Produtos encontrados: 86 Resultado da Pesquisa por: darkside em 10 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 384889

    14,99 %

    Btk Profile - Darkside

    sinopse
    • Ao longo de três décadas, um monstro aterrorizou os moradores de Wichita, Kansas. Um assassino em série que amarrava, torturava e matava mulheres, homens e crianças, iludiu a polícia por anos a fio enquanto se vangloriava de suas terríveis façanhas para a mídia. A nação ficou chocada quando os crimes de BTK ? a sigla para os termos em inglês bind, torture, kill, que eram sua assinatura criminosa ? foram enfim associados a Dennis Rader, um vizinho amigável, marido devoto e respeitado presidente da congregação de uma igreja local. O jornal Wichita Eagle fez a cobertura do assassino em série desde seu primeiro ataque, em janeiro de 1974. Desde então, o jornal, a polícia e o assassino desenvolveram um intricado relacionamento. Foi por meio do Eagle que BTK enviou sua primeira mensagem, em 1974. Foi para o Eagle que, alguns anos depois, o desesperado chefe de polícia de Wichita pediu ajuda para criar uma armadilha para o assassino. Foi em uma carta para o Eagle que BTK anunciou seu reaparecimento, em 2004. E foi por meio dos classificados do jornal que o chefe da investigação levou BTK a cometer um erro que resultou em sua captura, em 2005. O Wichita Eagle transcreveu todo o julgamento e o postou na internet para que a população tivesse acesso à informação. A imagem da estranha máscara feita de plástico resistente, na qual ele pintara lábios, cílios e sobrancelhas se tornou icônica entre as evidências do caso. A cobertura abrangente e aprofundada ? que gerou mais de oitocentos artigos entre 2004 e 2006 ? rendeu prêmios jornalísticos e elogios a uma dedicada equipe compromissada com a verdade. E virou livro. BTK Profile: Máscara da Maldade é um registro contundente e não uma mera reconstituição do caso, com uma narrativa íntima e completa de um pesadelo que assolou a cidade de Wichita por décadas, contada em primeira mão pelas pessoas que estavam lá desde a chocante descoberta. Os repórteres que cobriram o caso reuniram documentos, evidências e depoimentos da força-tarefa designada para a investigação, colocando todas as peças do horrendo quebra-cabeça em seu devido lugar. Enquanto muitos se concentraram apenas em retratar o mal, o competente time por trás deste livro optou por dedicar a mesma quantidade de tempo às pessoas que o erradicaram. As pessoas que detiveram BTK são policiais de verdade ? personagens de carne e osso que baixaram a guarda para que os leitores pudessem seguir com eles em missões de vigilância e confronto, para dentro de seus lares e corações.
  • 394078

    15,01 %

    Semblant - Darkside

    sinopse
    • O diálogo entre o metal, em seus diversos estilos, o terror e as histórias em quadrinhos é algo bastante difundido no universo pop, pois são imaginários com pontes de contato. Claro, pontes estreitas e assustadoras! A DarkSide® Books, os autores André Meister e Sergio Mazul e a banda Semblant selam um pacto para contar uma história milenar que vai direto na veia dos fãs de metal e de terror. Semblant: Blood Chronicles conta três histórias: um caçador em fuga após um vampiro arrancar toda a família de sua vida; o conto de um herói mascarado em busca de sua identidade; e a história de um regente apaixonado em busca da glória de seu povo. Uma tríade sanguinária repleta de magia e ancestralidade. Surgido como um presente da banda Semblant para seus fãs ? o roteiro é de autoria de um dos fundadores da banda, o vocalista Sergio Mazul, em parceria com o artista André Meister ?, o álbum de história em quadrinhos acabou se tornando a semente de um universo gigantesco, com vampiros necromantes, assombrações, guerra entre tribos de caçadores e a ameaça de entropia de uma entidade que não deveria existir. A arte de Semblant: Blood Chronicles foi propositalmente composta de forma a ressoar com as músicas em que se baseou, com referências à ilustração dos discos de metal e às histórias em quadrinhos da revista francesa Métal Hurlant. A obra celebra a adolescência e paixão dos autores pelo horror gótico e às subculturas brasileiras, e celebra o respeito que a DarkSide® tem pelo terror em suas diversas formas.
  • 382945

    15,01 %

    Stranger Fans - Darkside

    sinopse
    • Quatro amigos inseparáveis se reúnem para uma partida de Dungeons & Dragons em uma casinha na pacata cidade de Hawkins. O temível Demogorgon parece incansável, o jogo termina tarde e já é hora de dormir. Os meninos sobem em suas bicicletas para voltar para casa, mas um deles nunca termina o caminho. Will Byers desapareceu misteriosamente, e algo estranho está prestes a acontecer... Desde sua estreia, em julho de 2016, Stranger Things se tornou um fenômeno global. A série é um mergulho completo nos detalhes vívidos e sensações de uma época: os adoráveis anos 1980. O clima de aventura, mistério, ficção científica e humor que ronda os filmes que mais amamos... Nada disso foi esquecido por Stranger Things. Outras produções audiovisuais tentaram evocar esse período e suas singularidades, mas nenhuma delas conseguiu um resultado que chegasse aos pés do sucesso da Netflix. Para muitos de nós, a década de 1980 significou bem mais do que um período de dez anos, e talvez o grande culpado por esse fenômeno seja o próprio tempo, que parecia avançar em um ritmo bem menos acelerado naqueles estranhos anos. Em Stranger Things, tudo remete a este período vivo, criativo e libertador: da trilha sonora do sintetizador às fontes retrô, dos nostálgicos acenos a Spielberg e Stephen King ao figurino impecável. E como amigos não mentem, a DarkSide® Books finalmente revela a surpresa que estava preparando para os leitores sedentos por muitas coisas estranhas: Stranger Fans ? A década de 80 no universo da série Stranger Things. O autor, Joseph Vogel, é fã de carteirinha da série e criou um documento completo que é uma verdadeira homenagem ao universo dos Irmãos Duffer. Falando de fã para fã, Vogel mergulha nos detalhes que tornaram essa década um terreno tão fértil para as ideias dos criadores de Stranger Things. Ele apresenta ainda informações preciosas e ilustrações de artistas que se inspiraram na sinergia sinistra que une a história, seus personagens e, é claro, os fãs. Um livro que evoca leitores e espectadores a compartilhar teorias e lembranças de uma série que veio para fincar raízes no imaginário pop mundial. Stranger Fans ? A década de 80 no universo da série Stranger Things é um livro completo que documenta quão imersa a série está na cultura dos anos 1980, desde sua trilha sonora até seus personagens, tecnologias e bicicletas. Entre as muitas curiosidades desvendadas por Joseph Vogel estão os videogames na casa de fliperamas Palace Arcade e como eles transformaram a cultura jovem nos anos 1980, os paralelos com et: O Extraterrestre, o contexto por trás de Dungeons & Dragons, como surgiram as caixinhas de leite com anúncios de crianças desaparecidas, os filmes e livros mais importantes para a série e muitas outras coisas que todo fã vai adorar saber. Prepare-se para entrar em uma verdadeira máquina do tempo. Se Stranger Things é uma carta de amor para os anos 1980, este livro é um guia minucioso para se apaixonar pela era revivida pela série.
  • 381182

    15,01 %

    Aurora Nas Sombras - Darkside

    sinopse
    • Um grupo de pequenos seres é obrigado a sair do lugar aconchegante onde mora e iniciar uma luta pela sobrevivência em um mundo terrível. Tudo parece dentro dos conformes, certo? Bem, mais ou menos. A casa deles era o cadáver de uma garotinha estirado no meio da floresta, e o lugar para onde eles vão não é nada mais, nada menos que o mundo que conhecemos como nosso. Depois de provocar pesadelos com Floresta dos Medos, de Emily Carroll, e viver uma aventura fantástica com Francis, de Loputyn, a DarkSide® Books convida os leitores a embarcar em uma jornada um tanto quanto sinistra com Aurora nas Sombras. Indicado ao Prêmio Eisner em 2015, o quadrinho, escrito por Fabien Vehlmann e ilustrado pelo casal Marie Pommepuy e Sébastien Cosset (que assina como Kerascoët), conta a história da doce Aurora e seus amigos conforme eles viajam por um mundo estranho. Cercados por perigos e incertezas, eles se veem confrontados por situações extremas que despertam sentimentos como inveja, egoísmo, rancor e ganância. Formar alianças fica cada vez mais difícil, e quando o grupo começa a se desestruturar, Aurora se vê diante de um dilema: até onde ela está disposta a ir para sobreviver? Aurora nas Sombras é a verdadeira definição de um pesadelo açucarado. Não se deixe enganar pelo traço fofo e aquarelado desta graphic novel: ela pode ser atraente aos olhos, mas é perturbadora na mesma medida. Assim como o mundo em que vivemos. Ecoando a aura estranha e nonsense de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, aos olhos de David Lynch, e os dilemas morais de O Senhor das Moscas, de William Golding, Aurora nas Sombras mistura o meigo e o brutal para abordar temas como o desmoronamento da civilização e a morte da inocência. É impossível não admirar os tons pastéis das ilustrações, mesmo que, enquanto faz isso, você esteja refletindo sobre os horrores da vivência humana. Aurora nas Sombras chega para fazer parte do selo DarkSide® Graphic Novel, em uma edição de colecionador caprichada e feita para resistir a qualquer passeio na floresta.
  • 364239

    14,99 %

    Shiro - Darkside

    sinopse
    • Samurai Shirô conta a história de Akemi, uma adolescente de origem japonesa que se vê em meio a uma epopeia sangrenta e centenária entre yakuzas após a morte do seu querido avô. Um homem sem memória ? e com apenas uma katana ? cruza seu caminho na cidade de São Paulo para descobrir quem ele é. O quadrinista Danilo Beyruth, de Bando de Dois, Astronauta e Guardiões da Galáxia, retoma seu vigoroso estilo em preto e branco nesta graphic novel repleta de ação, em um verdadeiro thriller que evoca as grandes lendas dos samurais. Aqui não se tem escolha: superar o passado é sobreviver.
  • 119480

    14,99 %

    Demonologista, O - Darkside

    sinopse
    • O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico.Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas um boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma.Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.
  • 382946

    27,32 %

    Diario De Nisha, O - Darkside

    sinopse
    • Nisha não é de falar muito. Quietinha e reservada, prefere observar as pessoas ao seu redor e anotar os detalhes do cotidiano em seu diário, onde pode ser ela mesma. E ser ela mesma não é nada fácil no epicentro da Partição da Índia, que, após séculos de tensão religiosa, atinge seu ápice criando dois estados independentes do governo britânico: a Índia (maioria hindu) e o Paquistão (maioria muçulmana). Parte hindu e parte muçulmana, Nisha não sabe muito bem a qual lugar pertence, e não entende os desdobramentos políticos deste momento tão crucial da história. Por que hindus e muçulmanos estão brigando tanto entre si? Por que milhares de pessoas precisam abandonar seus lares? E por que tantas acabam morrendo ao atravessar as fronteiras? Com as tensões criadas pela separação, o pai de Nisha decide que é perigoso demais para eles permanecerem no lugar que, agora, se tornou o Paquistão. É neste cenário turbulento que Nisha e sua família ? o irmão Amil, a avó e o pai ? embarcam no primeiro trem, rumo a um novo lar. A DarkSide® Books apresenta O Diário de Nisha, novo lançamento da linha DarkLove que vai arrebatar seu coração com a árdua e arriscada jornada de uma esperançosa menina em busca de um lar. Endereçando cada relato do diário para a finada mãe, ela registra sua vida com ricos detalhes ao longo do ano de 1947 ? os momentos bons em que prepara pratos deliciosos com Kazi, cozinheiro da família, e os ruins em que o mundo se mostra cruel e nada mais parece fazer sentido. Com ternura e esmero, Veera Hiranandani transmite os conflitos internos de Nisha e retrata a dura realidade provocada pela Partição, que movimentou mais de catorze milhões de pessoas pelas fronteiras e matou pelo menos um milhão durante a travessia. O impressionante recorte histórico é inspirado na trajetória de sua própria família, que precisou atravessar a fronteira de Mirpur Khas para Jodhpur exatamente como a pequena Nisha faz neste livro. Seus pais e avós tiveram de recomeçar em um lugar estranho como uma família de refugiados ? história que, tantos anos depois, tristemente ressoa com a realidade de muitas famílias que sofrem com a Guerra da Síria. Vencedor do Newbery Honor Award 2019, Walter Dean Myers Honor Award 2019 e Malka Penn Award para Direitos Humanos em Literatura Infantil em 2018, O Diário de Nisha é a história perfeita para todos os leitores que se emocionaram com a pequena Ada em A Guerra que Salvou a Minha Vida e A Guerra que me Ensinou a Viver, e também com os relatos verdadeiros em Refugiados: A Última Fronteira e O Diário de Myriam. Assim como os livros mais tocantes da linha DarkLove, que publica poderosas vozes femininas contemporâneas, O Diário de Nisha aquece o coração do leitor com uma história tão bela e sensível que é um verdadeiro tesouro. Através da busca de Nisha por identidade, aprendemos a exercer a empatia e a lutar por um futuro mais tolerante e pacífico. E vemos que reconstruir a vida nunca é fácil, mas fica um tantinho melhor se for ao lado das
  • 393203

    25,04 %

    Criatura, A - Darkside

    sinopse
    • Dois séculos de terror esperam por você em A Criatura, o novo lançamento do autor de O Demonologista e Os Condenados pela DarkSide® Books. Como bem pontuou o mestre Stephen King, ?o medo clássico tem um novo nome: Andrew Pyper?. Para dar vida à sua própria criatura, Pyper dissecou alguns dos monstros sagrados do século XIX. Mary Shelley, Robert Louis Stevenson e Bram Stoker viram personagens do livro e se inspiram num ser imortal e cruel para escreverem suas obras-primas góticas. Assim, os mitos de Frankenstein, O Médico e o Monstro e Drácula ganham novas perspectivas e ficam tão assustadores como em suas origens. A Criatura é muito mais do que uma homenagem aos mestres do passado. Sua narrativa costura elementos de thriller policial e terror psicológico com forças sobrenaturais além de nossa compreensão. O mal se apresenta em diversas formas, e ele pode estar vigiando o seu lar neste exato momento. A história se inicia quando a dra. Lily Dominick, uma psiquiatra forense, precisa avaliar a sanidade de um criminoso. Só que este não é o típico psicopata com quem ela está acostumada a lidar. Há algo diferente neste homem. Algo mágico, sinistro e íntimo, que, de alguma maneira, parece conectado com sua infância, no Alasca. Quando tinha apenas seis anos, sua mãe morreu de forma brutal e misteriosa. Ao contrário do que concluiu a polícia na época, ela sabe que o responsável não foi um urso faminto. Entre lembranças imprecisas e pesadelos constantes, Lily esconde uma certeza: quem matou sua mãe foi... um monstro real. Com dois protagonistas que vivem a dinâmica combativa e fascinante de Clarice Starling e Hannibal Lecter em O Silêncio dos Inocentes, A Criatura envereda o leitor por um manicômio abandonado em Budapeste, um teatro vazio no West End de Londres e até mesmo uma cela subterrânea na Romênia. Tudo isso numa narrativa que não deixa o leitor largar o livro por nada ? nem ao menos um monstro ? nesse mundo. Prepare-se para devorar mais este romance soturno de Andrew Pyper, uma das grandes revelações da literatura dark contemporânea. O autor, presente em diversas listas de mais vendidos pelo mundo, foi consagrado pelos darksiders e se tornou o primeiro autor best-seller da DarkSide® Books, com o livro O Demonologista. Agora, A Criatura chega numa edição monstruosa e em capa dura, com o padrão de qualidade psicopata da editora mais dark do Brasil.
  • 384890

    14,99 %

    Columbine - Darkside

    sinopse
    • O dia 20 de abril de 1999 deixou uma marca indelével na história norte-americana. O Massacre de Columbine pode não ter sido o primeiro tiroteio em massa, mas foi o primeiro da era digital ? e o primeiro de larga magnitude. Na esteira dos acontecimentos de Newtown, Aurora, Virginia Tech, Christchurch, Suzano e Ohio, torna-se cada vez mais urgente compreender e confrontar acontecimentos como o de Columbine. Nossa arma é reaprender a ouvir a dor que cresce em silêncio no outro e no cerne dos valores da nossa sociedade. Columbine é lembrado até os dias de hoje sempre que um episódio horrível e similar ocorre, mas boa parte do que sabemos sobre o massacre está errado. Erros factuais e testemunhos duvidosos propagados à época permanecem verdade absoluta para muitos; é fácil dizer que dois meninos rejeitados pelos atletas e pelas garotas, vítimas de bullying, que vestiam sobretudos e descontavam sua raiva em videogames violentos fizeram o que fizeram por essas razões, mas até que ponto isso é real? Dave Cullen foi um dos primeiros repórteres a chegar à cena e passou dez anos escrevendo Columbine, livro que hoje é considerado a obra definitiva sobre o tema. Passar tanto tempo debruçado neste projeto o fez analisar a postura da imprensa na época com olhos críticos; hoje, Cullen acha que a mídia tentou encontrar um motivo rápido demais, e um episódio que deveria promover uma discussão sobre desarmamento e saúde mental acabou se transformando em um espetáculo midiático irresponsável. Em Columbine, os episódios recontados são uma mistura das reportagens que Cullen publicou na época com anos de pesquisa ? incluindo centenas de entrevistas com a maioria dos diretores envolvidos, a análise de mais de 25 mil páginas de evidências policiais, incontáveis horas de vídeo e áudio, e o trabalho extenso de outros jornalistas de confiança. Com um faro investigativo apurado e uma narrativa terna e respeitosa, Cullen apresenta o retrato de um assunto ainda infelizmente tão atual, ao mesmo tempo em que critica a cobertura massiva que se sucedeu. E questiona: por que armas de fogo ainda permanecem ao fácil alcance nos Estados Unidos? A possibilidade de se tornar uma celebridade pela mídia também mata pessoas? Será que a imprensa não deveria focar nas vítimas em vez dos assassinos?
  • 358622

    14,99 %

    Diario De Myriam, O - Darkside

    sinopse
    • Escrito entre novembro de 2011 a dezembro de 2016, o diário alterna entre as doces memórias do passado na cidade de Alepo e os dias doloridos e carregados de incertezas. E é com a sensibilidade de uma autêntica contadora de histórias que ela narra a preocupação crescente de seus pais com as notícias na tv, as pinturas revolucionárias nos muros da escola, as manifestações contra o governo, a repressão, o sequestro de seu primo e, por fim, os bombardeios que destroem tudo aquilo que ela conhecia. O Diário de Myriam, vencedor do Prêmio L?Express-BFMTV 2017 na categoria Ensaios, em votação feita pelos leitores, é aquele livro que fica mais próximo do coração de cada um, pois foi escrito da mesma maneira, de forma simples e verdadeira. Como os outros títulos da linha Crânio, o testemunho de Myriam faz um convite à reflexão do agora e estimula o leitor a entender e questionar o mundo que estamos construindo ? além de ser um exercício de empatia pela dor do outro. A Guerra da Síria deixou mais de 400 mil mortos e transformou 5 milhões de pessoas em refugiadas ao longo dos últimos sete anos, impulsionando o maior deslocamento de pessoas no mundo após a Segunda Guerra Mundial. Myriam é apenas uma entre milhões de vozes que sofrem diariamente, mas suas palavras conseguem falar por muitas elas. Myriam Rawick começou a escrever em seu diário aos oito anos de idade. Seus registros sobre a Guerra da Síria compreendem o período entre novembro de 2011 e dezembro de 2016. Refugiada em sua própria cidade, Myriam viu seu lar ser devastado e conta como Alepo, uma das cidades mais antigas do mundo, foi destruída num piscar de olhos. Desde o fim das hostilidades em sua cidade natal, Myriam voltou para lá apenas uma vez. Ainda assim, algumas coisas continuam iguais: ela segue escrevendo sobre sua vida em seu diário. Philippe Lobjois é um repórter de guerra francês e autor de diversos livros. Estudou ciências políticas em Paris e já cobriu o Conflito Karen, a Guerra do Kosovo e a Guerra do Afeganistão. Quando a Guerra da Síria eclodiu, ele decidiu ir até a cidade de Alepo, onde descobriu a história de Myriam. Após um mês vendo de perto o caos provocado pela guerra, ele conseguiu localizá-la e, juntos, trabalharam para revelar sua história ao mundo.
  • 398181

    15,01 %

    Vida De Gato - Darkside

    sinopse
    • O quadrinista e ilustrador Serge Baeken sempre adorou gatos. E dá para culpá-lo? Inteligentes, ágeis, companheiros ? ele já dividiu muitos momentos ao lado de seus bichanos, e tudo começou com Mascavo, que viveu respeitáveis 18 anos ao lado de seu dono. Sempre aprontando muito, é claro. Em Vida de Gato, mais novo lançamento da DarkSide® Books, Baeken convida o leitor a conhecer o mundo visto a partir da perspectiva dos felinos. Mais especificamente, dos felinos que passaram por sua vida ? e deixaram uma marca eterna em seu coração. Há muitas histórias para conhecer neste quadrinho. Amizades que vêm e vão, mudanças para lugares distantes, a beleza da independência dos bichanos, o aconchego de um cotidiano cheio de travessuras, ronronadas e miados. Ao conhecer as vidas de Mascavo ? como, no começo, ele tinha apenas amigos humanos, como costumava ser o gato mais durão da vizinhança, como, ao ficar velhinho, ele se guiava com os bigodes pela casa ? e seus companheiros (e foram muitos), também descortinamos a vida de seu dono. O resultado é um quadrinho autobiográfico que vai ganhar o seu coração, mesmo que você não tenha um gatinho para chamar de seu. Baeken encanta com sua arte em preto e branco, rica em detalhes, e seu tom divertido e emocionante de contar histórias. O selo DarkSide® Graphic Novel ganha mais um quadrinho feito com esmero, no padrão de qualidade que os darksiders já conhecem e adoram ? uma edição tão caprichada que, a Caveira jura, até vai fazer seu bichano desviar os olhos daquela caixa de papelão.
  • 393204

    15,01 %

    Love Kills - Darkside

    sinopse
    • LOVE KILLS é a investigação de Danilo Beyruth sobre o mito dos vampiros. Com um enredo em que os leitores reconhecem pitadas do universo de Anne Rice, do jogo de RPG Vampiro: A Máscara, e de filmes como Nosferatu (1922), de Murnau, e Drácula de Bram Stoker (1992), de Coppola, o artista apresenta uma grande história em quadrinhos repleta de aventura e terror, com o traço preciso do autor de Samurai Shirô. O sentimento e a forma como esses seres vampíricos se orientam no mundo em LOVE KILLS, destinados à imortalidade, trazem reflexões sobre a própria vida mortal do leitor. Entretanto, as cenas de ação e combate, e a narrativa cuidadosa de Danilo Beyruth não são colocadas de lado. Os desenhos muito bem realizados chamam a atenção do leitor em um primeiro momento, mas a qualidade da narrativa, da transição entre os quadrinhos e o ritmo da história, que mescla diálogos e ações, é o que vai segurá-lo até o final da obra. É uma leitura veloz, mas o leitor vai querer voltar algumas vezes, para se atentar aos detalhes da arte e da história, como se fosse um verdadeiro imortal. Danilo Beyruth é um autor bastante premiado pelos seus trabalhos e um nome consolidado nos quadrinhos brasileiros. Criador de Bando de Dois e Necronauta, reformulou o personagem Astronauta, de Maurício de Sousa, em uma série de graphic novels, colaborou com a Marvel Comics, em Motoqueiro Fantasma e Guardiões da Galáxia e tem trabalhos publicados nos Estados Unidos, Europa e Argentina. Em 2018, Danilo viu seus personagens e conceitos ganharem vida no filme Motorrad, dirigido por Vicente Amorim. Samurai Shirô segue o mesmo caminho e já está em produção cinematográfica internacional, também com direção de Amorim, o ator das séries Os Tudors e Vikings, Jonathan Rhys Meyers, além de Eijiro Ozaki e Kenny Leu e MASUMI no elenco. E os darksiders colecionadores tiveram contato com seu trabalho nas ilustrações horripilantes da edição comemorativa de 50 anos de A Noite dos Mortos-Vivos, de John A. Russo, em que Danilo dá um tiro certeiro na cabeça dos zumbis famintos. Agora, Beyruth entrega sua história de vampiros nas mãos de uma editora dedicada ao terror. LOVE KILLS, lançamento da DarkSide® Books em seu selo DarkSide® Graphic Novel ? inteiramente focado no melhor da arte sequencial ?, chega às livrarias em dezembro com mais de duzentas páginas em capa dura, para agradar os fãs da editora e do autor. A DarkSide® Graphic Novel é uma expansão do universo sombrio e fantástico da editora, lar de Charles Burns, autor de Black Hole e Big Baby, e de quadrinistas de renome como Dave McKean, Nagabe, Junji Ito, Kate Evans, Emily Carroll, Bernie Wrightson, Derf Backderf (de Meu Amigo Dahmer), entre outros. Se você é fanático pela arte sequencial, prepare-se para se surpreender novamente com sua velha paixão. E mesmo aqueles que não têm o hábito de ler hqs não vão se arrepender. Quem aposta no escuro com a DarkSide® costuma virar fã.
  • 385901

    33,39 %

    Cores Vivas - Darkside

    sinopse
    • Marlon prometeu. Ele não se meteria em problemas. Não como seu irmão, Andre, líder de uma gangue que pagou um preço alto pelo caminho que escolheu. Sempre foi mais fácil ficar na dele, no quarto, ouvindo os antigos discos do Earth, Wind & Fire de seu pai e assistindo a filmes de ficção científica. Até que ele conhece Sonya. Uma garota linda da escola que, contra todas as probabilidades, lhe dá uma chance. Mas o primeiro encontro dos dois termina em tragédia e, de uma hora para outra, Marlon se torna suspeito e não entende o porquê. Com seu pai morto e o irmão incapaz de ajudá-lo, ele não tem escolha a não ser entrar no mundo de Andre ? um mundo violento, cruel e desumano ? para descobrir a verdade e proteger as pessoas que ama. O livro que você está prestes a conhecer é uma leitura poderosa e emocionante ? e extremamente necessária nos dias atuais. Cores Vivas, o mais novo lançamento da DarkSide Books®, aborda com muita honestidade como escolhas erradas, mesmo feitas com a mais nobre das intenções, podem levar uma pessoa a um caminho tortuoso e, muitas vezes, sem volta. Patrice Lawrence, autora premiada com o Waterstones Children?s Book Award e o The Bookseller ya Book Prize em 2017, nos apresenta a uma Londres que vai muito além dos pontos turísticos: aqui, conhecemos o cotidiano de uma família que não vive na área nobre da cidade, mas em proximidade com um submundo em que a violência é constante, e o medo é apenas uma consequência. Cores Vivas é uma história poderosa sobre compreensão, amor e sobrevivência. A sensibilidade e o cuidado narrativo de Patrice Lawrence encontram casa na linha DarkLove, dedicada a revelar novas vozes femininas da literatura contemporânea. O coming of age urbano e repleto de camadas mostra que, às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. Mas respeito e compaixão são questões básicas para mantermos todas as nossas cores vivas.
  • 375497

    14,99 %

    Cabo Do Medo - Darkside

    sinopse
    • Cabo do Medo foi publicado pela primeira vez nos anos 1950 e deixou leitores atormentados com sua narrativa brutal. Agora, é com muito orgulho que a DarkSide Books recebe John D. MacDonald e sua obra-prima em nossa casa dos horrores. Até onde você iria para salvar aqueles que mais ama? Por catorze anos, o condenado Max Cady nutriu um ódio por Sam Bowden, um advogado de sucesso que ostenta uma família margarina e que, ao atuar como seu defensor público, pouco fez para evitar que ele fosse parar atrás das grades. Agora um homem livre, Max retorna à sociedade com sangue nos olhos e enlouquecido por uma sede de vingança pelo tempo e família que perdeu.
  • 375180

    35,77 %

    Floresta Dos Medos - Darkside

    sinopse
    • Uma garota empunha uma lamparina para vencer os contornos da escuridão. Ali perto, uma floresta. Calada e fantasmagórica, repleta de coisas estranhas. Criaturas misteriosas, sussurros velados, medos inomináveis. Pense naquilo que faz seu sangue correr depressa pelas veias. Uma voz sem corpo? Uma visão fantasmagórica? Ou, quem sabe, a possibilidade de viver algo sobrenatural? Aguarde na penumbra e fale baixo. A DarkSide Books convida você para um passeio pela floresta cheia de rostos pálidos e mãos geladas da premiada ilustradora Emily Carroll. Mas tome cuidado: assim como nos contos de fada, nem tudo que habita seus arredores é aquilo que parece ser. De uma coisa nós temos certeza: as cinco histórias de Floresta dos Medos dão frio na espinha. Nelas, a quadrinista canadense ? ganhadora de um prêmio Eisner, um dos mais importantes do universo dos quadrinhos ? explora o medo subjetivo e imagético, composto de sensações estranhas que raramente conseguimos explicar. Não espere sustos que farão você pular; aqui, olhares de relance para os cantos do quarto serão muito mais comuns. Será que você está realmente sozinho em casa? O texto de Emily Carroll é poderoso e poético, e suas ilustrações, carregadas de tons sombrios e avermelhados. Seu trabalho elegante evoca o etéreo dos contos dos irmãos Grimm, o extraordinário de Neil Gaiman, o gótico de Edgar Allan Poe e, principalmente, o realismo mágico de Angela Carter. E, assim como os grandes mestres, incita o leitor a enfrentar seus próprios medos e fraquezas. Você também ouviu uma batida à porta? Os medos, aqui, são diversos. Três irmãs que ficam sozinhas em casa e, uma por vez, desaparecem. O fantasma de uma mulher que aguarda vingança. Um homem que sempre viveu à sombra de seu irmão decide assassiná-lo. Uma garota e sua amiga médium exploram a dor e o luto dos outros em um golpe elaborado. E, por fim, uma menina visita seu irmão casado apenas para descobrir um segredo terrível e visceral. O lançamento do selo DarkSide Graphic Novel chega para os darksiders em uma edição de colecionador tão bela que cai perfeitamente bem com uma leitura em voz alta, em uma noite de tempestade repleta de ventos uivantes. Floresta dos Medos é uma compilação de vislumbres, dúvidas e pesadelos. Tudo em suas páginas grita para ficarmos longe, mas, de algum modo assombrosamente delicioso, ficar longe é impossível. A única solução é embarcar nesta jornada conosco. E verdade seja dita: Chapeuzinho Vermelho teve sorte por só ter encontrado o Lobo Mau na floresta. Entre as árvores e clareiras, existe algo muito, muito pior.
  • 370047

    42,92 %

    N - Darkside

    sinopse
    • N. é uma história pesada. Logo no começo, o leitor sabe que o dr. Bonsaint, um psicanalista, se suicidou e que sua irmã tenta entender os motivos que o levaram a essa atitude extrema. Dedicada a explorar os medos, as inseguranças e as obsessões dos personagens, a história avança por meio de documentos e relatos de Bonsaint,bem como das sessões de análise com N., um homem que sofre de grave problema de toc (Transtorno Obsessivo-Compulsivo) e não consegue parar de procurar padrões em tudo que cruza o seu caminho.Aos poucos, os leitores vão se familiarizando com as origens do problema de Bonsaint e de N., conforme a obsessão do protagonista por uma formação de pedras no estilo de Stonehenge se aprofunda e o leva a um misterioso caminho sem volta. De forte e clara referência à atmosfera lovecraftiana, o conto é, segundo o próprio Stephen King, inspirado na novela O Grande Deus Pan, do escritor galês Arthur Machen (1863-1947). Em uma espiral de ação psicológica que desafia a própria razão, o roteiro de Marc Guggenheim (que já escreveu X-Men, filmes, games e séries de tv) adapta a atmosfera sombria do conto de King, enquanto a arte de Alex Maleev (Demolidor e Mulher-Aranha) incorpora as misteriosas palavras do rei do terror.
  • 393244

    14,99 %

    Mundo Invisivel Entre Nos, O - Darkside

    sinopse
    • O Mundo Invisível Entre Nós se descortina a cada página, com uma atmosfera única e distorcida. São contos de vida e morte, horror, sofrimento, que ostentam uma beleza perturbadora e peculiar. Um passeio pelos cenários obscuros de Kiernan, uma viagem tão íntima que é como se ela mesma estivesse nos guiando com uma lanterna na mão rumo ao desconhecido. O mais novo lançamento da linha DarkLove convida você a abrir o coração para novas histórias. Caitlín R. Kiernan é uma das vozes mais poderosas da nossa geração e fez da DarkSide® Books a sua casa ? o seu mundo. E é com muita sensibilidade e força narrativa que Kiernan convida os leitores para uma experiência verdadeiramente transformadora.
  • 402909

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Principe E A Costureira, O - Darkside

    sinopse
    • Um príncipe que gosta de usar vestidos. Uma costureira que sonha em fazer suas próprias criações e ter seu talento reconhecido. Um conto de fadas apaixonante para guardar no coração. É com o peito cheio de afeto e orgulho que a DarkSide® Books anuncia o lançamento de O Príncipe e a Costureira, de Jen Wang, obra vencedora do Eisner Award em 2019 nas categorias de melhor publicação juvenil e melhor roteirista/desenhista, além dos prêmios de melhor álbum juvenil em Angoulême 2018, e de melhor livro juvenil no Harvey 2018. Sebastian é o príncipe herdeiro da Bélgica. Ele está em busca de uma esposa ? ou melhor, seus pais estão cuidando disso para ele. Sebastian, na verdade, está mais ocupado escondendo seu segredo de todos: à noite, ele coloca vestidos ousados e sai pelas ruas de Paris como a fabulosa Lady Crystallia, o ícone fashion da capital da moda. Tal façanha é graças ao belíssimo trabalho de Frances, sua melhor amiga e costureira, e uma das duas únicas pessoas que sabem a verdade. Mas Frances sonha com a grandeza e o reconhecimento, e fazer os vestidos de Lady Crystallia significa viver à sombra de um segredo para sempre? O Príncipe e a Costureira é uma história delicada e sensível. Com um traço exuberante e extremamente colorido, Jen Wang dá vida a uma dupla de adolescentes que quer viver a vida ao máximo e aproveitar cada oportunidade, e que encontra apoio um no outro em seus respectivos desafios. Além de apresentar a trajetória de Frances enquanto ela constrói sua carreira como costureira e se depara com alguns percalços na busca pelo caminho certo, Wang narra a história de um menino que por vezes se sente mais como ele mesmo usando vestidos. O Príncipe e a Costureira é uma história sobre identidade e aceitação, sobre uma amizade que acolhe e respeita sem ressalvas, e que mostra como o amor e respeito ao próximo têm muito mais força do que a intolerância. O quadrinho é mais um lançamento do selo DarkSide® Graphic Novel e chega para os leitores em um padrão de qualidade digno da realeza. Um conto de fadas para qualquer idade ? e que, assim como Lady Crystallia encantou os parisienses durante seus passeios noturnos, também vai roubar seu coração.
  • 384808

    35,77 %

    Tokyo Ghost - Darkside

    sinopse
    • Ilhas de Los Angeles, 2089. O planeta foi tomado pelos oceanos, mas a água é tão poluída que dissolve a pele. A humanidade está viciada em tecnologia em níveis inimagináveis, mesmo para os tempos em que vivemos hoje. A grande maioria, desempregada e famélica, vive em busca da alienação e um pouco de paz que o ?barato? digital proporciona. Mesmo que para isso os tecnoiados precisem roubar e matar. Todo mundo anda ocupado em evitar a realidade, enfurnado nos antros do ópio eletrônico, cujo monopólio está nas mãos de gângsteres comandados pelo famigerado Flak. E como em todo comércio que envolve viciados, os problemas não são poucos. Para enquadrar os tecnoiados, cobrar dívidas e eliminar aqueles que incomodam além da conta, Flak e seus adeptos recorrem à dupla de delegados Led Dent e Debbie Decay, assassinos cruéis. Debbie, porém, nunca se rendeu ao vício digital, exceção das exceções, uma autêntica zero-tec. A dupla está prestes a cumprir uma missão longe da miserável Los Angeles. O objetivo: derrubar o último país que ainda não se rendeu ao mundo uberconectado, os Jardins Verdejantes de Tóquio. Muitos podem achar irônico ver um dos países mais tecnológicos ser transformado em bastião ecológico, mas não custa lembrar da milenar tradição de sua cultura, imersa na ética e na sabedoria dos samurais, que se faz presente e tem papel fundamental no enredo. Escrito pelo aclamado roteirista Rick Remender (Deadly Class, X-Force, Fabulosos Vingadores, Venom, Capitão América), com arte magistral de Sean Murphy (Batman, Hellblazer, Vampiro Americano) e cores de Matt Hollingsworth (Wytches, Preacher, Demolidor, Hellboy), Tokyo Ghost é uma ficção científica distópica repleta de ação, com influências que começam em Blade Runner e William Gibson, passam por artistas futuristas dos anos 1970 e 1980 e chegam a Akira, além de mangás que evocam a cultura dos samurais. Dando sequência à parceria com a editora norte-americana Image ? que teve início com a publicação de Wytches, de Scott Snyder e Jock ?, a nova graphic novel da DarkSide® Graphic Novel, selo de quadrinhos da editora DarkSide® Books, faz comentários políticos nada animadores sobre o mundo que estamos construindo, cada vez mais idiotizado e mediado pela tecnologia. Além disso, traz uma história de amor e ? por que não? ? uma gota de esperança neste oceano sombrio que atravessamos atualmente. Tokyo Ghost foi serializada entre 2015 e 2016 em dez edições nos eua e agora ganha uma edição completa e definitiva com capa dura especial, além de extras como layouts de capas alternativas, estudos de personagem e trechos do roteiro. Um material completo, de fã para fã, como só a DarkSide® Books sabe publicar. Preparado para se conectar?
  • 381183

    15,01 %

    Medo Imortal - Darkside

    sinopse
    • O ano é 1897. Estamos nas vésperas da celebração dos oitenta anos de publicação da primeiríssima edição de Frankenstein, ou o Prometeu Moderno, escrito por Mary Shelley. Naquele mesmo ano, outro inglês, H.G. Wells, lança em forma de livro O Homem Invisível e publica os capítulos iniciais de A Guerra dos Mundos em revistas da Inglaterra e dos EUA. Já o irlandês chamado Bram Stoker coloca nas livrarias o livro que viria a mudar sua vida e a história da literatura: Drácula. Do outro lado do oceano, nos Estados Unidos, um garoto de apenas sete anos acabou de escrever seu primeiro conto, que levou o nome de ?The Noble Eavesdropper?. H.P. Lovecraft é este escritor americano precoce. Mais ao sul do continente americano, no Brasil, naquele marcante ano de 1897, quarenta intelectuais se reúnem para fundar a Academia Brasileira de Letras (abl), inspirados em um modelo de agremiação de escritores já existente na França desde 1635. Cada um daqueles fundadores escolhe um patrono para nomear a cadeira que vai ocupar, e eles passam a chamar a si mesmos de imortais. A antologia Medo Imortal, mais nova integrante da coleção Medo Clássico da Darkside® Books, vem a público para mostrar que existe mais em comum entre os fatos dos dois parágrafos anteriores do que pode aparentar à primeira vista. Liderados por nosso maior escritor, Machado de Assis, aqueles intelectuais brasileiros são pessoas de seu tempo, conectados com o que estava sendo produzido nos grandes centros culturais do mundo em sua época. Nas páginas de Medo Imortal estão reunidos, além de poesias, 32 exemplares da prosa de escritores diretamente ligados à nossa principal instituição dedicada à literatura. São contos que evocam o sobrenatural, apresentam monstros, descrevem atos de psicopatas, dão o testemunho de todo tipo imaginável de atrocidades concebidas pela mente humana. Produzidos entre a segunda metade do século xix e a primeira metade do século xx, tais textos representam o que de melhor se escreveu nos primeiros cem anos de produção do terror em nosso país. Organizado pelo jornalista Romeu Martins, a lista de autores para o livro contou com a colaboração de estudos realizados pelos maiores pesquisadores do terror e do insólito das principais universidades brasileiras. São ao todo treze autores, escolhidos entre os patronos, os fundadores e os primeiros eleitos para ocupar os salões da Academia Brasileira de Letras. Entre eles, a Darkside® Books aproveitou a oportunidade de reparar uma injustiça histórica cometida naquele ano de 1897 e traz também contos da escritora Júlia Lopes de Almeida, importante nome de nossa literatura que participou das reuniões para a fundação da Academia mas que na última hora acabou sendo barrada por ser mulher em uma instituição que em seus primeiros oitenta anos só aceitou a presença de homens.
  • 380782

    50,1 %

    Zathura - Darkside

    sinopse
    • Queridos leitores, estamos prestes a embarcar nas jornadas mais extraordinárias e estranhas de nossas vidas. Mexam seus peões e leiam as instruções com cuidado. Tirando dados iguais, a rodada se repete. O primeiro a chegar ao final é o vencedor. Mas atenção: é preciso começar o jogo querendo terminar... Na última página de Jumanji, livro vencedor da Medalha Caldecott, vemos Danny Budwing correndo para casa com a caixa de um jogo embaixo do braço. Agora, vinte anos depois, Chris Van Allsburg pode revelar o que acontece quando Danny e seu irmão jogam os dados. Desta vez, o nome do jogo é Zathura, e Walter e Danny, que estão sempre brigando, precisam trabalhar em equipe para concluir a partida. Apenas a mente e a mão de Chris Van Allsburg poderiam criar um mundo tão fantástico, onde as variações de tempo, espaço e perspectiva conduzem o leitor em uma jornada única. Entre chuvas de meteoros, buracos negros e muitos animais selvagens, ele conta uma das histórias mais criativas de todos os tempos, e que se tornou um verdadeiro marco na literatura infantil.
  • 337471

    15,01 %

    Fragmentos Do Horror - Darkside

    sinopse
    • Mestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim - ou quem sabe até por isso mesmo - belo. Se você tem coragem (e estômago), não pode perder "Fragmentos do Horror", primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide Books. Fragmentos do Horror" é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Ito-san oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado! Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror. Fragmentos do Horror" faz parte da nova coleção DarkSide Graphic Novel Tokyo Terror e, como todos os títulos da Caveirinha, vem numa caprichosa edição em capa dura. A tradução foi feita diretamente do japonês e a publicação segue a orientação original, da direita para a esquerda - como tem que ser.
  • 308455

    15,01 %

    Confissoes Do Crematorio - Darkside

    sinopse
    • Um livro para quem planeja morrer um dia. "Uma menina nunca esquece seu primeiro cadáver." - Caitlin Doughty É a única certeza da vida. Então, por que evitamos tanto falar sobre ela? A morte é inevitável, sentimos muito. Mas pelo menos, como descobriu Caitlin Doughty, ficar a sete palmos do chão ainda é uma opção. Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia a dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos históricos, mitológicos e filosóficos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, Caitlin Doughty desmistifica a morte para si e para seus leitores. O livro de Caitlin - criadora da websérie Ask a Mortician e da - levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira honesta, inteligente e despretensiosa - exatamente como deve ser. Como a autora ressalta na nota que abre o livro, "a ignorância não é uma benção, é apenas uma forma profunda de terror". Caitlin Doughty é agente funerária, escritora e mantém um canal no YouTube onde fala com bom humor sobre a morte e as práticas da indústria funerária. É criadora da websérie Ask a Mortician, fundadora do grupo The Order of the Good Death (que une profissionais, acadêmicos e artistas para falar sobre a mortalidade) e também autora de Confissões do Crematório. Saiba mais em orderofthegooddeath.com.
  • 379829

    +VENDIDOS

    53,93 %

    Pequenas Realidades - Darkside

    sinopse
    • Se tem uma história que todo fã de terror já ouviu é como Carrie, a Estranha ? livro de estreia de Stephen King, que deu um novo fôlego à literatura de suspense ao ser publicado, em 1974 ? foi recuperado de uma lata de lixo. O que talvez nem todos saibam é que a pessoa responsável por salvar o livro de seu destino cruel foi Tabitha King, a mais nova Dama do Terror da DarkSide® Books. Ela encontrou algumas páginas amassadas, leu tudo e pediu para que ele continuasse. Não restam dúvidas: Tabitha King tem olho para boas histórias. E chegou a vez dos darksiders conhecerem os universos que habitam a mente desta grande escritora. Preparar uma edição à altura da dama Tabitha King está nos planos da Caveira desde os primórdios do nosso império do terror. Mas cada acontecimento especial tem sua hora para chegar. E este sonho virou realidade. Publicado no Brasil na década de 1980 em uma coleção de terror e fantasia, Pequenas Realidades viveu mais de trinta anos em sebos e prateleiras empoeiradas. Carregado de sutilezas, bizarrices e ferocidade, o livro carrega em seu cerne uma fascinação que fez parte de infância de muita gente: miniaturas. Casas, móveis... e, por que não?, pessoas. Neste livro, conhecemos a socialite Dorothy Hardesty Douglas, filha de um antigo presidente norte-americano, que vive na redoma de seu legado de sucesso. Entusiasta de miniaturas, ela possui uma réplica da Casa Branca, perfeita em seus mínimos detalhes. Ao conhecer um homem chamado Roger Tinker, que trabalhou para o governo em um projeto secreto, ela descobre uma maneira fantástica ? e um tanto perturbadora ? de decorar sua casinha. Em uma trama que envolve relações familiares problemáticas e o mundo estranho e obsessivo das miniaturas, Tabitha King conduz o leitor por uma história grotesca e disfuncional. Não sabemos para onde os personagens vão nos levar com seus atos extremos, e a sensação fascina e aterroriza na mesma medida. Tabitha King é uma autora interessada no psicológico de seus personagens ? e mostra os contornos mais sombrios que podem habitar a mente de todos nós. No mês em que completa setenta anos, a voz cativante e original de Tabitha King chega para fortalecer ainda mais a linha DarkLove, que publica autoras poderosas e cheias de atitude. Depois de devorar Pequenas Realidades, você nunca mais vai olhar para casinhas de boneca do mesmo jeito.
  • 402903

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Separados - Darkside

    sinopse
    • A VIDA NA ESTRADA, SUAS PROMESSAS E SEUS PIORES PESADELOS Aos 12 anos, Jack Garron foge de casa para procurar pelo pai biológico, um menestrel rebelde que o abandonou logo após o nascimento. Junto de Sam, que conhece no mesmo trem em que subiu ilegalmente para fugir da pequena Jamestown, rumam para Chicago. O ano é 1916, mesma época em que um homem assombra as estradas; um homem de dentes afiados e muita fome, que atravessa o caminho da dupla. Anos antes de assustar os leitores ao lado de Jock com Wytches (DarkSide® Books, 2017), o premiado escritor Scott Snyder (Batman, Vampiro Americano) desbravou o universo do horror com Separados, publicado originalmente pela Image Comics em 2013. Em trabalho com o corroteirista Scott Tufts (Monstro do Pântano) e a arte de Attila Futaki (da adaptação de Percy Jackson para os quadrinhos), o trio mergulhou nos Estados Unidos da década de 1910, quando o país começava a acelerar a industrialização, mas ainda era, em grande parte, rural, distante e indomável. Um excelente cenário para uma história em quadrinhos de horror. O roteiro de Snyder e Tufts consegue recriar a atmosfera da América de um século atrás, um país difícil de reconhecer quando olhamos para o país de hoje. Naquela época, a agitação cada vez maior nas ruas das cidades contrastava à aparente paz e beleza de um país continental que parecia intocado pelo progresso. A arte detalhista de Futaki nos leva a passear nessa América profunda, sombria e perdida a cada página. O seu uso dos jogos de luz e sombra produz uma crescente tensão visual, deixando o clima de suspense tomar o leitor. O antagonista da história, esse homem que assombra as estradas, é uma figura recorrente das histórias norte-americanas de horror daquela época. Aqui, nos deparamos com alguém de sede de sangue insaciável, ao mesmo tempo em que parece atravessar os séculos em busca das vítimas. Singular, Separados nos revela como as promessas do sonho americano podem rapidamente se transformar em um pesadelo que nos entrega tudo aquilo que não gostaríamos de enfrentar.
  • 402175

    NOVIDADE

    PRÉ-VENDA

    14,99 %

    Psicopata Americano - Darkside

    sinopse
    • Patrick Bateman é um sujeito invejável. Jovem, bonito, bem nascido e bem educado, ele trabalha em um conhecido banco de investimentos em Wall Street, enquanto passa as noites entre jantares, boates e festa particulares, regadas a muito álcool, cocaína e outros aditivos, um retrato fiel da vida noturna de Nova York no final dos anos 1980. Bateman, porém, tem alguns segredos bem guardados. Por trás da fachada de normalidade, possui o instinto de um serial killer, com toda a torpeza, degradação, asco e repulsa que um psicopata consegue provocar. Formado em Exeter e Harvard, Bateman também é gourmand, entusiasta do bronzeamento artificial e de infindáveis tratamentos estéticos, implacável crítico de moda e consumidor ávido das últimas traquitanas tecnológicas de então, como aparelhos de som 3x1 e videocassete. Mora em um luxuoso apartamento no Upper West Side, em Manhattan e é vizinho do astro de Top Gun, Tom Cruise. No romance, acompanhamos os dias e noites de Bateman, que seriam banais, não fossem os crimes abjetos e sem razão aparente que ele comete e de maneira que não conseguimos compreender. Sem remorso. Sem piedade. Contra mulheres. Contra mendigos. Contra músicos de ruas. Contra colegas. Contra crianças. Expressando seu verdadeiro eu através da tortura e do assassinato, Bateman prefigura um horror apocalíptico que nenhuma sociedade suportaria encarar de frente. Uma violência represada, escondida, inaudita, porém insistentemente presente na sociedade norte-americana, como o autor sugere ao descrever o programa de TV favorito do protagonista, The Patty Winters Show, que apresenta trivialidades (como dicas de beleza da princesa Diana), sensacionalismo (?Adolescentes que trocam sexo por crack?) e horror real (assassinos de crianças e neonazistas). Considerado hoje um clássico moderno da literatura norte-americana, Psicopata Americano inaugura o selo Crime Scene® Fiction na DarkSide® Books. O novo selo vai apresentar o melhor da ficção relacionada ao tema, com o mesmo cuidado da Crime Scene® , a linha editorial dedicada histórias e crimes reais. Mas o histórico do livro é controverso: a editora Simon & Schuster desistiu de publicar a obra no final de 1990, um mês antes de sua chegada às livrarias, mencionado sua brutalidade e violência. O livro chegou a ser publicado no início de 1991 pela editora Vintage, tornando-se um best-seller instantâneo e infame. Seu autor Bret Easton Ellis recebeu ameaças de morte. A turnê de lançamento foi cancelada. Organizações feministas defenderam o boicote à obra pela misoginia e violência contra mulheres. Livrarias se recusaram a vender a obra. O que teria causado tal reação? Bret Easton Ellis conseguiu produzir um relato cáustico e uma crítica mordaz sobre a banalidade da violência, o consumismo supérfluo e exibicionista e o vazio da geração de yuppies que viveu sua juventude na década de 1980, discutindo combinações de roupas e outras futilidades diante de drinques e pratos exóticos e esdrúxulos em caríssimos e
  • 393201

    14,99 %

    Silvestre - Darkside

    sinopse
    • Em 1845 o escritor norte-americano Henry David Thoreau retirou-se para a floresta, onde ergueu, com as próprias mãos, sua nova casa e a mobília, com o intuito de viver com o mínimo necessário e em total contato com a natureza. O que o moveu foi a necessidade de procurar entender as mudanças pela qual a sociedade da época passava, bem como investigar as necessidades essenciais da vida. Não se isolou, porém, da sociedade. Recebia visitas enquanto passava dois anos em contato absoluto com a natureza e seus livros, refletindo sobre a liberdade e a existência, que começava a assumir um ritmo acelerado nas cidades com a industrialização e urbanização crescentes. O resultado desta experiência social e espiritual a partir da autossuficiência tornou-se público com Walden, ou A Vida nos Bosques, manifesto poético que o autor publicou em 1854. Em 2019, Wagner Willian, premiado autor de obras magistrais como Bulldogma, Martírio de Joana Dark Side e O Maestro, o Cuco e a Lenda deixou a casa de Thoreau com novas considerações. Entrando para o time de grandes autores da DarkSide® Books, o quadrinista brasileiro entrega aos leitores uma obra de arte imersiva e reflexiva, ao mesmo tempo orgânica e visceral. Em Silvestre, acompanhamos a jornada de um velho caçador que atravessa e dialoga com lendas sobre divindades extintas, mergulhando na relação entre o homem e a natureza, e o respeito sobre o que a terra pode nos dar e o que somos capazes de oferecer. No isolamento de sua cabana, ele assa uma torta. Seu aroma cruza a memória, as paredes, a floresta, atraindo animais silvestres e criaturas fantásticas em um grande resgate ao convívio humano, digno de uma celebração selvagem e ritualística ?Quando voltei a seguir este raro animal, a maneira como o concebia havia mudado, o mundo a minha volta também. Foi preciso encarar sua narrativa como um caderno de viagens ou sketchbook para gravar seu rastro e a animalidade em volta sem perdê-los de vista, usando do lápis, do nanquim, do óleo, do óxido de ferro, o diabo que fosse, para tentar compreender sua forma?, explica Willian.Silvestre, lançamento da DarkSide® Books em seu selo DarkSide® Graphic Novel ? inteiramente dedicado ao melhor da arte sequencial ?, chega para os leitores em dezembro com quase duzentas páginas em capa dura, luva e aquele acabamento especial que os amantes da nona arte já conhecem e admiram. A DarkSide® Graphic Novel é uma expansão do universo fantástico e sombrio da editora, lar de Danilo Beyruth, autor de Samurai Shirô, Wesley Rodrigues, criador de Imaginário Coletivo, Pablo Auladell, Dave McKean, Loputyn, Emily Carroll, Charles Burns, entre outros. Se você é apaixonado por histórias em quadrinhos, prepare-se para se surpreender novamente ? quem aposta no escuro com a DarkSide® costuma virar fã.
  • 386095

    15,01 %

    Ghost Story - Darkside

    sinopse
    • Na pacata cidadezinha de Milburn, nos Estados Unidos, a Sociedade Chowder ? formada por um grupo de quatro velhos amigos ? se reúne todo mês para contar histórias em encontros regados a bebidas e charutos. Algumas são verdadeiras, outras inventadas... mas todas elas têm algo em comum: são terrivelmente assustadoras. Um passatempo simples para conferir um pouco de diversão a suas vidas monótonas. Mas uma história chega para mostrar suas garras no presente e assombrá-los. Algo que eles fizeram muito tempo atrás. Um erro grotesco. Um acidente terrível. Agora, pesadelos fazem com que eles inevitavelmente sejam atraídos pelo sobrenatural. E não demora muito para que eles percebam que ninguém pode enterrar o passado para sempre? Há quase sete anos, os fãs do terror encontraram na DarkSide® um lar. Ou, bem, uma mansão assombrada. Desde então, a Caveira republicou clássicos, revelou novos talentos e fez muita gente se revirar na cama com pesadelos. Os nomes mais assustadores da literatura entraram para a família: Clive Barker, William Hjortsberg, Stephen King, William Peter Blatty? E, agora, Peter Straub. É com o coração assombrado por fantasmas que a DarkSide® apresenta o clássico Ghost Story, uma das histórias sobrenaturais mais surpreendentes já escritas ? e uma das mais aguardadas pelos leitores que caminham de mãos dadas com a Caveira desde o início. Em Ghost Story, Straub mostra seu talento ao apresentar cada membro da Sociedade Chowder para o leitor, ao mesmo tempo em que estabelece a atmosfera da cidadezinha fictícia e os acontecimentos sobrenaturais. Uma leitura compassada, que se esgueira para os cantos mais sombrios da mente, para nunca mais sair. Straub mexe profundamente com a cabeça do leitor em um terror psicológico que aborda arrependimentos, vinganças, amizades que se desmancham e histórias mal-resolvidas ? mas também faz o sangue congelar ao colocar olhos amarelos à espreita e crianças estranhas olhando pela janela. Fantasmas são manifestações reais ou meros ecos do passado? Só lendo para descobrir. Peter Straub se tornou um dos autores de horror mais prolíficos e aclamados de todos os tempos, com inúmeros romances, contos, poemas e novelas publicadas. Entre os leitores notáveis de seu trabalho encontra-se Stephen King, também amigo pessoal e parceiro criativo em obras como O Talismã e A Casa Negra. Ghost Story chega para os leitores no timing perfeito para virar a leitura favorita de Halloween. O padrão de qualidade é o que você já conhece: uma edição de colecionador, feita de fã para fã, para assombração nenhuma colocar defeito. Preparado para encarar os fantasmas desta história?
  • 380783

    50,1 %

    Jumanji - Darkside

    sinopse
    • Queridos leitores, estamos prestes a embarcar nas jornadas mais extraordinárias e estranhas de nossas vidas. Mexam seus peões e leiam as instruções com cuidado. Tirando dados iguais, a rodada se repete. O primeiro a chegar ao final é o vencedor. Mas atenção: é preciso começar o jogo querendo terminar...Queridos leitores, estamos prestes a embarcar nas jornadas mais extraordinárias e estranhas de nossas vidas. Mexam seus peões e leiam as instruções com cuidado. Tirando dados iguais, a rodada se repete. O primeiro a chegar ao final é o vencedor. Mas atenção: é preciso começar o jogo querendo terminar... Jumanji conta a história de Peter e Judy, que encontraram um misterioso jogo de tabuleiro cujas instruções avisam: a partida deve ir até o final ou durará para sempre. Nem nos sonhos mais desvairados eles imaginavam que um jogo aparentemente simples viraria realidade, nem que levaria à aventura mais espantosa de suas vidas. Apenas a mente e a mão de Chris Van Allsburg poderiam criar um mundo tão fantástico, onde as variações de tempo, espaço e perspectiva conduzem o leitor em uma jornada única. Entre chuvas de meteoros, buracos negros e muitos animais selvagens, ele conta uma das histórias mais criativas de todos os tempos, e que se tornou um verdadeiro marco na literatura infantil.
  • 375500

    50,1 %

    Big Baby - Darkside

    sinopse
    • Big Babyreúne quatro histórias do personagem título, apelido de Tony Delmonte, um fã dos clássicos quadrinhos de terror, revistinhas pulp e filmes B e um típico jovem dos subúrbios norte-americanos dos anos 1980. As quatro histórias ? escritas e desenhadas entre 1983 e 1992 e publicadas na revista RAW, de Art Spiegelman (autor de Maus) e Françoise Molly, em jornais semanais de forma serializada e mais tarde em livro pela Kitchen Sink Press ? foram reunidas pela primeira vez em livro pela editora norte-americana Fantagraphics em 1999 e, finalmente, chegam ao Brasil. Em ?A Maldição dos Toupeiros?, Big Baby e sua curiosidade infantil são o ponto de partida para uma história que envolve um marido desconfiado de sua fiel esposa e homens toupeira que mantêm pessoas em cativeiro em uma prisão subterrânea no quintal do vizinho. ?Peste Juvenil? poder ser lido como preâmbulo a Black Hole e seus jovens infectados, em um mundo às voltas com possíveis seres bizarros e alienígenas. ?Clube de Sangue? se passa em um acampamento de verão, cenário perfeito e usual para histórias de fantasma e intrigas entre os adolescentes que precisam provar estarem aptos a entrarem para o clube. Como em seus melhores momentos, Burns investiga os dramas, as dores e as delícias do amadurecimento e da aceitação em um dos períodos mais conturbados na vida de qualquer pessoa. A precisão cirúrgica do traço de Burns acrescenta uma frieza sinistra ao seu peculiar senso de humor. Junto à sua ligação afetiva com a cultura do horror em voga nos anos 1950 e 1960, algo constante em sua obra, produz em Big Baby mais uma narrativa brilhante que captura de maneira magistral o desconforto e o medo da adolescência no final do século XX.

Produtos encontrados: 86 Resultado da Pesquisa por: darkside em 10 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar