivos que permitiam falar de uma transformação radical na maneira como o saber é produzido, distribuído e principalmente legitimado. Lyotard sempre foi o mais eclético dos filósofos de 1968. mas o que emerge destas páginas, muito além dos criticismos kantiano e marxista, é o ponto de vista cético e pragmático que acabou por dominar boa parte do pensamento ocidental nos últimos anos. Em A condição pós-moderna, tal ponto de vista se traduz na famosa tese do fim das metanarrativas de legitimação do saber e da política, que significa a perda de atração pelos ideais altissonantes da modernidade clássica. A versão lyotardiana do pragmatismo contemporâneo, porém, nada tinha de conformista ou liberal. Ao propor o que chamou de uma agonística geral dos discursos, Lyotard permaneceu fiel a seu passado militante, tanto neste quanto em todos os seus livros. ?Lyotard conclui de maneira premonitória que o saber na sociedade pós-industrial passa a ser o principal ponto de estrangulamento para o desenvolvimento dos países periféricos
  • 432098

    24,99 %

    A Modernidade Em Um Julgamento Sem Fim

    sinopse
    • A modernidade em um julgamento sem fim reúne artigos do polêmico filósofo conservador e marxista revisionista Leszek Ko?akowski. O que é moderno ou o que é ser moderno? ?A [?] ambiguidade assombra a própria palavra moderno. Em alemão a palavra significa tanto ?moderno? quanto ?na moda?, enquanto na língua inglesa e outras [?] distinguem os dois significados.? Essa ideia ou palavra, que tem tanto peso cultural, é o ponto inicial das reflexões reunidas em A modernidade em um julgamento sem fim, composto por 23 ensaios do filósofo e historiador polonês Leszek Ko?akowski.Os trabalhos selecionados pelo próprio autor foram escritos entre os anos de 1973 e 1986, e reúnem de maneira exemplar os principais pensamentos dessa figura controversa que, na década de 1960, posicionou-se contra o stalinismo e, por defender uma linha mais humanizada do marxismo, foi expulso do Partido Comunista Polonês.Compartilhando da tradição do ?incômodo?, Ko?akowski pergunta-se largamente em diferentes perspectivas: ?o que há de errado com Deus? Com a democracia? Com o socialismo? Com a arte? Com o sexo? Com a família? Com o crescimento econômico? Parecemos viver com a sensação de uma crise generalizada, incapazes, no entanto, de identificar claramente suas causas.? As grandes questões individuais e coletivas misturam-se, e o autor se posiciona: seguimos dando respostas simplórias a perguntas profundas. Mas como podemos, então, refazê-las ou encará-las com profundidade?A modernidade em um julgamento sem fim revela-se um poderoso compilado de indagações humanas, mas também um importante documento para a posterioridade e para o agora. Publicado originalmente em 1990, este livro reflete os caminhos ocidentais do século XX como quem olha para si, com propósito de, no século XXI, se tornar mais íntegro. Munido de percepções profundas, apenas como os clássicos podem ser, Ko?akowski permanece relevante. Afinal, neste nosso século, ?ser moderno? ainda está ?na moda?.
  • 432030

    25,0 %

    10 Licoes Sobre Kierkegaard

    sinopse
    • Muitas das ideias centrais de Kierkegaard nascem a partir da reflexão sobre si mesmo, da reflexão sobre sua vida e experiências pessoais, dessa tentativa de, com a máxima honestidade, conhecer a si mesmo. É a partir desse pensar sobre si mesmo que ele escreverá sobre angústia, desespero, subjetividade, fé, paradoxo, existência, indivíduo etc., num modo de filosofar que procura unir experiência e conceito. Assim, partindo de sua existência particular, Kierkegaard desenvolve uma filosofia que descobre elementos universais da existência humana. (Trecho da obra)
  • 432035

    25,0 %

    Sociedade Paliativa

    sinopse
    • A sociedade paliativa é uma sociedade do curtir. Ela degenera em uma mania de curtição. O like é o signo, o analgésico do presente. Ele domina não apenas as mídias sociais, mas todas as esferas da cultura. Nada deve provocar dor. Não apenas a arte, mas também a própria vida tem de ser instagramável, ou seja, livre de ângulos e cantos, de conflitos e contradições que poderiam provocar dor. Esquece-se que a dor purifica. Falta, à cultura da curtição, a possibilidade da catarse. (Trecho da obra)
  • 432018

    25,01 %

    Divagacoes Sobre Um Mundo Em Crise

    sinopse
    • Nesta obra, o autor nos traz uma série de indagações em torno de temas centrais da vida. Como nasce a religião? Existe Deus? O que é democracia, governo e quais os limites da liberdade? Temas angustiantes e que estão presentes no dia a dia do indivíduo. Ademais, preocupado com a pandemia da Covid-19, o autor imagina situações reais, vividas por pessoas de carne e osso e que se preocupam com seu bem-estar, sua família e os que as rodeiam. Ao mesmo tempo vivem a preocupação com o vírus. Como
  • 432027

    25,0 %

    Jardim De Bolso - Licoes Para Uma Vida Serena

    sinopse
    • SOBRE A OBRA ?Viver como um estoico (...) A capacidade de observar o que acontece ao nosso redor, deixando de mergulhar nessa teia vertiginosa que nos enreda e distância do que realmente é importante: sentir-se em paz, olhar do alto, sem ser tocado demasiadamente pelas circunstâncias. Pertence ao homem sábio o intento de afastar-se do que o perturba. A decisão de optar pelo que lhe trará felicidade pode ser uma escolha pessoal. Você se lembra da última vez que fez isso? Não há necessidade de se viver isolado para obter esse ideal. Aliás, será muito mais nobre se o fizer em meio ao burburinho, testando sua aptidão de criar um espaço interior em que se é capaz de permanecer incólume. Poucas coisas são mais difíceis de serem atingidas, pois somos convidados constantemente a prestar atenção ao que é periférico e destinado ao esquecimento. Para alcançá-lo, medito ? é o melhor exercício para a depuração da alma. Quero me tornar um ser humano mais tolerante, sabendo aproveitar de maneira inteligente essa competência que nos foi dada de sair da vida sem bagagens, carregando apenas algumas lembranças. É na observância dessa finalidade que tenho me nutrido. E escrito este livro. Olho para o trabalho realizado ? este pequeno jardim - e constato: sou um homem que carrega no colo a alegria?. Gilmar Marcílio
  • 431816

    25,0 %

    A Politica

    sinopse
    • A Política, de Aristóteles, é a observação mais crítica que se tem registro do modelo grego de cidade O filósofo foi o primeiro a trazer o conceito de ética na política e via o Estado como natural e único Para ele, o escravo era instrumento do trabalho, assim como o cidadão era instrumento político Nesta obra, Aristóteles reflete com as instruções poderiam promover o desenvolvimento e a felicidade coletiva, o desenvolvimento e a felicidade coletiva, discutindo em profundidade as formas de governo e os mecanismos que organizam a sociedade

Produtos encontrados: 397 Resultado da Pesquisa por: em 8 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar