Produtos encontrados: 128 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 437705

    36,06 %

    Por Uma Pedagogia Da Pergunta

    sinopse
    • Uma verdadeira aula sobre pedagogia e construção de um ambiente de ensino democrático e inovador. Lançado em 1985, Por uma pedagogia da pergunta é o relato de vida de dois grandes mestres da ideologia libertária. Paulo Freire e Antonio Faundez relatam a experiência de exílio político e de como encontraram seu lugar em outras sociedades. O trabalho deles se estende por Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Nicarágua e outros países, o que lhes dá autoridade para falar sobre as transformações vividas em um mundo dividido por ideologias e políticas muito demarcadas e polarizadas.Considerando que a luta política deve ultrapassar o campo das ideias, eles analisam os modos de resistências populares. E discutem a implementação de um modelo de alfabetização dentro de uma cultura que tem a oralidade como base essencial de transmissão de conhecimento.O dinamismo que vemos em Por uma pedagogia da pergunta é um reflexo do espírito desses pensadores. Intensos, Paulo Freire e Antonio Faundez nos oferecem a vitalidade que a luta pela liberdade exige e nos convidam a participar de uma reflexão que se renova sempre, acompanhando o movimento de transformação intrínseco ao homem.
  • 377134

    18,96 %

    Piaget Vigotski Wallon - Teorias Psicogeneticas Em Discussao - Summus

    sinopse
    • Jean Piaget, Lev S. Vigotski e Henri Wallon são os três maiores teóricos estudados no universo da educação e da psicologia. Nesta obra, consagrada por crítica e público, Yves de La Taille, Marta Kohl de Oliveira e Heloysa Dantas traduzem para o leitor o pensamento vivo desses autores. Analisando as ideias de Piaget, Yves de La Taille aborda conceitos como ser social, ética, autonomia, coerção versus colaboração e obediência versus justiça. Ao esclarecer os principais construtos da teoria construtivista, ele ressalta a importância da afetividade na educação. Debruçando-se sobre os contrutos de Vigotski, Marta Kohl de Oliveira destaca tópicos como linguagem, formação de conceitos e metacognição. Partindo de uma abordagem holística do ser humano, a autora analisa a fundo a abordagem sócio-histórica e as implicações da afetividade para a cognição. Já Heloysa Dantas dedica-se ao pensamento de Henry Wallon, destacando a emoção como instrumento típico da espécie humana e mostrando a interligação entre afetividade e inteligência - concluindo, como seus colegas, que a comunicação afetiva é fundamental para uma educação efetiva. Trata-se, definitivamente, de um livro fundamental na área da pedagogia. Nova edição revista.
  • 330943

    16,05 %

    Para Educar Criancas Feministas - Um Manifesto - Cia Das Letras

    sinopse
    • Após o enorme sucesso de Sejamos todos feministas, Chimamanda Ngozi Adichie retoma o tema da igualdade de gêneros neste manifesto com quinze sugestões de como criar filhos dentro de uma perspectiva feminista. Escrito no formato de uma carta da autora a uma amiga que acaba de se tornar mãe de uma menina, Para educar crianças feministas traz conselhos simples e precisos de como oferecer uma formação igualitária a todas as crianças, o que se inicia pela justa distribuição de tarefas entre pais e mães. E é por isso que este breve manifesto pode ser lido igualmente por homens e mulheres, pais de meninas e meninos. Partindo de sua experiência pessoal para mostrar o longo caminho que ainda temos a percorrer, Adichie oferece uma leitura essencial para quem deseja preparar seus filhos para o mundo contemporâneo e contribuir para uma sociedade mais justa.
  • 458064

    PRÉ-VENDA

    Imaginar, Realizar E Transformar

    sinopse
    • Este livro comemora os 10 anos de trabalho do grupo PROSPED/PUC-Campinas e é resultado de um esforço coletivo de mestrandos, doutorandos, pós-doutorandos e docentes que, desde o seu início, assumiram como compromisso ético-político atuar em instituições escolares visando contribuir para a promoção do desenvolvimento humano, acreditando que pela reflexão é possível ampliar consciência e favorecer o avanço de práticas educativas e sociais. Tem por objetivo fomentar, teórica e metodologicamente, ações do Psicólogo Escolar desenvolvidas em colaboração com professores e gestores, visando à transformação da educação. Intenta, também, inspirar práticas pedagógicas inovadoras e ousadas, que invistam na imaginação dos alunos mobilizada pela apreciação e produção em Artes como forma de se apropriarem de novos conhecimentos e formas de agir no mundo. Essas acepções se assentam na perspectiva teórico-metodológica da Psicologia Histórico-Cultural, sobretudo nos conceitos de Vigotski, autor que tem nos inspirado nas nossas pesquisas, reflexões e ações formativas. Seus capítulos apresentam práticas psicológicas desenvolvidas em diferentes contextos e com diversos públicos.
  • 456472

    6,94 %

    Treino De Habilidades Matemáticas Para Crianças E Adolescentes

    sinopse
    • As tarefas de matemática precisam ser criativas, visuais e com a possibilidade de se abordar uma ideia de diferentes maneiras. As atividades propostas neste livro permitem que crianças e adolescentes explorem conceitos matemáticos independentemente de seu conhecimento prévio, o que facilitará a discussão de ideias e a resolução de problemas desafiadores. Conhecer o valor dos números e o que eles representam permite autonomia na tomada de decisões, o que impactará o futuro dos participantes das sessões. O material elaborado contribui para a retomada de conceitos e para a atuação prática de quem procura adquirir conhecimento relevante no ensino de crianças e adolescentes.
  • 455120

    6,92 %

    Treino De Matemática Para Crianças E Adolescentes Com Transtorno Do Espectro Autista

    sinopse
    • Neste livro, as habilidades matemáticas são apresentadas de forma lúdica para crianças e adolescentes com autismo. As atividades oferecidas envolvem o estímulo de vários sentidos, o que é importante para a construção das habilidades cognitivas numéricas. Essa estimulação ajuda na melhor compreensão dos conceitos matemáticos, já que umas das dificuldades é o abstrato, e também no uso de outras habilidades como as sensoriais e as motoras, possibilitando assim a construção de uma ideia mais completa, complexa e potencialmente mais duradoura da experiência.
  • 452187

    15,04 %

    Educando O Mundo Atraves Da Psicologia

    sinopse
    • A educação é, sem dúvida, um dos aspectos mais importantes para a formação de seres humanos mais conscientes e responsáveis consigo mesmos e com o mundo em que vivem. A vasta bibliografia disponível hoje a respeito do tema comprova como é essencial para a evolução de uma sociedade não apenas a educação tradicional, mas também a educação emocional, isto é, como aprender a lidar e a expressar sentimentos de modo a construir relações mais saudáveis e prósperas durante a vida. A obra trata da importância da saúde mental e das habilidades socioemocionais e seus impactos na educação e na formação do ser humano, sendo leitura essencial não apenas para profissionais, mas para todos que buscam uma vida mais equilibrada e uma sociedade mais harmoniosa. São autores dessa obra: Ana Cordeiro, Cidinho Marques, Cristina Leandro do Vale, Daniella Frade, Dayan Moshe Sousa Cotrim, Deise Saraiva, Gleice Taciana Barbosa, Isa Carvalho, Jair Queiroz, Katiuscia Novais Neves, Leandro Ramos Morelli, Léia Faustino, Mariana da Luz de Souza, Nilzilene Moreira, Ninete Rocha, Patrícia G. de Alencar Shimabuku, Priscilla Gibson, Renata Lima, Sonia Fernandes, Suzete Celso e Thiago R. de Almeida Cunha.
  • 450138

    6,94 %

    Treino Ocupacional Para Adultos Com Deficiencia Intelectual

    sinopse
    • Terapeutas ocupacionais, psicólogos, psicopedagogos, enfermeiros, profissionais de saúde mental
  • 449925

    25,04 %

    Africa Ensinando A Gente

    sinopse
    • Nova edição da obra do Patrono da educação com texto inédito do coautor, Sérgio Guimarães. Publicado pela primeira vez em 2003, A África ensinando a gente reúne conversas entre Paulo Freire, seu parceiro Sérgio Guimarães, alunos e grandes personalidades da África, como o escritor Pepetela, o guerrilheiro Lúcio Lara, o ministro Mário Cabral, entre tantos outros. É o resultado da retomada da experiência pedagógica de Freire durante a década de 1970 naquele continente. Educação, política e transformação da realidade são os tópicos principais, vistos do ponto de vista de um continente que apenas parece estar distante do Brasil.África ensinando a gente é um relato crítico e apaixonado que apresenta temas como a liberdade, a guerrilha, o passado, o presente, a descolonização das mentes e o ideal perdido. Paulo Freire e Sérgio Guimarães expressam suas opiniões sobre Angola, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe com argumentação cerrada e reflexões embasadas no diálogo compartilhado, no microfone aberto para todos. Esta edição inclui texto inédito do autor Sérgio Guimarães.
  • 449907

    23,04 %

    Pedagogia Do Compromisso

    sinopse
    • "Diante da conscientização, o fatalismo se desmorona. Há que se lutar. Há que se combater por todos os meios esse fatalismo como primeiro passo para qualquer modificação posterior." - Paulo Freire Pedagogia do compromisso é uma coletânea que carrega toda a eloquência dos sonhos e da utopia de Paulo Freire. São 28 textos simples, coloquiais, mas ao mesmo tempo com profundas reflexões, que incluem conferências, entrevistas, debates e discursos que têm como tema a Educação Popular - assunto que tornou o educador reconhecido no mundo todo.Mais do que nunca, é necessária uma Pedagogia do compromisso como concretização da esperança transformadora que anima as práticas de Educação Popular, que partem de uma indignação diante de desastrosas consequências do projeto neoliberal e afirmam a possibilidade da construção de sonhos possíveis de sociedades mais justas, com equidade, substantivamente democráticas e sustentáveis.
  • 449796

    41,08 %

    Licoes De Casa

    sinopse
    • Esta nova edição de Lições e de casa inclui a versão original da poesia "Recife sempre", uma declaração de Paulo Freire à sua cidade natal. Além de entrevista realizada com Fernando Gasparian e um texto inédito do coautor, Sérgio Guimarães. Publicado em 2008, Lições de casa é o último livro em formato de diálogo entre Paulo Freire e Sérgio Guimarães. Com a destreza de jornalista e a sensibilidade que lhe é característica, Guimarães conduz uma deliciosa conversa sobre a relação de Freire com os filhos, a experiência do exílio e a importância de Marx em sua formação.O livro inclui a versão original de "Recife sempre", uma das poucas incursões de Freire no campo da poesia e uma declaração de amor à sua cidade natal, além de um artigo de Guimarães sobre a controvertida "pedagogia do chinelo". E reúne ainda uma entrevista realizada com Fernando Gasparian, primeiro editor brasileiro a publicar os livros de Paulo Freire, numa época em que sua leitura ainda era clandestina, e sua veiculação, perigosa.*"Muita gente pensa que eu desenvolvi todos estes temas porque sou especialista em alfabetização de adultos. Não, não e não. Não é assim. É lógico que a alfabetização de adultos é algo que eu estudei profundamente, mas estudei este tema devido a uma necessidade social do meu país, como um desafio. Em segundo lugar, estudei a alfabetização de adultos dentro do contexto da educação e dentro do contexto de referência da teoria do conhecimento, mas não como algo em si mesmo, porque como tal não existe."
  • 449598

    5,01 %

    Leleco - Caqui Editora

    sinopse
    • A casa do Leleco é um lugar para explorar, brincar, bagunçar e conviver. Acompanhe um dia dentro da casa do Leleco. Ele se diverte e faz bagunça em cada cantinho mas sabe que depois dela, tudo volta pro seu lugar.
  • 448178

    30,95 %

    O Enegrecer Psicopedagogico

    sinopse
    • A partir do movimento Sankofa de olhar para o passado como forma de ressignificar o presente e mudar o futuro, Clarissa Brito expõe os modos como a Psicopedagogia pode oferecer recursos para o debate sobre o impacto do racismo estrutural na aprendizagem das crianças negras, propõe ferramentas para uma educação antirracista e para a construção de referências positivas para todas as crianças. Este é um livro essencial para educadores, psicopedagogos e todos interessados em lançar um olhar plural para a prática educacional.
  • 447888

    49,08 %

    A Arte Perdida De Educar

    sinopse
    • O que podemos aprender com nossos ancestrais sobre educação e ensino? Entenda como as culturas mais antigas do mundo podem nos ajudar a criar filhos felizes e saudáveis. Após dar à luz sua filha Rosy, a ph.D. e autora best-seller Michaeleen Doucleff percebeu que criar filhos não era uma tarefa fácil. Mas depois de visitar um vilarejo maia na península de Yucatán, Doucleff, encontrou a solução para seus problemas. Encantada com a forma com que os maias criavam seus filhos, ela partiu em uma viagem com a pequena Rosy, de 3 anos, para conhecer outras comunidades e analisar seus modelos de educação e parentalidade.Em A arte perdida de educar, a autora relata sua experiência enquanto visitava três das comunidades mais antigas do mundo: os maias, no México, os inuítes, acima do Círculo Ártico, e os hadza, na Tanzânia. Durante sua estadia, ela observou as estratégias parentais praticadas pelas famílias e percebeu que essas culturas não tinham os mesmos problemas que os pais ocidentais na criação dos filhos.Diferentemente da cultura ocidental, as crianças maias, inuítes e hadza são criadas com base na cooperação em vez do controle, na confiança em vez do medo e nas necessidades individuais em vez de marcos de desenvolvimento.Em A arte perdida de educar você encontrará métodos eficazes utilizados pelas culturas ancestrais que podem servir de modelo para a criação de filhos felizes na sociedade contemporânea. Repleto de lições práticas que os pais podem implementar imediatamente, o livro ajuda o leitor a repensar a maneira como os pais devem se relacionar com os filhos e revela um paradigma universal de parentalidade adaptado para todas as famílias. "A arte perdida de educar está cheio de ideias inteligentes que eu quis imediatamente aplicar na criação dos meus filhos." - Pamela Druckerman, The New York Times Book Review"Uma pesquisa profunda [...]. Doucleff tem o cuidado de retratar seus temas não como curiosidades ?congeladas no tempo?, mas sim como famílias que se apegaram a técnicas inestimáveis de criação de filhos que provavelmente datam de dezenas de milhares de anos."- The Atlantic
  • 447158

    44,08 %

    Dialogando Com A Propria Historia

    sinopse
    • Dialogando com a própria história é a expressão em prática dos sonhos de Paulo Freire e Sérgio Guimarães: lutar por uma sociedade em que a intercomunicação seja menos difícil. Registro da trajetória pessoal e profissional de Paulo Freire e Sérgio Guimarães, Dialogando com a própria história nos oferece uma leitura leve e enriquecedora através do diálogo entre os dois mestres. Publicado originalmente em 2000, o livro recapitula as experiências de Paulo nos Estados Unidos e na Suíça, e de Sérgio na França. É uma análise fascinante sobre como aprendemos com o passado e a troca. A apresentação é assinada pela educadora Ana Maria Araújo Freire.Como afirma Marcos Reigota, professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e da graduação em Arquitetura e Filosofia da Universidade de Sorocaba, "O diálogo iniciado em Genebra apresenta elementos da história contemporânea com a significação de quem os vivenciou, prática concreta de um conceito-chave de Paulo Freire, o de sujeito da história. Reconhecer-se como sujeito da história é um exercício político e pedagógico de extrema importância. É inquestionável o impacto dessa noção nos países que passaram por ditaduras. Eles têm como perspectiva a política participativa e a educação dialógica, comprometida com a emancipação dos marginalizados frente aos mecanismos de exclusão e controle. Não apenas a teorizam e a praticam como também lhe creditam destaque nas transformações das sociedades pós-regimes totalitários.".
  • 446538

    18,03 %

    Aprendendo Com A Propria Historia

    sinopse
    • Relatos emocionantes que mostram um momento de ebulição política e de rara firmeza para defender os ideais de liberdade, educação e justiça. Em Aprendendo com a própria história¸ o educador Sérgio Guimarães conduz com sensibilidade e inteligência um diálogo com o Patrono da Educação Brasileira, fazendo de Freire um exemplo de como a própria caminhada é também fonte de diálogo e saber.Famoso por seu pensamento inovador e por sua incessante luta contra as desigualdades, aqui Paulo incorpora o verdadeiro sentido da pedagogia e se torna, ele mesmo, educador e educando. Vida e pensamento, teoria e prática, tudo se une nos relatos de uma história ao mesmo tempo rica e simples, e que só poderia resultar naquilo que durante toda a vida ele mais prezou: aprendizado.Além disso, Sérgio busca personagens que inspiraram e compartilharam momentos importantes desse aprendizado. Paulo de Tarso dos Santos, ministro da Educação e Cultura quando Freire trabalhou em Brasília, conta histórias sobre a política dos anos 1960. Já Clodomir Santos Morais, companheiro de cadeia de Paulo, fala de suas experiências de vida e da relação do amigo com o Vaticano.Aprendendo com a própria história nos ensina sobre simplicidade, lealdade e amizade e nos faz descobrir como tudo pode ser objeto do conhecimento. O livro representa toda a sua teoria e ideais, pois nada mais é do uma vida em palavras. E, diante dela, pouco nos resta além de nos tornarmos, tal como Freire, educandos e educadores.
  • 446498

    20,0 %

    Ansiedade Infantil

    sinopse
    • Ansiedade não tem idade. É um sistema de defesa, uma resposta protetora contra uma ameaça, contra alguma coisa que está para acontecer. Algo natural, portanto, do ser humano. Na criança, porém, ela está mais relacionada à imaginação. E se torna um problema quando deixa de ser algo natural e passa a interferir no comportamento, no dia a dia. Este livro-caixinha®, por meio das 40 questões e sugestões de atividades que apresenta, vai ajudar as crianças a expressarem seus problemas com mais facilidade, para que possam enfrentar as situações de ansiedade e lidar melhor com o estresse.
  • 438850

    17,92 %

    Cerebro E Afetividade

    sinopse
    • Nosso cérebro precisa se emocionar, amar e se sentir amado, e isso não é diferente em relação ao processo de ensino e aprendizagem. Por muito tempo, esse processo vem sendo estudado pela Neurociência que traz sempre importantes contribuições para os educadores, familiares, terapeutas e demais pessoas, interessadas em entender como o cérebro aprende e, principalmente, como compreender e potencializar o processo de ensino e aprendizagem. Esta obra traz informações imprescindíveis para quem deseja agregar conhecimentos neurocientíficos e pedagógicos sobre o processo de aprendizagem e sua relação com a afetividade. Como nossas emoções podem interferir no processo de aprendizagem? De que forma é possível oportunizar qualitativamente uma aprendizagem mais significativa? De que maneira os estímulos externos são recebidos e processados no cérebro? Qual o papel do educador nesse processo de interação e aprendizagem? Como podemos criar estratégias facilitadoras que potencializem o cérebro do educando? Será que a afetividade tem uma relação direta nesse processo de aprendizagem? Essas e outras questões são respondidas neste livro, com uma linguagem clara e objetiva associando teoria, prática e aplicabilidade para o cotidiano.
  • 438809

    19,02 %

    Vitor Da Fonseca

    sinopse
    • Vitor da Fonseca é considerado um dos grandes pensadores da humanidade, possivelmente o maior epistemólogo da Psicomotricidade. Sua influência na formação de profissionais pelo mundo é considerável, mas sua conexão com os brasileiros é impressionante! Desde suas primeiras obras, Vitor ultrapassou as fronteiras de sua terra natal Portugal e conectou-se com diversos países! Contudo, no Brasil, o autor atingiu profissionais com os quais desenvolveu mais que uma coesão, uma comunhão. Influenciou em nossas formações profissionais e pessoais, entusiasmou novas conquistas e, consequentemente, nos convidou a evoluir! VITOR DA FONSECA - cognição, motricidade, emoção e afetividade é uma homenagem de todos nós, brasileiros, a Vitor da Fonseca! Um mergulho em sua teoria, descrita por meios das áreas de atuação de diversos profissionais renomados, sejam eles da saúde ou da educação.
  • 437718

    32,97 %

    Cartas A Guine Bissau

    sinopse
    • Cartas à Guiné-Bissau é o registro do trabalho de Paulo Freire na construção de um modelo de alfabetização de adultos naquele país. Escrito e compilado em 1976 e 1977, é um livro comovente que transborda o verdadeiro sentido da ajuda, aquela em que todos se auxiliam, crescendo juntos no esforço comum de conhecer a realidade que buscam transformar. *Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. *"Há algo que me parece importante salientar. A margem de liberdade que têm os estudantes na sua participação no trabalho. Um grupo, por exemplo, que se dedica seriamente ao cultivo das flores no Hospital Simão Mendes, pensa na mensagem de vida que uma rosa possa trazer diariamente aos enfermos. Amam as rosas que plantam tanto quanto a terra que preparam para a semeadura de árvores frutíferas. O seu amor à vida tem que ver com o esforço de reconstrução revolucionária de sua sociedade."
  • 434533

    36,98 %

    Pedagogia Da Solidariedade - Nova Edicao

    sinopse
    • Um reunião de textos e palestras de Paulo Freire, Bob Koob, Walter Ferreira de Oliveira, Ana Maria Araújo Freire, com prefácio de Henry A. Giroux e posfácio de Donaldo Macedo. Pedagogia da solidariedade trata de temas abordados por Paulo Freire em sua passagem pela Universidade de Northern Iowa, nos Estados Unidos, no "Educação e Justiça Social: um diálogo com Paulo Freire". Aqui, o Patrono da Educação não nos deixa dúvidas de que sem uma pedagogia crítica, voltada para o aperfeiçoamento, em cada um de nós, da virtude da solidariedade, não se pode construir um mundo mais bonito e verdadeiramente democrático.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.*"O meu sonho é de uma sociedade menos feia, uma sociedade na qual nós possamos rir sem falsidade. Na qual saber não é um problema de visão, na qual não haja discriminação de língua, raça ou sexo. Eu não estou pensando numa sociedade de anjos, porque anjos não fazem política, mas em uma sociedade de seres humanos. Nós temos que ter solidariedade entre os que têm os mesmos sonhos. Esta solidariedade implica em esperança, e sem esperança e sem solidariedade é impossível lutar."
  • 434412

    42,99 %

    Pedagogia Da Indignacao

    sinopse
    • Escrito entre 1992 e 1997, Pedagogia da indignação reúne três cartas pedagógicas - os últimos escritos de Paulo Freire - e seis textos, entre artigos e conferências. Em comum, o Patrono da Educação Brasileira demonstra aqui sua indignação e sua generosidade de amar. São textos que celebram a sua vida. Organizado e anotado por Ana Maria Araújo Freire, tem prefácio do professor Balduíno A. Andreola.* Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. * "A eles e a elas, Sem Terra, a seu inconformismo, à sua determinação de ajudar a democratização deste país, devemos mais do que às vezes podemos pensar. E que bom seria para a ampliação e a consolidação de nossa democracia, sobretudo para sua autenticidade, se outras marchas se seguissem à sua. A marcha dos desempregados, dos injustiçados, dos que protestam contra a impunidade, dos que clamam contra a violência, contra a mentira e o desrespeito à coisa pública. A marcha dos sem-teto, dos sem-escola, dos sem-hospital, dos renegados. A marcha esperançosa dos que sabem que mudar é possível."
  • 433930

    15,03 %

    Pedagogia Da Libertacao Em Paulo Freire

    sinopse
    • Resultado do primeiro curso da Cátedra Paulo Freire, na PUC-SP sobre Pedagogia do oprimido, realizado ano aniversário de 30 anos de publicação da obra mais conhecida do Patrono da Educação Brasileira, este Pedagogia da libertação em Paulo Freire reúne textos de pesquisadores e educadores de variados países. O livro busca guardar a memória e a trajetória da grande epopeia ético-político-educativa do mundo e analisar criticamente a saga utópica dos sonhos inovadores de Paulo Freire contra a opressão e pela libertação de todas as pessoas.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.*"Muita gente pensa que eu desenvolvi todos estes temas porque sou especialista em alfabetização de adultos. Não, não e não. Não é assim. É lógico que a alfabetização de adultos é algo que eu estudei profundamente, mas estudei este tema devido a uma necessidade social do meu país, como um desafio. Em segundo lugar, estudei a alfabetização de adultos dentro do contexto da educação e dentro do contexto de referência da teoria do conhecimento, mas não como algo em si mesmo, porque como tal não existe."
  • 433912

    18,03 %

    Extensao Ou Comunicacao

    sinopse
    • Paulo Freire em defesa da comunicação na educação. Escrito no Chile, em 1968, Extensão ou comunicação? é um ensaio preciso sobre a escolha metodológica dos educadores e faz a defesa de uma educação que não se reduz à capacitação técnica, mas que abrange o esforço através do qual os homens se decifrem como transformadores da realidade. Propõe uma análise sobre o trabalho do agrônomo (chamado erroneamente "extensionista") como educador e pretende ressaltar sua indiscutível e importante tarefa junto aos camponeses (e com eles), a qual não se encontra corretamente indicada no conceito de "extensão". O prefácio é do engenheiro agrônomo e economista agrário chileno Jacques Chonchol.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame."O diálogo e a problematização não adormecem a ninguém. Conscientizam. Na dialogicidade, na problematização, educador-educando e educando-educador vão ambos desenvolvendo uma postura crítica da qual resulta a percepção de que este conjunto de saber se encontra em interação. Saber que reflete o mundo e os homens, no mundo e com ele, explicando o mundo, mas sobretudo, tendo de justificar-se na sua transformação."
  • 432754

    44,07 %

    Acao Cultural Para A Liberdade E Outros Escritos

    sinopse
    • Paulo Freire trata de temas que vão da alfabetização à reforma agrária em livro indispensável para compreender os obstáculos impostos à verdadeira justiça social. Para Paulo Freire, estudar não pode ser sinônimo de uma repetição mecanizada de conteúdo. Seu método, em que alfabetizar é formar cidadãos, tem como norte sempre a ação concreta, a tomada de consciência, por parte da classe oprimida, de sua verdadeira condição. Em Ação cultural para a liberdade e outros escritos, compilação de textos redigidos entre 1968 e 1974, Freire mostra por que, num período tão mecanicista, a verdadeira pedagogia é aquela que olha a todo momento para a expressividade do aluno, para o exercício de sua compreensão crítica da sociedade, e não para a sua acomodação. Afinal, diz ele, "que pode um trabalhador camponês ou um trabalhador urbano retirar de positivo para seu quefazer no mundo [...] através de um trabalho de alfabetização em que se lhes diz, adocicadamente, que a ?asa é da ave? ou que ?Eva viu a uva??" O método freireano é, assim, um método de contribuição para o processo libertador do homem. Conhecedor do sentido profundo da palavra e buscando assimilar o mundo através de novas expressões, o aluno se torna capaz de transformar o que está ao seu redor e fazer cultura sabendo a extensão de seus atos. O papel de Paulo Freire como educador, filósofo da educação e humanista é amplamente reconhecido no Brasil e no exterior, e sua obra é considerada imprescindível a todos os que se dedicam a ensinar. Diante da atualidade dos textos que compõem Ação cultural para a liberdade e outros escritos, não é difícil entender o porquê. * Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.
  • 431860

    8,0 %

    Consultas Terapeuticas On Line

    sinopse
    • As consultas on-line cresceram significativamente com a pandemia de covid-19. Este livro traz informações atualizadas sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) aplicadas às consultas on-line. A humanidade chegou ao paradigma híbrido nos cuidados presenciais e remotos, e esta obra marca um período importante na história da saúde mental. Com autores oriundos de renomadas universidades, o livro abrange temas como: terapia cognitivo-comportamental digital, psicologia do sentido, primeiros cuidados psicológicos e o método R.A.P.I.D., atendimento on-line em crise, psicoterapia de adolescentes usando games e aplicativos, psicoterapia em grupo on-line gamificada, fenomenologia e atendimento on-line, consultas terapêuticas grupais infantis on-line, e terapia de casal on-line. Trata-se de uma obra inédita e fundamental no cenário atual para profissionais da saúde que trabalham de modo remoto. As consultas on-line são terapêuticas e alcançam o equilíbrio, bem-estar e a boa saúde mental das pessoas.
  • 431330

    44,07 %

    Cartas A Cristina

    sinopse
    • """Em Cartas a Cristina, Paulo Freire volta-se para o mais profundo de seu ser com a intenção de analisar crítica e filosoficamente sua própria vida, suas ações, seus sentimentos, suas frustrações e tristezas. Quando o Paulo Freire vivia no exílio, em Genebra, recebeu cartas de uma sobrinha pedindo que lhe contasse como tinha se tornado um educador famoso. Ela, Cristina, começava os estudos universitários e lendo os livros de Freire queria unir o tio amoroso de sua infância com o arguto filósofo que lutava contra as relações opressoras que caracterizavam as sociedades. O tio lhe prometera algumas cartas, que, na realidade, diante da vida atribulada de viagens e trabalhos no Conselho Mundial das Igrejas, jamais foram escritas. Somente mais de uma década depois, após 1988, já vivendo no Brasil, a promessa nunca esquecida começou a tomar corpo num livro, este livro, que alcançaria não somente a sobrinha, mas todos os leitores interessados nos seus afetos e realizações. Publicado originalmente em 1994, Cartas a Cristina reúne dezoito cartas de Paulo Freire à sua sobrinha e uma correspondência dela ao tio. Recapitula a experiência de vida e de prática transformadora como educador. Com seu texto prazerosamente próximo ao leitor, Freire construiu um livro de memória e de análise de sua trajetória como homem e pensador no mundo. A edição foi organizada e anotada por Ana Maria Araújo Freire. O prefácio é de Adriano S. Nogueira. "Se, porém, você que me lê agora, me perguntar se tenho receita para a solução, lhe direi que não a tenho, que ninguém a tem. Uma coisa, contudo, eu sei e digo porque a história nos tem ensinado, a história dos outros e a nossa, que o caminho não é o do fechamento antidemocrático, dos regimes de exceção, de governos sectários, intolerantes e messiânicos, de direita ou de esquerda. O caminho é o da luta democrática pelo sonho possível de uma sociedade mais justa, mais humana, mais decente, mais bonita, por tudo isso." """
  • 430056

    20,95 %

    Medo E Ousadia

    sinopse
    • Uma verdadeira aula sobre pedagogia e construção de um ambiente de ensino democrático e inovador. O que é ensino libertador? Como os professores se transformam em educadores libertadores? Como começam a transformar os estudantes? De que modo a educação se relaciona com a transformação política? Podemos aplicar nos países desenvolvido uma pedagogia de países em desenvolvimento? Muitas e complexas são as questões aqui tratadas pelos professores Paulo Freire e Ira Shor e que tornam Medo e ousadia: O cotidiano do professor uma obra indispensável para a elucidação dos problemas práticos e teóricos colocados pela pedagogia dialógica.Os dois mestres apresentam aqui suas opiniões sobre o sistema de educação tradicional, explicam como se transformaram em educadores libertários, quais são as diferenças entre uma educação do laissez-faire e uma verdadeiramente democrática e de que forma os professores devem enfrentar os medos e obstáculos que dificultam a prática de ensino humanizada e inserida no contexto social do educando.Duas experiências distintas: Paulo Freire, educador brasileiro internacionalmente conhecido por sua contribuição à prática pedagógica no mundo, dialoga com Ira Shor, educador norte-americano, estudioso e crítico dos rumos da educação em seu país, engajado na luta pela melhoria no ensino tanto das minorias marginalizadas quanto do conjunto da nova geração.
  • 425374

    26,97 %

    Criar - A Educacao Dos Filhos Em Tempos Modernos

    sinopse
    • "Ser pai ou mãe é um dos maiores dons que um ser humano pode receber nesta vida, mas implica, ao mesmo tempo, um grande desafio, talvez o maior de todos, e, portanto, requer toda a nossa atenção e dedicação. É este o grande a pelo que Cibele Passos e o Dr. José Martins fazem neste livro, convidando-nos a acompanhá-los na tremenda e estimulante aventura da criação. Eles apresentam um diagnóstico muito contundente do tempo atual e da cultura dominante, onde o individualismo, o hedonismo, o consumismo e o relativismo estão influenciando os adultos de maneira muito negativa. Longe de nos assustar ou desencorajar, porém, o que os autores fazem é nos conscientizar das responsabilidades dessa tarefa e das conseqüências que ela pode gerar no desenvolvimento psíquico, emocional e espiritual dos nossos filhos. "O estilo parental que prevalece nas famílias de hoje não é o respeitoso nem o amoroso, mas o terceirizado. É difícil questionar um sistema social inteiro, que vem, geração após geração, incutindo verdades dominantes sobre a forma de criar que, em última análise, não contribuem com a saúde integral, gerando com isto um desequilíbrio entre os fatores físicos, mentais, emocionais, sociais e espirituais, que acaba por fazer o indivíduo adoecer. Este livro é destinado a nossos descendentes, com a intenção de deixar-lhes um legado. Queremos impregnar nessas linhas e em todas as páginas deste livro que o amor, o respeito e os relacionamentos interpessoais saudáveis são a base de uma vida plena. A paternidade é guiar a próxima geração e perdoar a última".   SOBRE OS AUTORES: CIBELE PASSOS ZUCHELO é psicóloga clínica e psicoterapeuta transpessoal. Pós-graduada em psicologia sistêmica familiar e de casais, é mestre em psicologia clínica de adultos pela Universidade do Chile, e especialista em terapia de orientação parental, desde o período gestacional até a adolescência. Desenvolveu um modelo de psicoterapia para casais binacionais. Realiza palestras sobre desenvolvimento infantil para pais, mães e professores. É colunista da revista "Mamá y bebé", e autora dos livros "El sentido como destino: las crisis del ser occidental actual" (2018) e "Cápsulas de una cuarentena: Desarrollo personal y espiritual en tiempos difíciles" (2020). JOSÉ MARTINS FILHO é médico pediatra, professor emérito de pediatria da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e ex presidente da Academia Brasileira de Pediatria. Escritor e conferencista, é autor de 11 livros sobre desenvolvimento infantil e aleitamento materno, entre eles "A criança terceirizada: os descaminhos das relações familiares no mundo contemporâneo" (2008). Publicou diversos artigos científicos em revistas nacionais e internacionais, incentivando o aleitamento materno e a vivência das relações familiares. "
  • 400912

    14,92 %

    Reizinho Hiperativo, O - Best Seller

    sinopse
    • O reizinho hiperativo é um guia psicoeducacional essencial para pais, professores e demais profissionais da educação e da saúde mental infantil. Com frequência encontramos crianças que desafiam e se opõem à autoridade de adultos: são agressivas, discutem, não aceitam regras e, geralmente, apresentam um desempenho ruim na escola. É preciso ter muita atenção a esses casos constantes de desobediência, pois eles podem ser mais do que uma fase e se tratar dos transtornos comportamentais que mais atingem crianças e adolescentes: o transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e o transtorno desafiador opositivo. Em O reizinho hiperativo, o psiquiatra Dr. Gustavo Teixeira aborda de forma conjunta duas das principais condições comportamentais que acometem crianças e adolescentes no mundo inteiro. São também duas patologias do comportamento infantil frequentemente comórbidas, isto é, que aparecem juntas no mesmo indivíduo, provocando muito sofrimento para os portadores e para as suas famílias. Os prejuízos acadêmicos e sociais são intensos, e tanto as famílias quanto os profissionais da educação se sentem perdidos e incapazes de oferecer ajuda ou apoio especializado aos filhos e alunos. O Dr. Gustavo Teixeira traz em O reizinho hiperativo informações e orientações sobre esses dois transtornos comportamentais responsáveis por significativos prejuízos na vida de seus portadores e familiares, além de oferecer dicas práticas no tratamento dessas condições e na prevenção ao bullying e ao uso de drogas, muitas vezes relacionados a esses transtornos.
  • 402595

    8,0 %

    Jardim De Infancia Para A Vida Toda - Penso

    sinopse
    • Hoje em dia, na educação infantil, as crianças passam mais tempo com folhas de atividades matemáticas do que com blocos de construção e giz de cera. O jardim de infância está se tornando mais parecido com o resto da escola. Neste livro, Mitchel Resnick defende exatamente o oposto: o resto da escola (e o resto da vida) deve ser mais como o jardim de infância. Refletindo sobre mais de 30 anos de pesquisa no MIT Media Lab, o autor discute novas tecnologias e estratégias para envolver crianças e jovens em aprendizagem criativa. Ele conta como crianças estão programando seus próprios jogos, histórias e invenções, e mostra como, ao envolvê-las na criação de projetos desenvolvidos a partir de suas paixões, em um ambiente lúdico e colaborativo, podemos prepará-las para um mundo onde o pensamento criativo é mais importante do que nunca.
  • 398199

    17,94 %

    Eduques Em Discurso Direto, O - Kirion

    sinopse
    • Ensinar mais e avaliar mais: este foi o lema da gestão de Nuno Crato, que assumiu o ministério da educação de Portugal em 2011, quando o país passava por uma grande crise econômica e fiscal: o salário dos professores, que já estava congelado, fora reduzido; os níveis de abandono e de reprovação escolar eram altos, e o país estava abaixo da média nos testes internacionais. Mediante o reforço na carga horária das disciplinas mais essenciais à educação - língua portuguesa e matemática - em detrimento dos "projetos interdisciplinares" e outras coisas do gênero, e o aumento do número de avaliações gerais - acompanhado do retorno desses mesmos resultados às escolas, com orientações claras para a melhoria, o ministro fez cair drasticamente o índice de evasão e elevar-se consideravelmente a média das notas dos alunos portugueses, de modo que os resultados de Portugal nos testes internacionais foram os melhores desde sempre. Anos antes, em 2006, este livro já revelava a clareza do autor sobre o vazio do vocabulário e a inocuidade dos conceitos dominantes na discussão pedagógica contemporânea, linguagem composta de lugares-comuns que camuflam o dano de sua aplicação prática. O premiado professor de matemática transpõe a expressão oblíqua desse "eduquês" para o discurso direto, e nos faz enxergar o seu verdadeiro fundamento e as suas implicações.

Produtos encontrados: 128 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar