Produtos encontrados: 354 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 423423

    E Hora De Mudarmos De Via

    sinopse
    • Em É hora de mudarmos de via, o maior pensador em atividade dá o seu parecer sobre o principal assunto do momento. Escrito em parceria com Sabah Abouessalam. Um minúsculo vírus surgido de repente numa longínqua cidade da China criou um cataclismo mundial. Paralisou a vida econômica e social em 177 países e engendrou uma catástrofe sanitária cujo saldo mundial é sombrio e alarmante.É verdade que houve muitas pandemias na história, mas a novidade radical do Covid-19 está no fato de ele dar origem a uma megacrise. Nossa fragilidade estava esquecida, nossa precariedade, ocultada. Nunca estivemos tão fechados fisicamente no confinamento e nunca tão abertos para o destino terrestre.O pós-coronavírus é tão preocupante quanto a própria crise. Muitos comungam a certeza de que o mundo de amanhã não será o mesmo de ontem.O futuro imprevisível está em gestação hoje. Tomara que seja para a regeneração da política, para a proteção do planeta e para a humanização da sociedade: é hora de mudarmos de via.
  • 399467

    25,01 %

    Viver A Que Se Destina - Papirus

    sinopse
    • "Qual o sentido da vida? Por que aqui estamos? Será destino? Será escolha? Neste livro, Mario Sergio Cortella e Leandro Karnal, dois dos maiores pensadores contemporâneos no Brasil, se encontram para refletir sobre essas questões que há séculos fascinam e intrigam a humanidade. A ciência, a filosofia, a religião e a arte têm oferecido algumas possibilidades de resposta que os autores discutem aqui. Afinal, pode ser aterrador imaginar que não há um destino, algo que explique a nossa existência. Por outro lado, a ausência de sentido nos deixa livres para ser e viver conforme desejarmos - embora isso implique também responsabilidade. Mas somos mesmo livres? Seja escolha ou destino, seja a vida um drama que vamos tecendo ou uma tragédia anunciada, fato é que estamos sempre a procurar algum propósito que torne a existência mais significativa. Mas o que explica que algumas pessoas tenham mais sucesso do que outras no que fazem? Seria dom, vocação ou resultado de um esforço? Como os autores apontam, talvez a vida seja menos inspiração e mais transpiração."
  • 399100

    Cartas E Maximas - Penguin

    sinopse
    • Reunião de todos os escritos de Epicuro, um dos filósofos antigos mais influentes na modernidade, Cartas & Máximas principais é uma introdução para a filosofia do bem viver. Os ensinamentos do filósofo grego Epicuro atraíram legiões de adeptos em todo o mundo antigo e influenciaram profundamente o pensamento europeu moderno. Embora tenha enfrentado oposição hostil por séculos após sua morte, Epicuro tem Thomas Hobbes, Thomas Jefferson, Karl Marx e Isaac Newton entre seus muitos admiradores. Dentre os pensadores antigos, ele seria o verdadeiro pai de ideias e tendências filosófico-científicas, como a base materialista do marxismo, o princípio de incerteza da física quântica, a ideia de seleção natural, o problema da vontade livre, a doutrina da vida em comunidade afastada da política e, por fim e não menos importante, o repúdio à crença em castigos após a morte. Talvez ele seja o autor mais antigo no gênero do "manual de autoajuda". Neste volume, que inclui todos os escritos existentes de Epicuro, o leitor encontrará as três cartas dedicadas aos discípulos do filósofo, bem como o conjunto de sentenças e aforismos que sobreviveu até nossa época. Sistema filosófico de importantes desdobramentos tanto no período helenístico como no romano, o epicurismo continua atual. Tradução do grego, apresentação e notas de: Maria Cecília Gomes dos Reis.
  • 353589

    24,99 %

    Inferno Somos Nos, O - Papirus

    sinopse
    • "Vivemos dias difíceis, de vozes múltiplas que parecem nunca dialogar, ávidas que são para atacar e julgar. Em tempos adversos como o que vivemos, de crise, preconceito e intolerância, como transformar o ódio em compreensão do outro em suas diferenças? Como sair de um cenário de violência e construir uma cultura de paz? O historiador Leandro Karnal e a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen-budista do Brasil, conversam nesse livro sobre essas e outras questões, em diálogo inspirador. Os autores lembram que o medo pode estar na origem da violência e apontam como o conhecimento, de si e do outro, é capaz de produzir uma nova atitude na sociedade, menos agressiva e mais acolhedora. ""Localizar o mal no outro é uma panaceia universal"", observa Leandro. Mas, talvez, o inferno não sejam os outros, como pensava o filósofo francês Jean-Paul Sartre, e sim nós mesmos."
  • 318096

    Livro Da Filosofia, O - Compacto - Globo

    sinopse
    • "O livro da filosofia traz uma coleção de ideias fundamentais para um mergulho no pensamento filosófico. Engana-se quem pensa que por se tratar de uma compilação a abordagem é simplista e somente voltada a leigos: o livro é completo, instigante e oferece a leitores com diferentes perfis informação de qualidade em apresentação gráfica inovadora. Um verdadeiro convite ao exercício do pensar ? o verdadeiro objetivo da filosofia. Organizado de maneira sincrônica, o que permite cobrir da Antiguidade ao momento contemporâneo, o livro é composto por capítulos organizados em torno de máximas dos grandes expoentes da filosofia. A partir dessas máximas, o pensamento é destrinchado e posto em diálogo com as discussões do momento histórico em questão e com outras épocas e perspectivas. Assim, em único livro, visões e teorias conflitantes são postas lado a lado, mostrando que a prática da filosofia não se faz de pensamentos estáticos, mas de uma atividade cotidiana na qual se questiona o viver e suas contradições, expectativas e temores. O leitor terá a chance de perceber que a filosofia é, sim, um modo de pensar e estar no mundo, priorizando as principais características humanas: curiosidade, raciocínio e discernimento. Roland Barthes, um dos filósofos abordados, lembrou que "saber" e "sabor" partem de uma mesma etimologia e, portanto, caminham juntos. Se a busca pelo conhecimento deve trazer entusiasmo e alegria, O livro da filosofia nos oferece em abundância essas recompensas."
  • 430347

    PRÉ-VENDA

    Um Psicologo No Campo De Concentracao

    sinopse
    • "O que realmente deveríamos fazer é realizar uma mudança fundamental em nossa atitude em relação à vida. Nós mesmos tivemos de aprender e, além disso, ensinar aos desesperados que, na verdade, não importava o que esperávamos da vida, mas o que a vida esperava de nós. Tínhamos de parar de perguntar qual é o sentido da vida e reconhecer que é a vida que nos está perguntando isso, todos os dias e todas as horas. Nossa resposta deve consistir menos em conversas e reflexões, e mais na ação correta e na conduta correta. Viver, em última análise, significa assumir a responsabilidade de encontrar a resposta correta para seus problemas e cumprir as tarefas que a vida constantemente apresenta para cada indivíduo. Seria um erro dizer que este livro é só um testemunho dos horrores típicos de um campo de concentração nazista. É muito mais. Ao contar a sua longa e sub-humana experiência nos campos de trabalho forçado, Viktor Frankl ensina que, se viver é sofrimento, sobreviver é encontrar o sentido desse sofrimento. Notando que o destino dos prisioneiros dependia de uma decisão interior, conclui que tudo podia ser tirado de um homem, menos a última das liberdades humanas: a liberdade de escolher nossa atitude diante de qualquer circunstância. "
  • 430252

    PRÉ-VENDA

    Crepusculo Dos Idolos

    sinopse
    • Crepúsculo dos ídolos foi um dos últimos livros escritos por Nietzsche e pode ser considerado ao mesmo tempo uma síntese de sua filosofia e uma introdução a ela. A obra faz uma crítica à cultura ocidental moderna, e é com aforismo, sarcasmo e trocadilho irônico que escritor se dirige a Sócrates, Platão, Kant e tantos outros. Em contraste com todos esses supostos representantes da ?decadência? cultural, Nietzsche aplaude César, Napoleão, Goethe e os sofistas como tipos mais fortes. O resultado é uma obra implacável e vigorosa desse pensador que não fazia concessões e se dispôs a pagar o preço por seu pensamento revolucionário, traçando o limite entre genialidade e loucura. Esta edição conta com a tradução dos experientes Edson Bini e Márcio Pugliese.
  • 430323

    PRÉ-VENDA

    Polen

    sinopse
    • "Um fragmento tem de ser, igual a uma pequena obra de arte, totalmente separado do mundo circundante e perfeito em si mesmo como um porco-espinho. Friedrich Schlegel (fragmento de Athenaeum, nº 206) O porco-espinho ? um ideal. Novalis (anotação à margem do fragmento supra) Seleção dos escritos filosóficos de Friedrich von Hardenberg / Novalis (1772-1801), centralizada na célebre coletânea Pólen, publicada em 1798 na revista Athenaeum, de August Wilhelm e Friedrich Schlegel. Com base na edição crítica de Paul Kluckhohn e Richard Samuel (Novalis Schriften, v. II, 1981), este volume procura oferecer, numa tradução possivelmente literal, um conjunto de textos que permita reconhecer, para além dos desfiguramentos e das imagens feitas, o pensamento original de Hardenberg nessa fase como, por exemplo, a diferença entre sua concepção de ""fragmento"" e a de Schlegel, que explica não só as mudanças feitas por este no texto publicado de Pólen, como o desmantelamento dos conjuntos de fragmentos e sua publicação em ordem arbitrária já nas primeiras edições (póstumas) das obras completas de Novalis. Os textos, publicados na ordem original dos manuscritos, são acompanhados por notas indicando fontes, referências, variantes principais, reduplicações ou supressões, e por uma apresentação destinada a situar o autor, sua época e seu ambiente intelectual, analisar a gênese da forma ""fragmento"" e historiar as peripécias de edição e interpretação que trouxeram até nós a imagem de um Novalis sentimental, fragmentário e etéreo, que agora vem sendo substituída pela do pensador rigoroso, articulado e fértil. Além de apresentar Hardenberg filósofo aos leitores de língua portuguesa, este livro é também, portanto, uma tentativa de mostra-lo em sua imagem autêntica, confirmando a observação de Richard Samuel: ""O resultado principal dessas novas investigações do material manuscrito é que a obra filosófica de Friedrich von Hardenberg é, interna como externamente, muito mais coerente e sistematicamente entretecida do que se reconheceu até agora"". Rubens Rodrigues Torres Filho, estudioso da filosofia clássica alemã, foi docente da USP, autor de O espírito e a letra: a crítica da imaginação pura em Fichte (Ática, 1975) e Ensaios de filosofia ilustrada (Iluminuras, 19XX). Publicou também os seguintes livros de poemas: O vôo circunflexo (Massao Ohno, 1981, Brasiliense, 1987), A letra descalça (Brasiliense, 1985), Poros (Duas Cidades, 1989), Retrovar (Iluminuras, 1993) e Novolume (Iluminuras. 1997)."
  • 430019

    PRÉ-VENDA

    O Patriarcado Do Salario

    sinopse
    • O patriarcado do salário, da filósofa italiana Silvia Federici, traz ao leitor uma série de artigos que abordam a relação entre marxismo e feminismo do ponto de vista da reprodução social. Retomando diversas discussões presentes nas obras de Karl Marx e Friedrich Engels, a autora aponta como a exploração de trabalhos como o doméstico e o de cuidados, exercido sem remuneração pelas mulheres, teve e tem papel central na consolidação e na sustentação do sistema capitalista. Revisitando a crítica feminista ao marxismo e trazendo para o debate perspectivas contemporâneas sobre gênero, ecologia, política dos comuns, tecnologia e inovação, Federici reafirma a importância da linguagem, dos conceitos e do caráter emancipador do marxismo. Ao mesmo tempo, esclarece por que é preciso ir além de Marx e repensar práticas, perspectivas e ativismo a fim de superar a lógica social baseada na propriedade privada e desenvolver novas práticas de cooperação social.
  • 430009

    PRÉ-VENDA

    Guerras E Capital

  • 429838

    PRÉ-VENDA

    Moral Da História

    sinopse
    • "?Exemplo escolar. Em dia de prova, o professor precisa deixar a classe por alguns instantes. Os alunos se aproveitam dessa ausência inesperada para consultar seus apontamentos. Um deles, porque não aceita fraude, não copia do caderno as respostas certas?. Acontecimentos comuns, diários, corriqueiros. É a partir deles que o professor Clóvis de Barros Filho destrincha conceitos filosóficos, morais, éticos e históricos para provocar o leitor a pensar sobre suas ações e posicionamentos. Sempre com um humor apurado e uma escrita brilhante, o autor apresenta de maneira profunda e ao mesmo tempo fluida suas ideias ao comparar autores, pensadores e autoridades de todas as escolas filosóficas. ?Mesmo na ausência de um controle externo, faz a prova de mãos limpas, sem consulta. Obtém nota inferior à que obteria caso tivesse se aproveitado da situação. Usou a liberdade para respeitar as regras?. Sua interessante visão de mundo transforma situações e acontecimentos normalmente negligenciados pela maioria em objetos valiosos de análise e exemplos cruciais para o entendimento de conceitos responsáveis por tornar alguém capaz de criar suas próprias convicções, ideias e pensamentos. Uma verdadeira obra de arte, Moral da história se apresenta como uma leitura indispensável para aqueles que anseiam por um conhecimento profundo, porém com um formato leve, prático e de leitura prazerosa em qualquer hora do dia. "
  • 429635

    Formacao E Desconstrucao

    sinopse
    • Neste livro, o filósofo Paulo Arantes, um dos mais destacados intelectuais brasileiros da atualidade, guia o leitor pelos caminhos percorridos pela chamada Ideologia Francesa, conjunto prestigioso de ideias que reuniu pensadores como Foucault, Derrida e, na sua variante franco-brasileira, Gérard Lebrun. Sua hegemonia atingiu o ápice no final dos anos 1980, quando, dentro do sistema universitário americano, misturou-se à Teoria da Ação Comunicativa de Habermas e ao neopragmatismo de Richard Rorty. Para o autor, esse cruzamento de conceitos em que predomina a noção de discurso revela na verdade transformações históricas reais, como, por exemplo, o papel legitimador que involuntariamente essas ideias tiveram na atual fase do capitalismo.
  • 429583

    Assim Falou Zaratustra

    sinopse
    • Após dez anos de isolamento na montanha, Zaratustra decide voltar ao convívio dos homens, a fim de passar adiante o fruto de sua contemplação e anunciar a vinda do Übermensch, ou super-homem. A tarefa do profeta, contudo, será tortuosa, pois poucos são os eleitos e muitos os seus inimigos. Assim falou Zaratustra é um romance filosófico em que Nietzsche toma o nome do sábio persa criador do Zoroastrismo para esmiuçar algumas das questões fundamentais de sua obra, tais como a autos-superação e a necessidade de se libertar de qualquer força que iniba ou limite a vida e a vontade do indivíduo. Nietzsche é tão influente como controverso. Sua crítica à moral e aos valores judaico-cristãos ? um dos aspectos mais marcantes de sua obra ? não raro desperta a hostilidade de leitores e estudiosos. Contudo, suas contribuições marcaram o pensamento ocidental e são leitura obrigatória para qualquer interessado em filosofia.
  • 429305

    Visoes De Descartes

    sinopse
    • "?A tese que exponho neste pequeno livro pode ser resumida no seguinte: o ?Gênio Mau? a que se refere Descartes não é um artifício literário nem um ?instrumento psicológico? usado para dar mais credibilidade à certeza do ego cogitans, mas é o verdadeiro tema central das Meditações de filosofia primeira, a obra máxima do filósofo. O projeto de Descartes aí não é superar a mera dúvida teorética quanto à possibilidade do conhecimento, mas aplacar o temor da ?morte da alma? sem recorrer à fé ou a argumentos teológicos de qualquer natureza?. ? Olavo de Carvalho "
  • 428772

    Box Albert Camus - Edicao De Colecionador

    sinopse
    • Quatro livros indispensáveis da obra de Albert Camus, um dos autores mais importantes do século XX, pela primeira vez em uma coletânea de luxo.Esta edição conta com um livreto escrito pelo jornalista e crítico literário Manuel da Costa Pinto, apresentando o texto inédito Um romance sempre é uma filosofia posta em imagens e fotos de Albert Camus. É inegável a importância de Albert Camus na produção literária do século XX no Ocidente, um autor que dedicou a vida a explorar o absurdo da condição humana. E essa edição conjunta é uma celebração de sua obra, que reúne seu primeiro ensaio filosófico ? O mito de Sísifo ? e os três romances que Camus publicou em vida ? O estrangeiro, A peste e A queda. Segundo Manuel da Costa Pinto, ?Camus sempre insistiu em que, apesar da heterogeneidade formal e estilística das suas obras, todas giravam em torno de alguns temas obsessivamente revisitados a cada momento criativo?. E é pensando nestes temas camusianos que a Editora Record publica esse box com novo projeto gráfico que enaltece esses quatro livros obrigatórios em qualquer estante.Além dos livros, essa coletânea é acompanhada também por um livreto com o texto inédito Um romance sempre é uma filosofia posta em imagens, de Manuel da Costa Pinto, e fotos de Albert Camus. Ele amarra as quatro obras, traçando uma linha ligando cada um dos livros às reflexões da filosofia camusiana e à própria história do autor, o que enriquece ainda mais o repertório de quem já é leitor de Camus e serve como uma bela introdução para quem deseja se aventurar pelos tratados de um dos autores mais importantes do mundo. O estrangeiro (176 pág)Escrito em 1942, O estrangeiro, a mais famosa e importante obra de ficção de Albert Camus, narra a história de um homem comum que se depara com o absurdo da condição humana depois de cometer um crime quase inconscientemente. Meursault, que vivia sua liberdade de ir e vir sem consciência dela, subitamente perde-a envolvido pelas circunstâncias e descobre uma liberdade maior e mais assustadora na autodeterminação. Uma reflexão sobre liberdade e condição humana que deixou marcas profundas no pensamento ocidental. Uma das mais belas narrativas do século XX. A peste (424 pág.)Orã, na Argélia, é atingida por uma terrível peste transmitida por ratos, que dizima sua população. É inegável a dimensão política desse livro, um dos mais lidos do pós-guerra, uma vez que a cidade assolada pela epidemia lembra a ocupação nazista na França durante a Segunda Guerra Mundial, e que retornou à lista de mais vendidos durante a pandemia de Covid-19.
  • 428035

    A Historia Da Filosofia - De Kant A Nietzsche

    sinopse
    • Não devemos estudar apenas as filosofias, mas os filósofos. Cada um deles traz inúmeras lições para nós. Das mentes notáveis dos maiores filósofos, Durant extrai um material conciso e brilhante para leitores e estudiosos e oferece uma obra que pode ser lida em sequência ou por capítulos aleatórios, aos poucos, e utilizada como referência para consulta frequente. Trata-se de um livro-chave para qualquer leitor que deseja pesquisar a história e o desenvolvimento das ideias filosóficas no mundo ocidental. Poucos escrevem para o não especialista como Will Durant: a visão e a inteligência em suas análises nunca deixam de impressionar. O autor viajou o mundo para conhecer, na prática, como todas as manifestações culturais e filosóficas interagem com o conhecimento que adquirimos no decorrer dos séculos.
  • 427991

    Utopia

    sinopse
    • Publicado pela primeira vez em 1516, Utopia , de Thomas More, é um dos livros que mais influenciou a filosofia e a tradição literária ocidentais e uma das mais perfeitas obras do humanismo renascentista.
  • 427992

    A Historia Da Filosofia - De Platao A Voltaire

    sinopse
    • Não devemos estudar apenas as filosofias, mas os filósofos. Cada um deles traz inúmeras lições para nós. Das mentes notáveis dos maiores filósofos, Durant extrai um material conciso e brilhante para leitores e estudiosos e oferece uma obra que pode ser lida em sequência ou por capítulos aleatórios, aos poucos, e utilizada como referência para consulta frequente. Trata-se de um livro-chave para qualquer leitor que deseja pesquisar a história e o desenvolvimento das ideias filosóficas no mundo ocidental. Poucos escrevem para o não especialista como Will Durant: a visão e a inteligência em suas análises nunca deixam de impressionar. O autor viajou o mundo para conhecer, na prática, como todas as manifestações culturais e filosóficas interagem com o conhecimento que adquirimos no decorrer dos séculos.
  • 427819

    Introducao A Filosofia De Louis Lavelle

    sinopse
    • "Em maio de 2013, na Virginia, Olavo de Carvalho ministrou um curso sobre a filosofia de Louis Lavelle, cuja transcrição serviu de base para a edição deste livro. Dividida em seis aulas, a exposição vai desde aspectos biográficos da trajetória do filósofo francês até a consideração dos principais conceitos de sua filosofia. O método dialético de Lavelle, que articula a experiência interior ao raciocínio lógico com uma sutileza admirável, não pode ser praticado sem a mais disciplinada atenção e a mais devotada sinceridade, donde resulta, para o leitor, a verdadeira conversão espiritual, a vitória da concentração interior sobre as dispersões da vida mundana. Lavelle restaura de modo eminente a vocação originária da filosofia como busca da sabedoria, e por isto o estudo da sua obra é hoje mais necessário do que nunca. ? Olavo de Carvalho "
  • 427625

    Rastejando Ate Belem

    sinopse
    • Este livro reúne célebres textos de Joan Didion, uma das pensadoras mais originais da segunda metade do século XX. Misto de retrato dos anos 1960 nos Estados Unidos e caderno de observações pessoais e filosóficas, o livro captura com energia e sinceridade as mudanças sociais, culturais e políticas da época e entrecruza, com rara beleza, a geografia de lugares, sonhos e sentimentos, que ressoam com força até hoje.
  • 426831

    PRÉ-VENDA

    Ensaios Sobre O Sensivel

    sinopse
    • """Merleau-Ponty dizia: o corpo dá lugar ao espírito que esquece o corpo que lhe deu lugar. Elaborando uma complexa tradição de raiz benjaminiana, o presente volume quer contribuir a reparar esse esquecimento, fornecer ligações para suturar a ferida aberta entrenós e o mundo e, em última instância, esboçar novas constelações sobre o horizonte do pensamento contemporâneo ? constelações capazes de orientar-nos neste deserto povoado de miragens em que parece ter-se convertido a nossa história. A potência da palavra e a indisciplina da escrita, a astúcia da linguagem e a resistência do olhar, a festa e a promessa do comum. Entre o peso do dado e a leveza do pensado, Vinícius Nicastro Honesko explora nestes ensaios o espaço imponderável que vai do sensível ao imaginável. As suas páginas evocam caminhos, mas é o caminhar oque as define ? inclusive, ou sobretudo, fora de rota."""
  • 426786

    Da Republica - Ed Bolso

    sinopse
    • A ideia principal é abordar a política no tempo de Cícero que reflete aos dias atuais. Qual o melhor tipo de governo e qual se adéqua a uma cidade, uma monarquia, aristocracia e democracia. Cícero demonstra como um governante pode destruir uma sociedade através da tirania, oligarquia e anarquia. O livro é apresentado em forma de diálogo, e o autor tem como referência A República de Platão.
  • 426230

    Labirinto Filosofico

    sinopse
    • Na origem dos diversos discursos sobre o «fim da filosofia» ? muitos dos quais «na moda» ? que, ao menos desde Nietzsche, tanto caracterizam o pensamento do Ocidente, está a «sentença» hegeliana: que a philo-sophía deixe de chamar-se «amante» e se afirme, finalmente, como puro saber, Sophia ou mesmo Ciência. Amor e Saber devem dizer adeus um ao outro. E que o sophós dispense sua veste de eterno peregrino e fixe sua morada. É esse o destino de nossa época? Ou ainda há «aquilo» que não podemos exprimir, representar, indicar a não ser amando-o? O discurso filosófico-metafísico carrega em si o rastro dessa tensão, e é justamente aí que encara seu problema, sua aporia constitutiva: o ente é, em sua singular identidade jamais coincide com as determinações que o lógos lhe predica, e sua substância não pode desvelar-se na finitude de seu aparecer. Toda ontologia deve estar baseada nessa diferença ? não diferença entre ser e essente, mas diferença imanente à realidade do próprio essente, e, em particular, exatamente desse extra-ordinário essente que tem corpo e mente. Para além do exercício cada vez mais vazio das des-construções, para além das abstratas especializações, para além da academia e das escolas, será a tal problema ? eterno aporoúmenon ? e ao «temor e tremor» que ele suscita que este livro pretende retornar para, escutando alguns grandes clássicos da tradição metafísica, desenvolvê-lo mais uma vez. Partindo dele, ou sempre reativando-o, talvez inconscientemente, a filosofia conduziu a própria busca por diversas trilhas, de certa forma contemporâneas, que se contradizem e se cruzam ao mesmo tempo, numa espécie de inimizade fraterna. Com seu próprio modo de proceder, essas trilhas acabam por criar o «lugar» de um paradoxal labirinto, que obriga a sair de seu centro em direção a imprevisíveis saídas ? ou a formar uma grande árvore da qual essas trilhas são ramos, raízes e rizomas.
  • 426243

    Nas Palavras Do Buda

    sinopse
    • Os ensinamentos do Buda formam um amplo conjunto de discursos religiosos, talvez um dos maiores da história da humanidade e das religiões. O monge budista Bhikku Bodhi dedicou-se à empreitada de selecionar alguns dos textos atribuídos ao Buda presentes no Cânone Pali. Os textos são destinados, sobretudo a dois públicos distintos: o primeiro, aqueles que querem conhecer os discursos do Buda e que para isso sentem a necessidade de uma introdução sistemática, o segundo público é formado por aqueles que, apesar de familiarizados com os suttas, ainda não conseguem enxergar como eles se encaixam numa totalidade inteligível.
  • 426257

    Apologia De Socrates - Ed Bolso

    sinopse
    • Esta obra, escrita por Platão, é um dos primeiros relatos da defesa de Sócrates que foi acusado de corromper a juventude, não cultuar os deuses que a cidade cultua e criar uma nova divindade. É o registro de uma das defesas mais famosas e polêmicas da história do direito e da justiça ocidentais. Sócrates foi considerado culpado e morreu após ingestão de um poderoso veneno.
  • 425675

    Estrangeiros Residentes

    sinopse
    • Na paisagem política contemporânea, em que ainda há o domínio do Estado-nação, o migrante é o indesejado, sempre acusado de estar fora de seu lugar, de ocupar o lugar de outro. No entanto, não existe nenhum direito sobre o território que possa justificar a política soberanista que fundamenta a recusa de sua entrada. Dentro de uma ética que aspira à justiça global, Donatella Di Cesare reflete ? com clareza de conceitos e um estilo por vezes narrativo ? sobre o significado último do migrar, dando provas também aqui de saber chegar direto ao centro da questão. Habitar e migrar não se contrapõem, como crê o senso comum, ainda preso aos velhos fantasmas do jus sanguinis e do jus soli. Em cada migrante deve-se reconhecer, em vez disso, a figura do ?estrangeiro residente?, o verdadeiro protagonista do livro. Atenas, Roma, Jerusalém são os modelos de cidade examinados, em um esplêndido afresco, para colocar em questão o tema crucial e atual da cidadania. Na nova era dos muros, em um mundo repleto de campos de internamento para estrangeiros, que a Europa pretende manter à sua porta, Di Cesare defende uma política da hospitalidade, apartada da ideia de residência, e propõe um novo sentido do coabitar.
  • 425594

    Novo Normal

    sinopse
    • A crise do coronavírus gerou grandes mudanças em nossas vidas, tanto no pessoal quanto na social. Mas será que nossa vida voltará a ser o que era antes? Esta obra divida em quatro capítulos aborda a chance que temos de aprender a conviver com o tempo. Como recuperar as relações inter pessoais após tanto tempo distante? Este livro não trará respostas, mas provocações.
  • 425601

    25,0 %

    Sabedorias Para Partilhar - Pocket

    sinopse
    • Em sua nova obra, o professor Cortella convida o leitor a sair do automático, parar um minuto e se permitir uma reflexão filosófica a respeito das multiplicidades da vida. Nas mensagens, o filósofo não pretende oferecer uma receita ou um caminho já traçado, mas provocar aqueles que buscam o saber e têm o desejo de ir adiante, de ter uma vida que não se apequena, a refletir sobre temas atuais, como convivência, poder, mudança, virtudes e vícios... Esta é uma obra sobre vida, e vida em abundância!
  • 425525

    Critica Da Razao Pratica - Capa C

    sinopse
    • Esta obra foi publicada pela primeira vez em 1788 e integra a trilogia das conhecidas Crítica da Razão Pura e Crítica do Juízo. A moral, a ética, a fé e a imortalidade da alma, o bem e o mal, a felicidade e a finitude, tudo contraposto aos elementos do pensar e do agir, são as premissas usadas pelo filósofo para provar que só o conhecimento liberta e dá oportunidade ao aparecimento da razão prática do viver e do mundo.
  • 425530

    Voz Da Educacao Liberal

    sinopse
    • """Voice of Liberal Learning ? A Voz da Educação Liberal ?, de Michael Oakeshott, foi publicado pela primeira vez em 1989, pela Yale University Press. Naquela época, estavam em voga alguns livros que sustentavam uma visão negativa sobre a educação nos Estados Unidos. Oakeshott não poderia deixar de fazer parte desse debate, e de maneira sutil, com sua contundência, paciência e seu estilo sofisticado, o autor inicia a sua reflexão cavando o pensamento até a raiz, tentando tatear toda a abrangência da natureza do aprendizado. Começa pelo tema da liberdade, refletindo sobre o que significa para o homem ter total poder sobre as suas palavras, pensamentos e ações. Segue discutindo a possibilidade e a maneira como essa liberdade se coloca no mundo, e em que nível a educação dessas palavras, pensamentos e ações pode nos ajudar a integrar esse mundo, a descobri-lo e a interpretá-lo. Chega, enfim, no papel da educação formal e da formação da Universidade ? o lugar que guarda e zela pela herança das realizações humanas ? e, a partir de seu princípio devocional ao pensamento, analisa o caminho dessa instituição em relação à educação e ao desenvolvimento da sociedade de consumo. Como pode uma universidade responder à atual aversão ao isolamento, à crença de que há meios melhores de se tornar humano do que aprendendo-o e ao desejo de receber uma doutrina em vez de ser iniciado em uma conversa? Eis a reflexão que Oakeshott apresenta, abordando o difícil dilema de uma instituição que precisa estar no mundo, fazer parte dele, ao mesmo tempo em que lhe é imperativo deslocar-se, colocar-se à parte. """
  • 425370

    Box Quatro X Quatro

    sinopse
    • "Quatro livros. Quatro vozes. Quatro temas que dialogam entre si. Quatro oportunidades de reflexão sobre a vida, com todas as suas alegrias e tristezas. Edição especial e limitada, esta caixa reúne grandes sucessos da coleção Papirus Debates, para ler e reler sempre: ? ""Felicidade ou morte"", de Clóvis de Barros Filho e Leandro Karnal ? O que define uma vida feliz? Sem a felicidade o que nos resta? ? ""O inferno somos nós: Do ódio à cultura de paz"", de Leandro Karnal e Monja Coen ? Como transformar o ódio em compreensão das diferenças? Como sair de um cenário de violência e construir uma sociedade menos agressiva e mais acolhedora? ? ""Nem anjos nem demônios: A humana escolha entre virtudes e vícios"", de Mario Sergio Cortella e Monja Coen ? Quais as virtudes para a boa vida? É possível perdoar sempre ou há atitudes que são imperdoáveis? Por que ser bom, neste mundo que parece cada vez mais se corromper? ? ""Viver, a que se destina?"", de Mario Sergio Cortella e Leandro Karnal ? Afinal, existe destino? Ou somos livres para definir nossa trajetória? O que torna a existência mais significativa? Há ainda um presente: 'Quatro ideias para viver em tempos de incertezas', um livreto exclusivo com textos inéditos dos autores, que apontam caminhos diante dos desafios que a realidade tem nos colocado. Nele, o leitor vai encontrar também uma seleção de pensamentos extraídos dessas quatro obras tão necessárias, para repensar a própria vida e fazê-la valer."
  • 425361

    A Liberdade Na Educacao E A Forma Da Personalidade

    sinopse
    • " O aprendizado da liberdade consiste em procurar a unidade profunda da personalidade, respeitando-a, isto é, sem que seja em detrimento de sua riqueza. Se a educação nova é liberal, não é tanto na medida em que deixa a criança fazer ?tudo o que lhe agrada? (no sentido que comumente se entende), mas, antes, na medida em que leva em conta a natureza e as necessidades da criança e a ajuda a satisfazer essas últimas, sem discordar de suas próprias exigências e das exigências sociais elementares. É livre aquele que tem a possibilidade de ficar de acordo consigo mesmo e de se desenvolver segundo as leis de seu desenvolvimento. Assim entendida, a liberdade toma-se não somente sinônimo de equilíbrio, mas ainda de Felicidade, de expansão natural e de eficácia. Deste ponto de vista, quase não nos parece possível discutir sobre a oportunidade da liberdade na educação, porque uma educação digna deste nome  visa dar ao indivíduo, a cada instante, o máximo de valor e, por conseguinte, de liberdade. Eventualmente é necessário tomar cuidado para não confundir ?liberdades? e ?liberdade?. Em geral tomam-se ?liberdades? para satisfazer desejo momentâneo, enquanto a liberdade resulta da satisfação de necessidades profundas. Nada evocaria melhor a noção de verdadeira liberdade do que a respiração de ar puro a plenos pulmões ao sol. Sem dúvida, a expansão da caixa torácica tem limites precisos, mas que não são ressentidos como tais porque correspondem exatamente às necessidades. É esta correspondência que importa e não o recuo indefinido e inútil de fronteiras que nunca serão transpostas. "

Produtos encontrados: 354 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar