Produtos encontrados: 672 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 458885

    PRÉ-VENDA

    O Homem Pré-histórico Também É Mulher

    sinopse
    • ?Não! As mulheres pré-históricas não passavam o tempo varrendo a caverna! E se elas também tiverem pintado Lascaux, caçado bisões, talhado ferramentas e protagonizado a origem das inovações e dos avanços sociais?? Com essa provocação, a proeminente arqueóloga e pré-historiadora francesa Marylène Patou-Mathis começa este minucioso livro sobre arqueologia de gênero. O imaginário sociocultural forjou a ideia de que, na pré-história, as mulheres eram coletoras delicadas e vulneráveis, restritas ao espaço doméstico e familiar. É comum também serem retratadas sendo arrastadas pelo cabelo por homens portando um tacape, levadas como troféus de caça. Patou-Mathis revela uma mulher pré-histórica além dessas representaçõesrepetidas à exaustão desde os primeiros historiadores e arqueólogos, todos eles homens, até a atualidade. Essas imagens ? um reflexo dos valores sociais, ainda patriarcais e burgueses ? estão sendo corrigidas por mulheres que apenas recentemente tomaram espaço na Academia e nos laboratórios. Elas vêm causando revoluções no nosso modo de compreender esse período vivido pela humanidade, como a comprovação da existência de guerreiras vikingse a valorização da figura da coletora como essencial para o desenvolvimento civilizatório. O homem pré-histórico também é mulher: uma história da invisibilidade das mulheres corrige um mal-entendido secular, pois não só dá voz a nossas ancestrais ? tantas vezes caladas ?, mas também reconstitui sua dignidade, com argumentos sólidos e embasados nas pesquisas mais recentes da arqueologia e da pré-história. Esta edição brasileira apresenta ainda prefácio da historiadora social Giovana Xavier e posfácio da jornalista e ativista Renata Tupinambá, que expandem o significado do livro, comentando-o a partir de uma visão negra, indígena e latino-americana. ?Marylène Patou-Mathis traz boas notícias que fornecem nova munição para a luta contra argumentos naturalistas.? -Elle
  • 457171

    20,03 %

    As Mulheres Do Dia D

    sinopse
    • "Um relato dramático sobre a atuação heróica de um grupo de espiãs que ajudou a pavimentar a vitória dos Aliados durante a Segunda Guerra Mundial. ""Uma trama envolvente, escrita como um verdadeiro suspense. Com base em uma vasta pesquisa, Sarah reconstrói uma saga de perseverança e surpreendente heroísmo."" ? Publishers weekly ?Uma obra inspiradora, de empoderamento. Nunca li um livro como este. Se você acha que não gosta de não ficção, leia este livro para mudar sua opinião.? ? Sarah J. Maas, autora da série Trono de Vidro ?Um livro fascinante. Espiões, romance, agentes da Gestapo, explosões de trens, coragem e traições... E a história é toda verídica.? ? Erik Larson, autor de No jardim das feras Em 1942, os Aliados estavam perdendo a guerra e a Alemanha parecia invencível. A inteligência britânica tinha espiões treinados em todo tipo de serviço, mas percebeu que, para vencer, era necessário tomar uma medida sem precedentes: recrutar agentes do sexo feminino. Trinta e nove mulheres responderam ao chamado, deixando suas vidas para se tornarem sabotadoras na França. Neste livro, Sarah Rose se valeu de diários, relatos orais e diversos documentos para contar a história de três dessas notáveis mulheres: Andrée Borrel, uma parisiense briguenta que explodiu linhas de energia com os alemães em seu encalço, Odette Samson, uma mãe presa a um casamento infeliz, ávida por viver uma aventura extraordinária, e Lise de Baissac, membro da alta sociedade francesa, uma líder nata. Juntas, elas destruíram linhas de trem, emboscaram nazistas, tramaram fugas de prisioneiros e reuniram informações cruciais de inteligência, preparando o terreno para o Dia D, o ponto de virada da guerra. Com uma linguagem afiada, Sarah Rose reconstitui rigorosamente esta história inspiradora ? um lembrete do que a coragem de mulheres engajadas pode alcançar quando os riscos são incalculáveis."
  • 446828

    25,02 %

    Guinness World Records 2022

    sinopse
    • Com um design inédito, a nova edição do Guinness World Records apresenta um fascinante retrato dos feitos mais fantásticos do último ano. Dessa vez voltado para questões ambientais, o livro explora o que está acontecendo com os ecossistemas do planeta e até onde as pessoas estão indo para fazer a diferença. Apesar das dificuldades de 2020, os pesquisadores do Guinness World Records continuaram a receber e analisar milhares de inscrições por mês. Espere uma mistura única de seres humanos extraordinários, animais talentosos, veículos incríveis e atletas impressionantes. Nas páginas dessa coletânea de recordes fantástica você encontrará: Campeões do meio-ambiente: os ecoguerreiros lutando para fazer do nosso planeta um lugar melhor. Maravilhas da natureza: desde as criaturas mais inteligentes até as plantas mais mortíferas. Os mais altos e os mais baixos: nossos olheiros de recordes observaram o pior e o melhor do ser humano. Ícones da cultura pop: os mais bem-sucedidos videogames, franquias cinematográficas, jogos e marcas. Jovens talentos: conheça influenciadores, empreendedores e artistas sub-16 que estão no caminho certo para mudar o mundo. Heróis do esporte: as maiores conquistas esportivas do ano junto com os melhores atletas de todos os tempos. E MUITO MAIS! Fique de olho nos conteúdos extras, incluindo: dinossauros de realidade aumentada que ganham vida direto das páginas, o Hall da Fama do Guinness World Records, com Sir David Attenborough, a astronauta Peggy Whitson e BTS, a sensação do K-Pop, além de "visitas virtuais" que levam você em uma jornada pelos mais fascinantes museus, parques, atrações turísticas e galerias de arte - tudo isso sem sair de casa!
  • 425295

    18,03 %

    Sapiens - Nova Edicao - Uma Breve Historia Da Humanidade

    sinopse
    • Na nova edição do livro que conquistou milhões de leitores ao redor do mundo, Yuval Noah Harari questiona tudo o que sabemos sobre a trajetória humana no planeta ao explorar quem somos, como chegamos até aqui e por quais caminhos ainda poderemos seguir. O planeta Terra tem cerca de 4,5 bilhões de anos. Numa fração ínfima desse tempo, uma espécie entre incontáveis outras o dominou: nós, humanos. Somos os animais mais evoluídos e mais destrutivos que jamais viveram. Sapiens é a obra-prima de Yuval Noah Harari e o consagrou como um dos pensadores mais brilhantes da atualidade. Num feito surpreendente, que já fez deste livro um clássico contemporâneo, o historiador israelense aplica uma fascinante narrativa histórica a todas as instâncias do percurso humano sobre a Terra. Da Idade da Pedra ao Vale do Silício, temos aqui uma visão ampla e crítica da jornada em que deixamos de ser meros símios para nos tornarmos os governantes do mundo. Harari se vale de uma abordagem multidisciplinar que preenche as lacunas entre história, biologia, filosofia e economia, e, com uma perspectiva macro e micro, analisa não apenas os grandes acontecimentos, mas também as mudanças mais sutis notadas pelos indivíduos. "Interessante e provocador. Nos traz a sensação de quão breve é o tempo em que estamos nesta Terra." - Barack Obama "Recomendo Sapiens a qualquer pessoa que esteja interessada na história e no futuro de nossa espécie." - Bill Gates "Uma incrível investigação para compreender o passado, situar o presente e pensar para onde iremos. Num momento de crise civilizatória, a obra de Harari é um convite à reflexão." - Djamila Ribeiro "Sapiens não só trata das questões mais importantes da história de nossa espécie como é escrito numa linguagem vívida e inesquecível." - Jared Diamond "O livro de Yuval Noah Harari é muito bom. Fui surpreendido por pontos de vista que nunca tinha imaginado." - Leandro Karnal "O modo como Harari narra a história de nós, humanos, e enxerga nosso futuro é arrebatador." - Natalie Portman "Sapiens é uma exploração fascinante sobre como aquilo que nos torna humanos é muito mais do que uma biologia notável: é o mundo mental que construímos em conjunto." - Suzana Herculano-Houzel
  • 395971

    57,93 %

    Livro Dos Humanos, O - Record

    sinopse
    • Em O livro dos humanos, Rutherford analisa as semelhanças e diferenças entre nós e os outros animais quando se trata de código genético, fala, habilidades cognitivas e até o conceito de arrependimento.Com uma abordagem original e bem-humorada a respeito da vida na Terra, Adam Rutherford explora uma série de características outrora consideradas exclusivamente humanas, mas que hoje sabemos que não são: diversos animais confeccionam e utilizam ferramentas para facilitar suas atividades diárias falcões australianos pegam gravetos em chamas de incêndios florestais e os derrubam propositalmente em áreas de grama seca, criando novos focos de fogo que provocam evacuações frenéticas de presas com as quais se banqueteiam golfinhos foram observados adotando hábitos por meio da transmissão cultural o sexo sem fins reprodutivos certamente ocupa uma grande parcela do interesse e do tempo de muitos humanos, mas não nos torna únicos: os bonobos são ainda mais motivados, tendo relações sexuais várias vezes ao dia.
  • 392813

    20,04 %

    Livro Dos Mortos Do Antigo Egito, O - Madras

    sinopse
    • Misterioso, poderoso e comovente, o livro dos mortos do antigo egito é um dos textos mais antigos e mais influentes de toda a história. é composto de uma combinação de orações, feitiços e discursos que os antigos egípcios enterravam com seus mortos, com o objetivo de ajudar os falecidos em sua "jornada" para a vida após a morte. Esta edição contém imagens do requintado papiro de ani - um antigo escriba egípcio - em sua totalidade. Meticulosamente inscrito com hieróglifos e ilustrações dos rituais da vida após a morte, o papiro é mostrado com tradução do aclamado egiptólogo e. A. Wallis budge. O livro dos mortos do antigo egito é o livro da vida. Fala, na verdade, sobre a vida agora, a vida no futuro e a vida eterna. As estradas, os caminhos, os portais, as horas, as leis e os guardiões da vida após a morte aqui são explicados em detalhes. Este é o único registro vivo de um mistério duplo: o mistério da vida e o mistério da morte.
  • 331482

    57,01 %

    Experiencia Nacional - Civilizacao Brasileira

    sinopse
    • A obra que pensa o nacionalismo e suas intrincadas relações com os Estados. O fenômeno nacional é tão presente e generalizado atualmente que muitos o julgam algo natural. Ficamos emocionados ao ouvir o hino do país, o coração bate forte com os gols da seleção e muitos chegam a matar e a morrer em defesa da nação. Este livro, ao analisar tal fenômeno em diferentes países e momentos, procura desnaturalizá-lo, apresentando-o como construção histórica, cultural e política. A experiência nacional reúne 15 historiadores que pensam o nacionalismo e suas intrincadas relações com os Estados, em diferentes momentos ao longo dos séculos XIX e XX em Angola, Portugal; na Alemanha, Argentina, China, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Palestina, Rússia; no Brasil, Canadá; e nos Estados Unidos. Os seguintes autores participam da coletânea: Ágnes Judit Szilágyi, Andrea Marzano, Angelo Segrillo, Emiliano Gastón Sánchez, Eugénia Palieraki, Flávio Limoncic, Francisco Carlos Palomanes Martinho, Francisco Sevillano, Goffredo Adinolfi, Leonardo Schiocchet, Lorenz Bichler, Lucia Lippi Oliveira, Luís Edmundo de Souza Moraes, Marcelo Bittencourt, Michel Bock e Olivier Dard.
  • 315878

    20,03 %

    Homo Deus - Cia Das Letras

    sinopse
    • Neste Homo Deus: uma breve história do amanhã, Yuval Noah Harari, autor do estrondoso best-seller Sapiens: uma breve história da humanidade, volta a combinar ciência, história e filosofia, desta vez para entender quem somos e descobrir para onde vamos. Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens, Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra? A partir de uma visão absolutamente original de nossa história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar o passado de uma maneira inteiramente nova. Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana será também redescobrir quem fomos e quais caminhos tomamos para chegar até aqui.
  • 459762

    PRÉ-VENDA

    Domínio

    sinopse
    • O cristianismo foi o acontecimento mais transformador da história do Ocidente e o legado mais duradouro e influente que o mundo antigo nos deixou. Domínio conta a história de como o cristianismo transformou nosso modo de ser e pensar. Como um culto inspirado na execução de um criminoso num império desaparecido há muito tempo conseguiu ter tanto impacto no mundo? Tom Holland busca responder a essa pergunta em Domínio, ao analisar as correntes de influência cristã mais difundidas no mundo ocidental. Mesmo aqueles que abandonaram a fé de seus pais e que consideram a religião mera superstição continuam seus herdeiros de alguma forma, já que a ética e a moral que temos não são valores universais, mas fruto de uma civilização muito específica.A crença de que o Filho do Deus único dos judeus foi torturado até a morte em uma cruz foi tão duradoura e disseminada que, hoje em dia, quase ninguém no Ocidente percebe o quão escandalosa ela foi em sua origem. Ao traçar uma análise que vai da invasão persa na Grécia em 480 a.C. à atual crise migratória na Europa, de Nabucodonosor aos Beatles, de São Miguel ao movimento #MeToo, Tom Holland mostra como o impacto do cristianismo pode ser encontrado inclusive naquilo que é frequentemente visto como seu oposto: na ciência, no secularismo e até mesmo no ateísmo. Domínio explora aquilo que tornou o cristianismo tão revolucionário e inovador, como ele saturou a mentalidade da cristandade latina, e por que, em um Ocidente que frequentemente duvida de alegações religiosas, tantos de seus pressupostos permanecem ? para o bem e para o mal ? completamente cristãos. ?Uma pesquisa cativante sobre a origem subversiva do Cristianismo e seu impacto duradouro, cheia de representações vívidas, mortes terríveis e debates morais... Holland tem todos os dons de um romancista de sucesso: talento para a narrativa, sensibilidade aguçada para o drama e um ouvido apurado para o ritmo das frases.? - Terry Eagleton, The Guardian
  • 459524

    PRÉ-VENDA

    15,02 %

    Escravidão - Volume 3

    sinopse
    • O tão esperado terceiro e último volume da trilogia Escravidão, de Laurentino Gomes Do autor dos best-sellers 1808, 1822 e 1889 Na tarde em que o príncipe dom Pedro chegou às margens do Ipiranga, em 7 de setembro de 1822, o Brasil estava empanturrado de escravidão. Comprar e vender gente era o maior negócio do novo país independente. Homens e mulheres escravizados perfaziam mais de um terço do total de habitantes, estimado em 4,7 milhões de pessoas. Outro terço era composto por negros forros e mestiços de origem africana ? uma população pobre, analfabeta e carente de tudo, dominada pela minoria branca. Os indígenas, já dizimados por guerras, doenças e invasão de seus territórios, sequer apareciam nas estatísticas. O último livro da trilogia Escravidão é dedicado ao século XIX, à Independência, ao Primeiro e ao Segundo Reinados, ao movimento abolicionista, que resultou na Lei Áurea de 13 de maio de 1888, e ao legado da escravidão, que ainda hoje emperra a caminhada dos brasileiros em direção ao futuro. A escravidão era, na definição de José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência, um cancro que contaminava e roía as entranhadas da sociedade brasileira. Disseminado por todo o território, o escravismo perpassava todas as atividades e todas as classes sociais. Maior território escravista da América em 1822, o Brasil assim se manteria até o final do século XIX, com sua rotina pautada pelo chicote e pela violência contra homens e mulheres escravizados. Nenhum outro assunto é tão importante e tão definidor da nossa identidade nacional quanto a escravidão. Conhecê-lo ajuda a explicar o que fomos no passado, o que somos hoje e também o que seremos daqui para a frente. Em um texto impactante e ricamente ilustrado com imagens e gráficos, Laurentino Gomes lança o terceiro volume de sua obra, resultado de 6 anos de pesquisas, que incluíram viagens por 12 países e 3 continentes.
  • 459242

    PRÉ-VENDA

    A Nação Precisa Acordar

    sinopse
    • Entre 31 de maio e primeiro de junho de 1921, um número ainda hoje desconhecido de moradores negros do próspero distrito de Tulsa foi executado e enterrado em valas comuns por cidadãos brancos. O ataque sem precedentes contra civis negros contou com a conivência da polícia local, ocupada apenas em proteger as casas que faziam parte do cinturão branco nas cercanias do distrito negro de Tulsa. Se isso pode soar desproporcional ao evento, mais ainda foi o seu estopim: a divulgação falaciosa de que um jovem negro havia agredido uma ascensorista branca. Além da chacina, combinou-se o ataque ao patrimônio dos moradores. Casas, empresas e comércios foram pilhados e incendiados e, enquanto os assassinos avançavam sobre a chamada Wall Street negra, mulheres tentavam fugir e eram vistas ?dando à luz antes de chegar a um lugar seguro?, ?hospitais de negros [...] foram incendiados? e aqueles que escaparam da execução sumária foram obrigados a ?marchar com as mãos para cima?, em um franco gesto de humilhação pública. O massacre nunca foi veiculado pela imprensa e, assim como a responsabilização dos agressores, caiu no esquecimento. A fim de recuperar essa memória escondida por cem anos, esta coletânea parte do relato de Mary Parrish e apresenta suas entrevistas com os sobreviventes, bem como o posfácio de sua neta, Anneliese M. Bruner. O livro constitui um esforço para dar visibilidade ao massacre, inserindo-o na história dos Estados Unidos e das relações raciais no globo. Embora sejam atravessados por sua época e pela proximidade do evento, os relatos despertam reflexão sobre acontecimentos recentes no mundo, como a insurgência do movimento Black Lives Matter, a invasão do Capitólio em 2020 e até os episódios sistêmicos de racismo no Brasil. Eles transmitem pontos de vista múltiplos, mas guardam em comum uma premissa que faz do livro um antecedente das lutas pelos direitos civis norte-americanos e um marco na história das ideias: o pensamento radical de que as sociedades democráticas devem garantir a universalização dos direitos civis e que o exercício pleno da cidadania não pode ser mediado pela seletividade racial.
  • 458730

    25,0 %

    Sissi E O Último Brilho De Uma Dinastia

    sinopse
    • Neste livro, que traz informações detalhadas e uma grande variedade de imagens históricas, os escritores e pesquisadores Paulo Rezzutti e Cláudia Thomé Witte guiam o leitor por uma trama real de drama e esplendor, lançando luz sobre os Habsburgos ? cuja história se entrelaça à do Brasil ? e desfazendo mitos sobre sua integrante mais ilustre e cativante.
  • 458584

    20,02 %

    O Livro De Ouro Das Copas - Edição Limitada

    sinopse
    • Quais foram os jogos mais importantes das Copas do Mundo? O que Messi, Maradona, Romário e Roberto Carlos têm em comum? Quem são os grandes reis de Copas? As maiores polêmicas? Os goleiros históricos? E as grandes equipes que nunca ganharam um título? Esses são pequenos aperitivos do que você irá encontrar em ?O Livro de Ouro das Copas?, uma obra que revisita todos os Mundiais desde 1930. O futebol é uma linguagem universal no campo dos esportes. E, nesse contexto, nada é mais arrebatador que a Copa do Mundo. Uma paixão global com mais de 90 anos que já resistiu a dois terremotos, a uma guerra mundial e que faz com que os corações batam mais forte a cada quatro anos.
  • 458142

    Negros Da Terra

    sinopse
    • Uma nova e reveladora abordagem da história do bandeirantismo e da formação de São Paulo, que redimensiona o papel dos povos nativos no sistema produtivo paulista entre os séculos XVI e XVIII. Colocando no centro do palco as populações indígenas e o contato diferenciado que mantinham com colonos e jesuítas, o historiador John Manuel Monteiro reinterpreta criticamente a formação da sociedade paulista. Com uma economia voltada prioritariamente para a arregimentação de mão de obra nativa ? os ?negros da terra? ?, os paulistas tiveram constantemente de redimensionar as suas atividades. Dessa forma, a busca de metais preciosos, a expansão do gado e o contínuo crescimento da produção agrícola vincularam de modo irreversível a formação econômica e social paulista à dizimação das sociedades indígenas e a uma dinâmica interna de cunho eminentemente escravista. Realizado a partir de uma ampla pesquisa documental em arquivos da Europa e do Brasil, este livro é o resultado de mais de uma década de estudos. Sua linguagem fluente e a perspicácia interpretativa do autor recomendam-no a todos aqueles que se interessam pela história social brasileira.
  • 458093

    14,95 %

    Trabalho

    sinopse
    • ?Este livro muda a forma como pensamos sobre o trabalho. Fascinante.? Yuval Noah Harari, autor do best-seller Sapiens Uma revolucionária e nova história da humanidade, apresentada através do prisma do trabalho pelo conceituado antropologista James Suzman. O trabalho define quem somos. Determina nosso status e nos dita como, onde e com quem gastamos a maior parte do nosso tempo. Faz a mediação da nossa autoavaliação e molda nossos valores. Mas somos tão intimamente conectados ao trabalho quanto pensamos? Nossos ancestrais na Idade da Pedra também viviam para trabalhar e trabalhavam para viver? E como seria um mundo no qual o trabalho tivesse um papel menos importante? Para responder essas questões, James Suzman traça uma ampla história do ?trabalho?, das origens da vida na Terra até nosso presente cada vez mais automatizado, desafiando alguns dos nossos mais fortes pressupostos sobre quem somos. Trazendo conceitos da antropologia, arqueologia, biologia evolucionária, zoologia, física e economia, ele mostra que enquanto evoluímos para encontrar diversão e propósito no trabalho, durante a maior parte da história humana nossos ancestrais trabalharam muito menos e pensavam de modo bem diferente sobre trabalho em relação ao que trabalhamos e pensamos hoje. Ele demonstra como nossa cultura do trabalho tem raízes na revolução agrícola, ocorrida há 10 mil anos. Nossa ideia do que é ser humano foi transformada pela transição do forrageamento para a produção de comida e, posteriormente, pela nossa migração para as cidades. Desde então, nossas relações uns com os outros e com nossos ambientes, e até mesmo com nossa percepção de passagem do tempo, não têm mais sido as mesmas. Argumentando que estamos atualmente em um ponto de transformação similar na história, Suzman mostra como a automação pode revolucionar nossa relação com trabalho e, dessa forma, abrir as portas para um futuro mais sustentável e igualitário, para o mundo e para nós mesmos.
  • 458079

    PRÉ-VENDA

    Origens Do Drama Clássico Na Grécia Antiga

    sinopse
    • O autor investiga as origens do drama antigo na Grécia. Partindo de considerações sobre um corpus de fragmentos poéticos e dos principais testemunhos relevantes para o momento constitutivo dos gêneros dramáticos antigos ? testemunhos tanto históricos e filosóficos quanto epigráficos e pictóricos -, a investigação constitui-se ela própria numa teoria original sobre as origens do drama antigo, na medida em que se posiciona de forma crítica com relação a esses dados da tradição, propondo uma compreensão abrangente e complexa do que fundamenta a constituição gradual dos gêneros dramáticos no período histórico em questão.
  • 458068

    PRÉ-VENDA

    Convite A Platão

    sinopse
    • Convite a Platão representa a síntese mais completa dos estudos realizados por Giovanni Reale sobre o filósofo de Atenas e sua Academia. A análise pontual do pensamento platônico é realizada a partir de textos. Entre os capítulos são feitas sínteses dos maiores diálogos platônicos, sendo convites à leitura integral desses escritos que são o ponto de partida imprescindível para a compreensão de Platão e de todo o pensamento antigo. Breves esquemas sintéticos e aprofundamentos sobre algumas das questões mais relevantes acompanham e complementam a leitura.
  • 458027

    20,03 %

    Nos Campos De Concentração Soviéticos

    sinopse
    • O socialismo soviético instaurou campos de trabalhos forçados, os chamados Gulags, com motivações e características muito distintas de outros regimes autoritários e que ainda são pouco estudados. Os documentos históricos mais importantes são narrativas de quem esteve lá, que foram registrados em momentos de fuga após a libertação ou escritos durante o cárcere, e transmitem todo o clima daquele momento. A vida de Tchernavin ? um simples engenheiro sem ativismo político adversário ? é revirada de uma hora para outra. A narrativa da chegada de oficiais a sua casa ao envio para um Gulag, sem provas de crimes, parece obra de ficção. Seu relato nos permite conhecer as histórias em primeira pessoa, ouvir o testemunho de quem vivenciou o terror e vislumbrar, ao lado das vítimas, a miséria humanitária e espiritual a que o socialismo as condenou. E só assim é possível compreender as estratégias de sobrevivência, as técnicas para manutenção da sanidade, os resquícios de solidariedade e senso de humor daqueles que se mantinham humanos em meio ao inferno da utopia. Vladimir V. Tchernavin apresenta-nos essa realidade com maestria. A sua escrita corre como um filme: com aventura, suspense e análises de excepcional clareza, como numa mistura de documentário e thriller em que logo nos vemos ao lado do protagonista, sofrendo com ele e torcendo pelo sucesso de seus planos de fuga. ?Eu conto a minha própria história porque acredito que apenas dessa maneira poderei cumprir a obrigação moral que um destino generoso me impôs quando me ajudou a escapar do terror soviético ? o dever de falar por aqueles cujas vozes não podem ser ouvidas. Em silêncio, eles são enviados aos campos de concentração na condição de prisioneiros, em silêncio, eles são torturados e mortos. [...]? ? Vladimir V. Tchernavin.
  • 458021

    15,02 %

    Breve História Da Segunda Guerra Mundial

    sinopse
    • Este livro se propõe a enfrentar o acontecimento de dimensões descomunais e desdobramentos-chave para o século XX montando as peças desse quebra-cabeça de maneira direta, sem excessos de notas e mapas. Como numa aula cativante, os fatos são narrados com fluidez e o fio da meada nunca se perde. O autor ressalta o protagonismo de Hitler, que se afastou de qualquer racionalidade, conduzindo sua própria guerra dentro da guerra.
  • 457898

    14,92 %

    Manual Do Líder

    sinopse
    • """A sabedoria de um grande líder ?Do triunfo à queda é apenas um passo.? ?A maioria dos homens, inclusive dos grandes homens, só sabe ousar pela metade.? ?A coragem não pode ser simulada: é uma virtude que escapa à hipocrisia.? ?A indecisão e a anarquia nas causas levam à anarquia e à fraqueza nos resultados.? ?A melhor maneira de manter sua palavra é nunca dá-la.? ?Nada é mais difícil do que decidir-se.? Com prefácio e seleção de frases de Jules Bertaut, a L&PMEDITORES publica o livro de aforismos de Napoleão Bonaparte. O Manual do líder reúne os conselhos do famoso imperador, separados por tópicos: ?O líder?, ?Da França para os franceses?, ?O autoritário e o político?, ?Como organizar a nação??, ?Como organizar o exército??, ?A guerra e seu comando? e ?Os diplomatas e o exterior?."""
  • 457782

    16,94 %

    O Quarto Reich

    sinopse
    • Desde o colapso do Terceiro Reich em abril de 1945, ainda persistem inquietações sobre o renascimento do nazismo sob a forma de um ?Quarto Reich?. Neste livro inquietante, Gavriel D. Rosenfeld revela, pela primeira vez, esses pesadelos do pós-guerra sobre um futuro que nunca aconteceu. Com base em uma vasta pesquisa impressionante, reúne diversas fontes ? discursos políticos, recortes de jornal, trechos de filmes ? e faz investigação contrafactual detalhada. O livro aborda a universalização da expressão ?Quarto Reich? por parte de radicais de direita na década de 1960, sua transformação em fonte de entretenimento e cultura pop nos anos 1970, além de sua adoção, desde o ano 2000, por populistas autoritários e neonazistas que procuravam atacar a União Europeia.
  • 457539

    15,02 %

    Conspirações Sobre Hitler

    sinopse
    • Em lugar nenhum a propagação de teorias da conspiração tornou-se mais óbvia do que nas hipóteses revisionistas acerca do Terceiro Reich, o império nazista alemão. Teorias havia muito desacreditadas ganharam novo sopro de vida, respaldadas por alegações de evidências recém-descobertas e novos ângulos de investigação. No centro destas fake news está Adolf Hitler. Renomado historiador especialista em Terceiro Reich, Richard J. Evans analisa neste livro algumas das mais difundidas teorias da conspiração a respeito de Adolf Hitler e seus seguidores nazistas. A ideia de que tudo o que acontece na história é resultado de maquinações secretas de grupos malignos é tão antiga quanto a história em si. As teorias da conspiração, no entanto, se tornaram mais populares no século XXI, e encontraram em relatos revisionistas do nazismo um dos lugares de maior destaque. Evans submete cinco alegações ao escrutínio forense amplamente disseminadas a respeito da Alemanha de Hitler: que os judeus estavam conspirando para minar a civilização, que o exército alemão foi ?apunhalado pelas costas? por socialistas e judeus em 1918, que os nazistas queimaram o Reichstag para tomar o poder, que a fuga de Rudolf Hess para o Reino Unido, em 1941, foi sancionada por Hitler e transmitiu termos de paz suprimidos por Churchill e que Hitler escapou do bunker em 1945 e fugiu para a América do Sul. Além de trazer à luz os enganos envolvidos nessas narrativas, a exploração de Evans também revela características tão pontuais, quanto surpreendentes, que as teorias da conspiração, de maneira geral, têm em comum. Um livro de história para a era da ?pós-verdade?, dos ?fatos alternativos? e das fake news. Em outras palavras, uma leitura para a atualidade.
  • 457084

    15,04 %

    História Do Cristianismo

    sinopse
    • ste livro apresenta a história do cristianismo desde suas origens, na Antiguidade, até a Reforma Protestante, no contexto do Renascimento. Ao fazer isso, não se limita às práticas e crenças presentes na religião cristã, pois também apresenta os diferentes contextos e suas influências nas transformações do cristianismo, ao longo do tempo, indicando elementos sociais, econômicos e culturais.
  • 456698

    PRÉ-VENDA

    Revolução Francesa

    sinopse
    • A Revolução Francesa deixou marcas que podem ser encontradas por toda parte ainda hoje: as bandeiras tricolores, nossos códigos civis, a ideia dos direitos humanos, a noção de cidadania, a incontornável classificação política de direita e de esquerda são heranças dos dramáticos anos revolucionários. Este livro é um guia introdutório sobre a Revolução Francesa. Incorporando debates realizados nas últimas décadas por uma historiografia cada dia mais refinada, plural e complexa somados a ideias clássicas de pensadores fundamentais sobre o tema, esta obra volta-se especialmente a estudantes e professores de História.
  • 456581

    16,91 %

    Os Exploradores De Hitler

    sinopse
    • Novas descobertas em biologia e na área das neurociências vêm revelando como a estrutura da linguagem ? as palavras que pensamos e falamos ? pode mudar efetivamente a maneira como neurônios e corações se conectam. Nossos ancestrais compreenderam essa conexão de modo intuitivo, milhares de anos atrás. Eles criaram padrões de palavras específicos para oferecer conforto, cura, força e poder interior em tempos difíceis, e codificaram essas palavras poderosas em orações, cânticos, mantras, hinos e escritos sagrados. Agora, Gregg Braden, pioneiro em conciliar ciência, espiritualidade e suas aplicações no mundo real, decifra o código e coloca essas palavras em suas mãos. Para cada código, Braden oferece uma percepção profunda e aguçada sobre seu significado, por que ele é importante e como aplicá-lo nos caminhos práticos da vida ? seja lá o que for com que você se depare.
  • 456582

    A Heresia Dos Índios

    sinopse
    • Obra que resgata a dimensão etno-histórica dos povos nativos a partir do estudo da Santidade do Jaguaripe. Uma contribuição valiosa à história do Brasil e à história das incompreensões entre sociedades. Ao longo do século XVI os colonizadores europeus se horrorizaram com um fenômeno religioso entre os tupis, a que chamaram ?santidade?. Nela, em meio a danças, transes, cânticos e à fumaça inebriante do tabaco, os índios renovavam a peregrinação à Terra sem Mal ? lugar mítico da felicidade eterna que buscavam no mundo terreno. Vasculhando documentação inquisitorial inédita sobre o culto indígena na fazenda de Jaguaripe (Bahia), Ronaldo Vainfas descobre na santidade uma idolatria insurgente, culturalmente híbrida, que ao mesmo tempo negava e incorporava valores da dominação colonial. Por meio de um texto apaixonado e instigante, o autor lança luz sobre uma nova e reveladora faceta da conquista da América portuguesa.
  • 456335

    18,01 %

    Box África - A Enxada E A Lança

    sinopse
    • Este box, apresenta em dois volumes: A enxada e a lança - A África antes dos - Volumes 1 e 2. O ensaio começa na pré-história do continente africano, que se confunde com a própria pré-história do homem, e termina em 1500, época em que muitos outros livros de história começam. Somente uma frase, a última, depois de mais de novecentas páginas, permite antever o início da era moderna, mais próxima e mais conhecida: ?Não se estranhará, por isso, que os congos, e talvez outros povos antes deles, confundissem com baleias as formas bojudas que se aproximavam de suas costas e traziam os portugueses?. Apoiado em vastíssimo material arqueológico, antropológico e histórico pouco conhecido no Brasil, "A Enxada e a Lança" descreve povos e etnias, técnicas agrícolas e de navegação, expressões religiosas e artísticas, reinos extintos, cidades desaparecidas, costumes e crenças, línguas e dialetos, tratando sempre da África negra.
  • 456203

    15,02 %

    Os Gregos

    sinopse
    • saac Asimov - um dos maiores autores a pensarem no futuro e nos destinos da humanidade - e os segredos da grande civilização grega! Em Os gregos, Isaac Asimov é nosso guia pela história da civilização grega, desde os tempos micênicos (4.000 A.C) até a formação da Grécia atual (1964 de nossa era), destacando os principais aspectos dessa cultura que estabeleceu as bases artísticas, filosóficas e políticas do Ocidente. Isaac Asimov é autor de obras como Fundação, Eu, robô e O fim da eternidade. Nasceu em 1920, na Rússia, mas naturalizou-se americano em 1928. Foi um dos grandes expoentes da Era de Ouro da ficção científica mundial, tido como um dos maiores apoiadores da ciência e da tecnologia de seu tempo. A coleção História Universal Isaac Asimov nos leva a uma viagem ao passado, guiada justamente por um autor que sempre nos ajudou a imaginar o futuro. Asimov faleceu em 1992, aos 72 anos.
  • 456177

    14,97 %

    Hitler E Stalin

    sinopse
    • O historiador Laurence Rees, um dos maiores especialistas em Segunda Guerra, combina fortes relatos de testemunhas oculares como uma análise profunda, e mostra como os dois ditadores, Hitler e Stálin, lideraram seus países na guerra mais destrutiva da história. Hitler e Stálin, os dois grandes tiranos do século 20, apesar de serem adversários ferrenhos eram também, em grande medida, lados diferentes da mesma moeda. Aliados por um breve período durante a Segunda Guerra Mundial, Adolph Hitler e Josef Stálin, posteriormente, tentaram exterminar um ao outro na mais brutal campanha militar já vista na história. No comando da Alemanha e da União Soviética, eles se destacaram do resto da humanidade por causa de suas crueldades e do nível de modificação que causaram no mundo. Neste livro, o historiador britânico Laurence Rees monta um retrato comparativo do mal, em que o idealismo é poluído pelo pragmatismo sangrento e o sofrimento humano é usado casualmente como uma ferramenta política. Rees conheceu mais pessoas que trabalharam diretamente para Hitler e Stálin do que qualquer outro historiador.
  • 456176

    15,05 %

    50 Ideias De História Do Mundo Que Você Precisa Conhecer

    sinopse
    • Um livro essencial para aprender a história da humanidade! O escritor britânico Ian Crofton tinha um desafio bastante complexo: resumir a história do mundo em apenas 50 momentos marcantes. Experiente autor, famoso pelo seu vasto conhecimento enciclopédico, ele demonstra neste volume que conseguiu da melhor maneira possível. Seguindo o espírito da bem-sucedida série 50 ideias, ele selecionou os fatos cruciais desde o início da agricultura até o ataque às Torres Gêmeas em Nova York, passando pelo Egito dos Faraós e a Revolução Francesa. E mostra o que se esconde entre diferentes períodos, nomes e episódios amplamente conhecidos do grande público. O livro 50 ideias de história do mundo que você precisa conhecer não é um mero relato trivial, uma simples lista de fatos que se sucedem sem maiores explicações. Levando em consideração todos os aspectos econômicos, sociais, políticos, culturais e geográficos, a obra ajuda a entender o passado e como ele interfere no presente e no futuro.
  • 455920

    14,96 %

    Dicionário De História Da África - Vol. 2

    sinopse
    • Este segundo volume do Dicionário de História da África, de Nei Lopes e José Rivair Macedo, complementa aquele lançado em 2017, que aborda os séculos VII a XVI. Esta obra busca mostrar o que representou, sob a ótica dos vencidos, a presença europeia na África desde o século XVI. E em que consistiu o processo que, após três séculos, culminou na partilha do continente e na instauração do colonialismo, tendo como fator principal o tráfico negreiro. Pois o comércio humano foi a pedra fundamental do crescimento econômico do qual adveio o pretenso ?supremacismo? europeu, que continua regendo as relações humanas na maior parte do mundo, acarretando a africanos e descendentes as piores consequências. Além disso, este livro, pelo grande número de verbetes biográficos, toponímicos, etnográficos e conceituais, apoiados em extensa bibliografia, pode ser uma importante ferramenta na apreensão de novos conteúdos para estudantes, pesquisadores e demais interessados no tema.
  • 455801

    14,94 %

    A Historiografia Como Fonte Histórica

    sinopse
    • Os historiadores, em sua missão de realizar análises sobre sociedades e processos que ocorreram no tempo, trabalham com variados tipos de fontes históricas. Por outro lado, é instigante o fato de que os próprios textos dos historiadores ? nos momentos em que estes analisam sociedades e processos históricos do passado ? também são interessantes fontes históricas que revelam traços, demandas, perspectivas, interesses e posicionamentos da época do próprio historiador que escreve seu texto. Em poucas palavras, ao escreverem textos sobre outras épocas, os historiadores acabam também revelando muita coisa sobre sua própria época e sobre as demandas de seu tempo e das sociedades em que vivem. Este livro aborda essa peculiar dialética de temporalidades inerente às obras historiográficas. Nele estão reunidos dez ensaios sobre historiadores e realizações historiográficas. Historiadores de todas as épocas, como Plutarco, Voltaire, Thomas Carlyle, Droysen, Alexandre Herculano, Braudel ? e ainda grandes panoramas e polêmicas da historiografia, como as diferentes leituras sobre a conquista da América ou a historiografia sobre os povos indígenas brasileiros ? são alguns dos temas desenvolvidos pelos autores que, nesta coletânea, unem-se para mostrar que, ao falar de outras épocas, os historiadores terminam por falar também de seu próprio tempo. (Da obra)

Produtos encontrados: 672 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar