Produtos encontrados: 62 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • 437705

    20,03 %

    Por Uma Pedagogia Da Pergunta

    sinopse
    • Uma verdadeira aula sobre pedagogia e construção de um ambiente de ensino democrático e inovador. Lançado em 1985, Por uma pedagogia da pergunta é o relato de vida de dois grandes mestres da ideologia libertária. Paulo Freire e Antonio Faundez relatam a experiência de exílio político e de como encontraram seu lugar em outras sociedades. O trabalho deles se estende por Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Nicarágua e outros países, o que lhes dá autoridade para falar sobre as transformações vividas em um mundo dividido por ideologias e políticas muito demarcadas e polarizadas.Considerando que a luta política deve ultrapassar o campo das ideias, eles analisam os modos de resistências populares. E discutem a implementação de um modelo de alfabetização dentro de uma cultura que tem a oralidade como base essencial de transmissão de conhecimento.O dinamismo que vemos em Por uma pedagogia da pergunta é um reflexo do espírito desses pensadores. Intensos, Paulo Freire e Antonio Faundez nos oferecem a vitalidade que a luta pela liberdade exige e nos convidam a participar de uma reflexão que se renova sempre, acompanhando o movimento de transformação intrínseco ao homem.
  • 105055

    25,0 %

    Disciplina Positiva - Manole

    sinopse
    • Autoridade no assunto, a renomada psicóloga, educadora e mãe de sete filhos Jane Nelsen desenvolveu o conceito de Disciplina Positiva a partir das teorias de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs e concebeu um programa altamente eficaz em que a disciplina é ensinada de uma maneira respeitosa e encorajadora, tanto para as crianças como para os adultos. Uma das frases mais populares da autora é: De onde tiramos a absurda ideia de que, para levar uma criança a agir melhor, precisamos antes fazê-la se sentir pior? A chave da Disciplina Positiva é a não punição, enfatiza ela, que defende o respeito mútuo. Jane ensina pais e professores a serem firmes e gentis ao mesmo tempo, de modo que qualquer criança de bebês a adolescentes rebeldes possam aprender cooperação e autodisciplina sem que sua autoestima e dignidade sejam prejudicadas. Alinhada com as diversas mudanças na forma de educar os filhos ocorridas nas últimas décadas, esta obra foi atualizada e contempla por exemplo o fato de atualmente cada vez mais homens se engajarem em seu papel de pais, além de abordar os perigosos efeitos da superproteção, outra questão contemporânea que merece atenção. Disciplina Positiva é uma leitura indispensável para todos aqueles que desejam ensinar aos seus filhos ou alunos habilidades sociais e de vida valiosas para a formação de um bom caráter, além de aprender princípios que funcionam e fornecem uma ótima base para o enriquecimento da experiência familiar.
  • 447158

    PRÉVENDA

    Dialogando Com A Propria Historia

    sinopse
    • Dialogando com a própria história é a expressão em prática dos sonhos de Paulo Freire e Sérgio Guimarães: lutar por uma sociedade em que a intercomunicação seja menos difícil. Registro da trajetória pessoal e profissional de Paulo Freire e Sérgio Guimarães, Dialogando com a própria história nos oferece uma leitura leve e enriquecedora através do diálogo entre os dois mestres. Publicado originalmente em 2000, o livro recapitula as experiências de Paulo nos Estados Unidos e na Suíça, e de Sérgio na França. É uma análise fascinante sobre como aprendemos com o passado e a troca. A apresentação é assinada pela educadora Ana Maria Araújo Freire.Como afirma Marcos Reigota, professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e da graduação em Arquitetura e Filosofia da Universidade de Sorocaba, ?O diálogo iniciado em Genebra apresenta elementos da história contemporânea com a significação de quem os vivenciou, prática concreta de um conceito-chave de Paulo Freire, o de sujeito da história. Reconhecer-se como sujeito da história é um exercício político e pedagógico de extrema importância. É inquestionável o impacto dessa noção nos países que passaram por ditaduras. Eles têm como perspectiva a política participativa e a educação dialógica, comprometida com a emancipação dos marginalizados frente aos mecanismos de exclusão e controle. Não apenas a teorizam e a praticam como também lhe creditam destaque nas transformações das sociedades pós-regimes totalitários.?.
  • 446538

    PRÉVENDA

    20,03 %

    Aprendendo Com A Propria Historia

    sinopse
    • Relatos emocionantes que mostram um momento de ebulição política e de rara firmeza para defender os ideais de liberdade, educação e justiça. Em Aprendendo com a própria história¸ o educador Sérgio Guimarães conduz com sensibilidade e inteligência um diálogo com o Patrono da Educação Brasileira, fazendo de Freire um exemplo de como a própria caminhada é também fonte de diálogo e saber.Famoso por seu pensamento inovador e por sua incessante luta contra as desigualdades, aqui Paulo incorpora o verdadeiro sentido da pedagogia e se torna, ele mesmo, educador e educando. Vida e pensamento, teoria e prática, tudo se une nos relatos de uma história ao mesmo tempo rica e simples, e que só poderia resultar naquilo que durante toda a vida ele mais prezou: aprendizado.Além disso, Sérgio busca personagens que inspiraram e compartilharam momentos importantes desse aprendizado. Paulo de Tarso dos Santos, ministro da Educação e Cultura quando Freire trabalhou em Brasília, conta histórias sobre a política dos anos 1960. Já Clodomir Santos Morais, companheiro de cadeia de Paulo, fala de suas experiências de vida e da relação do amigo com o Vaticano.Aprendendo com a própria história nos ensina sobre simplicidade, lealdade e amizade e nos faz descobrir como tudo pode ser objeto do conhecimento. O livro representa toda a sua teoria e ideais, pois nada mais é do uma vida em palavras. E, diante dela, pouco nos resta além de nos tornarmos, tal como Freire, educandos e educadores.
  • 446498

    25,0 %

    Ansiedade Infantil

    sinopse
    • Ansiedade não tem idade. É um sistema de defesa, uma resposta protetora contra uma ameaça, contra alguma coisa que está para acontecer. Algo natural, portanto, do ser humano. Na criança, porém, ela está mais relacionada à imaginação. E se torna um problema quando deixa de ser algo natural e passa a interferir no comportamento, no dia a dia. Este livro-caixinha®, por meio das 40 questões e sugestões de atividades que apresenta, vai ajudar as crianças a expressarem seus problemas com mais facilidade, para que possam enfrentar as situações de ansiedade e lidar melhor com o estresse.
  • 438850

    25,0 %

    Cerebro E Afetividade

    sinopse
    • Nosso cérebro precisa se emocionar, amar e se sentir amado, e isso não é diferente em relação ao processo de ensino e aprendizagem. Por muito tempo, esse processo vem sendo estudado pela Neurociência que traz sempre importantes contribuições para os educadores, familiares, terapeutas e demais pessoas, interessadas em entender como o cérebro aprende e, principalmente, como compreender e potencializar o processo de ensino e aprendizagem. Esta obra traz informações imprescindíveis para quem deseja agregar conhecimentos neurocientíficos e pedagógicos sobre o processo de aprendizagem e sua relação com a afetividade. Como nossas emoções podem interferir no processo de aprendizagem? De que forma é possível oportunizar qualitativamente uma aprendizagem mais significativa? De que maneira os estímulos externos são recebidos e processados no cérebro? Qual o papel do educador nesse processo de interação e aprendizagem? Como podemos criar estratégias facilitadoras que potencializem o cérebro do educando? Será que a afetividade tem uma relação direta nesse processo de aprendizagem? Essas e outras questões são respondidas neste livro, com uma linguagem clara e objetiva associando teoria, prática e aplicabilidade para o cotidiano.
  • 438809

    25,0 %

    Vitor Da Fonseca

    sinopse
    • Vitor da Fonseca é considerado um dos grandes pensadores da humanidade, possivelmente o maior epistemólogo da Psicomotricidade. Sua influência na formação de profissionais pelo mundo é considerável, mas sua conexão com os brasileiros é impressionante! Desde suas primeiras obras, Vitor ultrapassou as fronteiras de sua terra natal Portugal e conectou-se com diversos países! Contudo, no Brasil, o autor atingiu profissionais com os quais desenvolveu mais que uma coesão, uma comunhão. Influenciou em nossas formações profissionais e pessoais, entusiasmou novas conquistas e, consequentemente, nos convidou a evoluir! VITOR DA FONSECA ? cognição, motricidade, emoção e afetividade é uma homenagem de todos nós, brasileiros, a Vitor da Fonseca! Um mergulho em sua teoria, descrita por meios das áreas de atuação de diversos profissionais renomados, sejam eles da saúde ou da educação.
  • 437718

    20,05 %

    Cartas A Guine Bissau

    sinopse
    • Cartas à Guiné-Bissau é o registro do trabalho de Paulo Freire na construção de um modelo de alfabetização de adultos naquele país. Escrito e compilado em 1976 e 1977, é um livro comovente que transborda o verdadeiro sentido da ajuda, aquela em que todos se auxiliam, crescendo juntos no esforço comum de conhecer a realidade que buscam transformar. *Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. *?Há algo que me parece importante salientar. A margem de liberdade que têm os estudantes na sua participação no trabalho. Um grupo, por exemplo, que se dedica seriamente ao cultivo das flores no Hospital Simão Mendes, pensa na mensagem de vida que uma rosa possa trazer diariamente aos enfermos. Amam as rosas que plantam tanto quanto a terra que preparam para a semeadura de árvores frutíferas. O seu amor à vida tem que ver com o esforço de reconstrução revolucionária de sua sociedade.?
  • 434533

    20,04 %

    Pedagogia Da Solidariedade - Nova Edicao

    sinopse
    • Um reunião de textos e palestras de Paulo Freire, Bob Koob, Walter Ferreira de Oliveira, Ana Maria Araújo Freire, com prefácio de Henry A. Giroux e posfácio de Donaldo Macedo. Pedagogia da solidariedade trata de temas abordados por Paulo Freire em sua passagem pela Universidade de Northern Iowa, nos Estados Unidos, no ?Educação e Justiça Social: um diálogo com Paulo Freire?. Aqui, o Patrono da Educação não nos deixa dúvidas de que sem uma pedagogia crítica, voltada para o aperfeiçoamento, em cada um de nós, da virtude da solidariedade, não se pode construir um mundo mais bonito e verdadeiramente democrático.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.*?O meu sonho é de uma sociedade menos feia, uma sociedade na qual nós possamos rir sem falsidade. Na qual saber não é um problema de visão, na qual não haja discriminação de língua, raça ou sexo. Eu não estou pensando numa sociedade de anjos, porque anjos não fazem política, mas em uma sociedade de seres humanos. Nós temos que ter solidariedade entre os que têm os mesmos sonhos. Esta solidariedade implica em esperança, e sem esperança e sem solidariedade é impossível lutar.?
  • 434412

    20,04 %

    Pedagogia Da Indignacao

    sinopse
    • Escrito entre 1992 e 1997, Pedagogia da indignação reúne três cartas pedagógicas ? os últimos escritos de Paulo Freire ? e seis textos, entre artigos e conferências. Em comum, o Patrono da Educação Brasileira demonstra aqui sua indignação e sua generosidade de amar. São textos que celebram a sua vida. Organizado e anotado por Ana Maria Araújo Freire, tem prefácio do professor Balduíno A. Andreola.* Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. * ?A eles e a elas, Sem Terra, a seu inconformismo, à sua determinação de ajudar a democratização deste país, devemos mais do que às vezes podemos pensar. E que bom seria para a ampliação e a consolidação de nossa democracia, sobretudo para sua autenticidade, se outras marchas se seguissem à sua. A marcha dos desempregados, dos injustiçados, dos que protestam contra a impunidade, dos que clamam contra a violência, contra a mentira e o desrespeito à coisa pública. A marcha dos sem-teto, dos sem-escola, dos sem-hospital, dos renegados. A marcha esperançosa dos que sabem que mudar é possível.?
  • 433930

    25,01 %

    Pedagogia Da Libertacao Em Paulo Freire

    sinopse
    • Resultado do primeiro curso da Cátedra Paulo Freire, na PUC-SP sobre Pedagogia do oprimido, realizado ano aniversário de 30 anos de publicação da obra mais conhecida do Patrono da Educação Brasileira, este Pedagogia da libertação em Paulo Freire reúne textos de pesquisadores e educadores de variados países. O livro busca guardar a memória e a trajetória da grande epopeia ético-político-educativa do mundo e analisar criticamente a saga utópica dos sonhos inovadores de Paulo Freire contra a opressão e pela libertação de todas as pessoas.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.*?Muita gente pensa que eu desenvolvi todos estes temas porque sou especialista em alfabetização de adultos. Não, não e não. Não é assim. É lógico que a alfabetização de adultos é algo que eu estudei profundamente, mas estudei este tema devido a uma necessidade social do meu país, como um desafio. Em segundo lugar, estudei a alfabetização de adultos dentro do contexto da educação e dentro do contexto de referência da teoria do conhecimento, mas não como algo em si mesmo, porque como tal não existe.?
  • 433912

    20,04 %

    Extensao Ou Comunicacao

    sinopse
    • Paulo Freire em defesa da comunicação na educação. Escrito no Chile, em 1968, Extensão ou comunicação? é um ensaio preciso sobre a escolha metodológica dos educadores e faz a defesa de uma educação que não se reduz à capacitação técnica, mas que abrange o esforço através do qual os homens se decifrem como transformadores da realidade. Propõe uma análise sobre o trabalho do agrônomo (chamado erroneamente ?extensionista?) como educador e pretende ressaltar sua indiscutível e importante tarefa junto aos camponeses (e com eles), a qual não se encontra corretamente indicada no conceito de ?extensão?. O prefácio é do engenheiro agrônomo e economista agrário chileno Jacques Chonchol.*Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.?O diálogo e a problematização não adormecem a ninguém. Conscientizam. Na dialogicidade, na problematização, educador-educando e educando-educador vão ambos desenvolvendo uma postura crítica da qual resulta a percepção de que este conjunto de saber se encontra em interação. Saber que reflete o mundo e os homens, no mundo e com ele, explicando o mundo, mas sobretudo, tendo de justificar-se na sua transformação.?
  • 432754

    20,03 %

    Acao Cultural Para A Liberdade E Outros Escritos

    sinopse
    • Paulo Freire trata de temas que vão da alfabetização à reforma agrária em livro indispensável para compreender os obstáculos impostos à verdadeira justiça social. Para Paulo Freire, estudar não pode ser sinônimo de uma repetição mecanizada de conteúdo. Seu método, em que alfabetizar é formar cidadãos, tem como norte sempre a ação concreta, a tomada de consciência, por parte da classe oprimida, de sua verdadeira condição. Em Ação cultural para a liberdade e outros escritos, compilação de textos redigidos entre 1968 e 1974, Freire mostra por que, num período tão mecanicista, a verdadeira pedagogia é aquela que olha a todo momento para a expressividade do aluno, para o exercício de sua compreensão crítica da sociedade, e não para a sua acomodação. Afinal, diz ele, ?que pode um trabalhador camponês ou um trabalhador urbano retirar de positivo para seu quefazer no mundo [...] através de um trabalho de alfabetização em que se lhes diz, adocicadamente, que a ?asa é da ave? ou que ?Eva viu a uva??? O método freireano é, assim, um método de contribuição para o processo libertador do homem. Conhecedor do sentido profundo da palavra e buscando assimilar o mundo através de novas expressões, o aluno se torna capaz de transformar o que está ao seu redor e fazer cultura sabendo a extensão de seus atos. O papel de Paulo Freire como educador, filósofo da educação e humanista é amplamente reconhecido no Brasil e no exterior, e sua obra é considerada imprescindível a todos os que se dedicam a ensinar. Diante da atualidade dos textos que compõem Ação cultural para a liberdade e outros escritos, não é difícil entender o porquê. * Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, trezentos trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.
  • 431860

    25,0 %

    Consultas Terapeuticas On Line

    sinopse
    • As consultas on-line cresceram significativamente com a pandemia de covid-19. Este livro traz informações atualizadas sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) aplicadas às consultas on-line. A humanidade chegou ao paradigma híbrido nos cuidados presenciais e remotos, e esta obra marca um período importante na história da saúde mental. Com autores oriundos de renomadas universidades, o livro abrange temas como: terapia cognitivo-comportamental digital, psicologia do sentido, primeiros cuidados psicológicos e o método R.A.P.I.D., atendimento on-line em crise, psicoterapia de adolescentes usando games e aplicativos, psicoterapia em grupo on-line gamificada, fenomenologia e atendimento on-line, consultas terapêuticas grupais infantis on-line, e terapia de casal on-line. Trata-se de uma obra inédita e fundamental no cenário atual para profissionais da saúde que trabalham de modo remoto. As consultas on-line são terapêuticas e alcançam o equilíbrio, bem-estar e a boa saúde mental das pessoas.
  • 431751

    25,0 %

    Evasao Escolar Na Educacao A Distancia: Causas E Consequencias

    sinopse
    • A EXPRESSAO EVASAO E UM TEMA MUITO DEBATIDO NA AREA EDUCACIONAL, SEJA NA EDUCACAO A DISTANCIA OU NA PRESENCIAL, ESPECIALMENTE NA EDUCACAO PUBLICA. A FORMACAO INICIAL OU CONTINUADA DE PROFESSORES E FUNDAMENTAL PARA QUE POSSAMOS TER UMA EDUCACAO DE QUALIDADE. ENTRETANTO OS PROGRAMAS DE FORMACAO DE PROFESSORES DO GOVERNO FEDERAL NAO ESTAO CORRESPONDENDO AS ASPIRACOES DESSES PROFISSIONAIS DA EDUCACAO, JA QUE EXISTEM DIVERSOS FATORES QUE ATRAPALHAM ESSAS FORMACOES E IMPEDEM, SEGUNDO OS PROFESSORES, A CONCLUSAO DE SEUS CURSOS. ESTA OBRA, EVASAO ESCOLAR NA EDUCACAO A DISTANCIA: CAUSAS E CONSEQUENCIAS, ESTA VOLTADA PARA A EDUCACAO A DISTANCIA E, NELA, OS EDUCADORES DEMONSTRARAM QUE FATORES ECONOMICOS, SOCIAIS, CULTURAIS, INSTITUCIONAIS E PESSOAIS INTERFEREM NESSE PROCESSO, PROVOCANDO A EVASAO DOS CURSOS DE FORMACAO INICIAL OU CONTINUA DOS CURSOS EAD. A UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL, INSTITUICAO CRIADA PELO MEC/ CAPES, POSSUI POLOS EM TODOS OS ESTADOS BRASILEIROS, POREM NA REGIAO NORDESTE ELES SAO FUNDAMENTAIS PARA QUALIFICAR OS PROFESSORES SEM GRADUACAO ESPALHADOS EM TODOS OS MUNICIPIOS DESSA REGIAO. NESSE CONTEXTO, ESTA OBRA ENFOCA A IMPORTANCIA DA FORMACAO CONTINUADA DE PROFESSORES.
  • 431330

    20,03 %

    Cartas A Cristina

    sinopse
    • """Em Cartas a Cristina, Paulo Freire volta-se para o mais profundo de seu ser com a intenção de analisar crítica e filosoficamente sua própria vida, suas ações, seus sentimentos, suas frustrações e tristezas. Quando o Paulo Freire vivia no exílio, em Genebra, recebeu cartas de uma sobrinha pedindo que lhe contasse como tinha se tornado um educador famoso. Ela, Cristina, começava os estudos universitários e lendo os livros de Freire queria unir o tio amoroso de sua infância com o arguto filósofo que lutava contra as relações opressoras que caracterizavam as sociedades. O tio lhe prometera algumas cartas, que, na realidade, diante da vida atribulada de viagens e trabalhos no Conselho Mundial das Igrejas, jamais foram escritas. Somente mais de uma década depois, após 1988, já vivendo no Brasil, a promessa nunca esquecida começou a tomar corpo num livro, este livro, que alcançaria não somente a sobrinha, mas todos os leitores interessados nos seus afetos e realizações. Publicado originalmente em 1994, Cartas a Cristina reúne dezoito cartas de Paulo Freire à sua sobrinha e uma correspondência dela ao tio. Recapitula a experiência de vida e de prática transformadora como educador. Com seu texto prazerosamente próximo ao leitor, Freire construiu um livro de memória e de análise de sua trajetória como homem e pensador no mundo. A edição foi organizada e anotada por Ana Maria Araújo Freire. O prefácio é de Adriano S. Nogueira. ?Se, porém, você que me lê agora, me perguntar se tenho receita para a solução, lhe direi que não a tenho, que ninguém a tem. Uma coisa, contudo, eu sei e digo porque a história nos tem ensinado, a história dos outros e a nossa, que o caminho não é o do fechamento antidemocrático, dos regimes de exceção, de governos sectários, intolerantes e messiânicos, de direita ou de esquerda. O caminho é o da luta democrática pelo sonho possível de uma sociedade mais justa, mais humana, mais decente, mais bonita, por tudo isso.? """
  • 430056

    20,04 %

    Medo E Ousadia

    sinopse
    • Uma verdadeira aula sobre pedagogia e construção de um ambiente de ensino democrático e inovador. O que é ensino libertador? Como os professores se transformam em educadores libertadores? Como começam a transformar os estudantes? De que modo a educação se relaciona com a transformação política? Podemos aplicar nos países desenvolvido uma pedagogia de países em desenvolvimento? Muitas e complexas são as questões aqui tratadas pelos professores Paulo Freire e Ira Shor e que tornam Medo e ousadia: O cotidiano do professor uma obra indispensável para a elucidação dos problemas práticos e teóricos colocados pela pedagogia dialógica.Os dois mestres apresentam aqui suas opiniões sobre o sistema de educação tradicional, explicam como se transformaram em educadores libertários, quais são as diferenças entre uma educação do laissez-faire e uma verdadeiramente democrática e de que forma os professores devem enfrentar os medos e obstáculos que dificultam a prática de ensino humanizada e inserida no contexto social do educando.Duas experiências distintas: Paulo Freire, educador brasileiro internacionalmente conhecido por sua contribuição à prática pedagógica no mundo, dialoga com Ira Shor, educador norte-americano, estudioso e crítico dos rumos da educação em seu país, engajado na luta pela melhoria no ensino tanto das minorias marginalizadas quanto do conjunto da nova geração.
  • 429104

    25,0 %

    Relatorio De Avaliacao Neuropsicopedagogica - Ran

    sinopse
    • A presente obra descreve passo a passo os caminhos que serão percorridos pelo profissional de Neuropsicopedagogia Clínica para a elaboração do Relatório de Avaliação Neuropsicopedagógica ? RAN, desde a anamnese, o protocolo de avaliação, os testes utilizados até a intervenção. A obra busca , de maneira clara e objetiva, as dificuldades e soluções que muitos profissionais de Neuropsicopedagogia Clínica encontram na produção do RAN. Muitos deles, ao finalizarem suas especializações, não se sentem confiantes para o planejamento, a análise e a intervenção. O objetivo é dar ao profissional um pleno entendimento sobre quais são as áreas de avaliação e o devido funcionamento cerebral dessa área, permitindo, assim, o planejamento de uma intervenção efetiva, buscando dar o devido apoio às reais dificuldades de aprendizagem. A professora Cintia por meio de experiências pessoais práticas buscou auxiliar, de maneira substancial, os alunos e profissionais da área clínica.
  • 425374

    24,99 %

    Criar - A Educacao Dos Filhos Em Tempos Modernos

    sinopse
    • "Ser pai ou mãe é um dos maiores dons que um ser humano pode receber nesta vida, mas implica, ao mesmo tempo, um grande desafio, talvez o maior de todos, e, portanto, requer toda a nossa atenção e dedicação. É este o grande a pelo que Cibele Passos e o Dr. José Martins fazem neste livro, convidando-nos a acompanhá-los na tremenda e estimulante aventura da criação. Eles apresentam um diagnóstico muito contundente do tempo atual e da cultura dominante, onde o individualismo, o hedonismo, o consumismo e o relativismo estão influenciando os adultos de maneira muito negativa. Longe de nos assustar ou desencorajar, porém, o que os autores fazem é nos conscientizar das responsabilidades dessa tarefa e das conseqüências que ela pode gerar no desenvolvimento psíquico, emocional e espiritual dos nossos filhos. ?O estilo parental que prevalece nas famílias de hoje não é o respeitoso nem o amoroso, mas o terceirizado. É difícil questionar um sistema social inteiro, que vem, geração após geração, incutindo verdades dominantes sobre a forma de criar que, em última análise, não contribuem com a saúde integral, gerando com isto um desequilíbrio entre os fatores físicos, mentais, emocionais, sociais e espirituais, que acaba por fazer o indivíduo adoecer. Este livro é destinado a nossos descendentes, com a intenção de deixar-lhes um legado. Queremos impregnar nessas linhas e em todas as páginas deste livro que o amor, o respeito e os relacionamentos interpessoais saudáveis são a base de uma vida plena. A paternidade é guiar a próxima geração e perdoar a última?.   SOBRE OS AUTORES: CIBELE PASSOS ZUCHELO é psicóloga clínica e psicoterapeuta transpessoal. Pós-graduada em psicologia sistêmica familiar e de casais, é mestre em psicologia clínica de adultos pela Universidade do Chile, e especialista em terapia de orientação parental, desde o período gestacional até a adolescência. Desenvolveu um modelo de psicoterapia para casais binacionais. Realiza palestras sobre desenvolvimento infantil para pais, mães e professores. É colunista da revista ?Mamá y bebé?, e autora dos livros ?El sentido como destino: las crisis del ser occidental actual? (2018) e ?Cápsulas de una cuarentena: Desarrollo personal y espiritual en tiempos difíciles? (2020). JOSÉ MARTINS FILHO é médico pediatra, professor emérito de pediatria da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e ex presidente da Academia Brasileira de Pediatria. Escritor e conferencista, é autor de 11 livros sobre desenvolvimento infantil e aleitamento materno, entre eles ?A criança terceirizada: os descaminhos das relações familiares no mundo contemporâneo? (2008). Publicou diversos artigos científicos em revistas nacionais e internacionais, incentivando o aleitamento materno e a vivência das relações familiares. "
  • 400912

    27,99 %

    Reizinho Hiperativo, O - Best Seller

    sinopse
    • O reizinho hiperativo é um guia psicoeducacional essencial para pais, professores e demais profissionais da educação e da saúde mental infantil. Com frequência encontramos crianças que desafiam e se opõem à autoridade de adultos: são agressivas, discutem, não aceitam regras e, geralmente, apresentam um desempenho ruim na escola. É preciso ter muita atenção a esses casos constantes de desobediência, pois eles podem ser mais do que uma fase e se tratar dos transtornos comportamentais que mais atingem crianças e adolescentes: o transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e o transtorno desafiador opositivo. Em O reizinho hiperativo, o psiquiatra Dr. Gustavo Teixeira aborda de forma conjunta duas das principais condições comportamentais que acometem crianças e adolescentes no mundo inteiro. São também duas patologias do comportamento infantil frequentemente comórbidas, isto é, que aparecem juntas no mesmo indivíduo, provocando muito sofrimento para os portadores e para as suas famílias. Os prejuízos acadêmicos e sociais são intensos, e tanto as famílias quanto os profissionais da educação se sentem perdidos e incapazes de oferecer ajuda ou apoio especializado aos filhos e alunos. O Dr. Gustavo Teixeira traz em O reizinho hiperativo informações e orientações sobre esses dois transtornos comportamentais responsáveis por significativos prejuízos na vida de seus portadores e familiares, além de oferecer dicas práticas no tratamento dessas condições e na prevenção ao bullying e ao uso de drogas, muitas vezes relacionados a esses transtornos.
  • 398199

    25,02 %

    Eduques Em Discurso Direto, O - Kirion

    sinopse
    • Ensinar mais e avaliar mais: este foi o lema da gestão de Nuno Crato, que assumiu o ministério da educação de Portugal em 2011, quando o país passava por uma grande crise econômica e fiscal: o salário dos professores, que já estava congelado, fora reduzido; os níveis de abandono e de reprovação escolar eram altos, e o país estava abaixo da média nos testes internacionais. Mediante o reforço na carga horária das disciplinas mais essenciais à educação ? língua portuguesa e matemática ? em detrimento dos ?projetos interdisciplinares? e outras coisas do gênero, e o aumento do número de avaliações gerais ? acompanhado do retorno desses mesmos resultados às escolas, com orientações claras para a melhoria, o ministro fez cair drasticamente o índice de evasão e elevar-se consideravelmente a média das notas dos alunos portugueses, de modo que os resultados de Portugal nos testes internacionais foram os melhores desde sempre. Anos antes, em 2006, este livro já revelava a clareza do autor sobre o vazio do vocabulário e a inocuidade dos conceitos dominantes na discussão pedagógica contemporânea, linguagem composta de lugares-comuns que camuflam o dano de sua aplicação prática. O premiado professor de matemática transpõe a expressão oblíqua desse ?eduquês? para o discurso direto, e nos faz enxergar o seu verdadeiro fundamento e as suas implicações.
  • 394654

    6,13 %

    Falacia Socioconstrutivista, A - Kirion

    sinopse
    • "Os dois grandes flagelos da educação brasileira, seja pública ou privada, são a indisciplina e a incapacidade de leitura e escrita dos alunos, que chegam aos anos finais do ensino fundamental sem as noções mais básicas do processo de alfabetização. Isso é resultado da maneira como foram alfabetizados, e de como o ensino da língua foi abordado pelos currículos do ensino fundamental. São seqüelas decorrentes da metodologia global socioconstrutivista e da abordagem sociointeracionista do ensino de língua portuguesa, ambas inteiramente contrárias à natureza neurobiológica do aprendizado da escrita e da compreensão leitora. Nesta obra, procuro trazer para a educação o que as ciências do cérebro, em especial a psicologia cognitiva e as neurociências da aprendizagem, têm descoberto sobre a natureza do aprendizado da leitura e da escrita, e esclarecer por que os alunos acabam chegando à universidade sem saber ler e escrever. Sobre o autor: Kátia Simone Benedetti (1970?) nasceu e Itatiba, no interior de São Paulo. Licenciou-se em letras em 1993, especializou-se em psicopedagogia (1999) e é mestre em música pelo Instituto de Artes da UNESP (2009). É professora de língua portuguesa da rede municipal de ensino de Itatiba desde 2001. É autora também de ?Dignidade ultrajada: ser professor do ensino público nos dias atuais? (2013) e de ?Eu, professora e Burnout: como o sistema público de ensino adoece professores dedicados e prejudica alunos interessados? (2016). "
  • 394640

    24,99 %

    Uma Pedagogia Do Corpo - Autentica

    sinopse
    • Um dos maiores desafios da educação no século XXI está em formar e atualizar nossos professores, especialmente no que diz respeito à sua formação continuada. Além da formação inicial e da experiência própria, é necessário que todo docente reflita com frequência sobre sua prática cotidiana e que entre em contato com leituras que o ajudem a se aperfeiçoar como ser humano, cidadão e profissional. Para que sua formação seja realmente continuada, a coleção O Valor do Professor apresenta 12 temas que o acompanharão durante 12 meses. Em cada volume da coleção, capítulos breves abordam questões relativas ao cuidado consigo mesmo, à pesquisa, à didática, à ética e à criatividade. São trinta capítulos, um para cada dia do mês, acompanhados por sugestões práticas e bibliografia para aprofundamento. Em Uma pedagogia do corpo, título de estreia da coleção, descobrimos que o corpo é uma pedagogia a ser lida, entendida e praticada. Ele não apenas fala, mas, sobretudo, nos ensina a ensinar. Analisando as diferentes dimensões do corpo (a voz, a coluna, os pés, o cérebro, a audição, os gestos etc.), podemos potencializar significativamente nossa capacidade de comunicação e nossa presença, desenvolvendo competências fundamentais para desempenhar melhor a tarefa docente.
  • 389628

    24,99 %

    Cultura De Paz E Educacao Para A Paz - Papirus

    sinopse
    • Questões referentes à cultura de paz e à educação para a paz têm sido objeto de estudos desde o início do século XX. Mas pensá-las como perspectiva da humanidade e como possibilidade pedagógica na educação torna-se cada vez mais fundamental hoje. As diversas formas de violência diretas e estruturais, que vão desde a intolerância e as agressões físicas até a pobreza e a desigualdade social, compõem um cenário complexo e difícil de ser abordado adequadamente em nosso tempo. Para isso, este livro busca na complexidade e na transdisciplinaridade as bases para interpretar tantos fenômenos presentes na reflexão sobre a paz e a violência. Desse caminho se abrem outros importantes temas para discussão no campo educacional, como valores e direitos humanos, conflitologia e ecoformação de maneira integrada. No Brasil, desde 2018, a cultura de paz e a prevenção das violências estão inseridas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), de modo que fundamentar esse campo de saber é urgente e necessário para a qualificação das convivências escolares, isto é, para que haja mais diálogo, mais democracia e mais cidadania, aspectos centrais para o desenvolvimento da civilização.
  • 386120

    25,0 %

    Pedagogia Da Rebeldia E O Enleituramento - Appris

    sinopse
    • "A PEDAGOGIA DA REBELDIA E NORTEADA POR RELACOES ESTABELECIDAS NAS SALAS DE AULA, GUIADAS PELO OBJETIVO MAIOR DESSE ESPACO, QUAL SEJA, A FORMACAO CIDADA, PRIVILEGIANDO A PRODUCAO DE LEITURA COMO VETOR DO ALCANCE DE TAL OBJETIVO. NAO VOU ENTRAR NA ETIMOLOGIA DA PALAVRA, NEM BUSCAR O QUE O DICIONARIO, A INSTITUICAO DO DIZER, DETERMINA COMO INTERPRETACAO PARA REBELDIA. QUEM ESTA NA ESCOLA, QUEM JA ESTEVE, QUEM LIDA COM CRIANCAS, ADOLESCENTES E JOVENS E ADULTOS EM BUSCA DE UMA APRENDIZAGEM QUE, POR VARIOS MOTIVOS, NAO ACONTECEU NA INFANCIA OU ADOLESCENCIA, QUEM JA FOI CRIANCA E ADOLESCENTE, SABE BEM O SIGNIFICADO DESSA PALAVRA. O QUE PECO E QUE LANCEM A ESSA TERMINOLOGIA UM OLHAR CRITICO. E, OLHAR CRITICAMENTE, DIFERENTE DO QUE FICOU BANALIZADO NA SABEDORIA POPULAR, E BUSCAR OUTROS ANGULOS DE VISAO SOBRE O MESMO OBJETO. VENHO DEFENDER A REBELDIA INERENTE A CONDICAO HUMANA, VINDA DE NOSSA FULCRAL INSATISFACAO SOBRE TUDO, UMA VEZ QUE SEMPRE ENCONTRAMOS TUDO SEMPRE PRONTO QUANDO NOS ENGAJAMOS A UMA DADA COMUNIDADE HUMANA E, NA VERDADE, QUEREMOS VER IMPRESSAS NESSE CENARIO AS NOSSAS PROPRIAS IDEIAS, DESEJOS, GOSTOS. SENDO ASSIM, BUSCAMOS DEIXAR AS NOSSAS CONTRIBUICOES, TRATANDO O QUE JA ENCONTRAMOS COM REBELDIA, OU SEJA, BUSCANDO AS NOSSAS SINGULARIDADES DA FORMA MAIS AUTORAL POSSIVEL, MESMO QUE LUTEMOS PARA NOS MANTER PERTENCENTES A UM GRUPO. SENDO ASSIM, TAL REBELDIA NAO PODE SER PENSADA EM TERMOS DE COMPORTAMENTOS NAO DESEJADOS OU ESPERADOS. PRECISA SER PENSADA EM TERMOS FILOSOFICOS E PSICOSSOCIAIS, NO SENTIDO DE CONSTRUIR CONDUTAS DE ESTAR NO MUNDO, DE SER COM O MUNDO, COM O OUTRO, COM O ECOLOGICO. SER REBELDE E EXPLORAR PROFUNDAMENTE A EXPERIENCIA HUMANA DE SER FANTASTICAMENTE DIFERENTE, UNICO, UNICA E MARAVILHOSAMENTE IGUAL A TODOS OS OUTROS MEMBROS DA ESPECIE HOMO SAPIENS. NAS REFLEXOES AQUI TRAZIDAS, SAO APRESENTADAS ACOES DE PRODUCAO DE LEITURA QUE VISAM AO ENLEITURAMENTO DOS SUJEITOS LEITORES, CONSIDERANDO ESSE VIES DA REBELDIA. ASSIM, A REBELDIA E TOMADA COMO UM MODO DE LIDAR COM O PROCESSO DIALOGICO DO SUJEITO AUTOR COM O SUJEITO LEITOR, NO SENTIDO DE AMPLIACAO DE CONHECIMENTO DE MUNDO DOS SUJEITOS DA APRENDIZAGEM: DOCENTES E DISCENTES."
  • 384668

    25,01 %

    Etica Papirus

    sinopse
    • Tema caro a diversas áreas do saber, este livro coloca a ética como centralidade nas diferentes dimensões da educação infantil: espaços, relações entre crianças e entre crianças e adultos, práticas pedagógicas, formação de professores, currículo e avaliação. Tendo como fio condutor o engajamento responsável e o compromisso com o outro, os textos aqui reunidos oferecem contribuições teórico-práticas a todos os profissionais que trabalham com crianças e aos pesquisadores que estudam a infância e a educação. Fruto do compromisso ético de retorno à sociedade dos resultados de trabalhos realizados no âmbito do grupo de pesquisa Infância, Formação e Cultura (Infoc), em atuação desde 1993 na PUC-Rio, a obra visa contribuir para enfrentar desafios relativos à qualidade das práticas de educação infantil e das políticas públicas de infância e formação de professores.
  • 384614

    25,0 %

    Afinal Do Que E Feito Uma Familia - Metanoia

    sinopse
    • Este livro apresenta reflexões preocupadas sobre as percepções de professoras/es e pedagogas em relação as famílias de mulheres das/os alunas/os do ensino fundamental, com destaque para suas interações sociais na escola nas séries iniciais da educação básica. Os resultados desta investigação mostram de que modo as famílias de mulheres estabelecem um complexo debate no espaço escolar, que ainda é imperado pelo viés dos modelos de famílias heteronormativas e das identidades binárias. Uma narrativa que caminha no sentido do desvelo da relação efetiva entre Estado - religião - escola e famílias, operando sob a égide dos processos simbólicos de representações de papéis socialmente construídos no campo escolar, como o parentesco heterocentrado. E contribui para o repensar a respeito dos impactos decorrentes da imposição do modelo de família heteronormativa sob a prerrogativa da aceitação escolar de novos arranjos familiares, sobretudo os arranjos familiares compostos por duas mulheres.
  • 383614

    24,99 %

    Cerebro Que Diz Sim, O - Planeta

    sinopse
    • "Do autor best-seller de O cérebro da criança, chega às livrarias o guia indispensável para estimular seus filhos a se tornarem resilientes, corajosos e criativos Você já passou vergonha em público com as pirraças de seus filhos? Ou buscou ensiná-los a comer melhor e a dormir na hora certa, mas eles se recusaram a conversar? Ou talvez eles apresentem uma autoestima baixa e você não sabe como ajudá-los? Esses comportamentos são típicos de crianças com um cérebro que diz não. Porém, é possível ensiná-las a desenvolver uma atitude mais aberta e curiosa em relação à vida. Quando possuem um cérebro que diz sim, elas se tornam mais confiantes, propensas a aproveitar oportunidades e a explorar o mundo. Neste livro, o maior especialista em comportamento infantil Daniel J. Siegel e sua parceira Tina Payne Bryson, autores best-sellers de O cérebro da criança, oferecem aos pais ferramentas, roteiros e atividades para ajudar crianças de todas as idades a se tornarem mais positivas. Aqui, você aprenderá: ? Os quatro fundamentos do cérebro que diz sim ? equilíbrio, resiliência, insight e empatia ? e como fortalecê-los; ? O segredo para saber quando seus filhos precisam de um empurrãozinho leve para fora da zona de conforto ou de segurança e familiaridade; ? Estratégias para lidar com comportamentos e estados emocionais negativos, como agressão e distanciamento; O cérebro que diz sim é um guia imprescindível que vai ajudá-lo a desenvolver o potencial e a felicidade de seus filhos."
  • 383311

    24,99 %

    Quem Tem Medo Do Lobo Mau - Papirus

    sinopse
    • "Seria um abuso sexual o príncipe roubar um beijo da Bela Adormecida? Quem brinca de polícia e ladrão pode virar bandido? Games violentos criam assassinos? Mas quem nunca matou uma formiga? E quem nunca ""roubou pão na casa do João""? O filósofo Luiz Felipe Pondé se une aqui a Ilan Brenman, psicólogo e premiado autor de livros infantis, para fazer um panorama do politicamente correto e discutir suas influências na formação das crianças e, consequentemente, dos adultos que elas se tornarão. Os autores mostram que essa verdadeira patrulha do pensamento tem nos feito perder a capacidade de interpretar a vida, com seus símbolos e suas ironias. Com isso, vemos um número cada vez maior de pessoas com dificuldades em lidar com as emoções que sentem, deprimidas e inseguras. A obra provoca a refletir: talvez o lobo mau não viva apenas nos contos de fadas, mas esteja a nos espreitar na escola, na família, na política, na sociedade, enfim. Para enfrentá-lo, ser livre para pensar e se expressar é fundamental. "
  • 380898

    25,0 %

    Planejamento Para A Compreensao - Penso

    sinopse
    • O que é compreensão? O que a diferencia de conhecimento? Por que compreender é um importante objetivo de ensino? Como saber se os alunos o atingiram? Como criar um currículo rigoroso e envolvente que se concentre na compreensão e leve a um melhor desempenho dos alunos? Estas e outras questões são abordadas neste livro, que explica a lógica do planejamento reverso, apresentando um caminho claro para a criação de um currículo que garanta uma melhor aprendizagem e uma experiência mais estimulante para alunos e professores. O livro explica a lógica do planejamento reverso e explora com maior profundidade o significado de ideias-chave como perguntas essenciais e tarefas de transferência. Os leitores aprenderão por que abordagens familiares baseadas em cobertura e em atividades para o projeto do currículo são insuficientes e como o foco nas seis facetas da compreensão pode enriquecer o aprendizado dos alunos. Obra publicada em parceria com a Fundação Lemann e com o Instituto Canoa.
  • 377877

    25,0 %

    Ensino Por Perguntas - Appris

    sinopse
    • ENSINO POR PERGUNTAS: INTERACOES DISCURSIVAS E CONSTRUCAO DE SIGNIFICADOS FUNDAMENTA-SE NA CONSTRUCAO DE UM MODELO DE ENSINO DE FORMULACAO DE PERGUNTAS QUE ATENDA AS DEMANDAS EDUCATIVAS DOS ALUNOS NAS AULAS DE CIENCIAS E BIOLOGIA. ESSE MODELO DE ENSINO TEM COMO UNIDADE CENTRAL O DISCURSO INTERATIVO ENTRE PROFESSOR E ALUNOS PARA ATRIBUICAO DE SIGNIFICADOS COMPARTILHADOS, QUE DENOMINAMOS DE DISCURSO REFLEXIVO. CONSIDERAMOS QUE UMA PERSPECTIVA DE FORMACAO CONTINUADA REFLEXIVA, INVESTIGATIVA E CRITICA POSSIBILITA QUE O PROFESSOR IMPLEMENTE O MODELO DE ENSINO DE FORMULACAO DE PERGUNTAS PROVOCANDO EFEITOS SIGNIFICATIVOS NOS PROCESSOS COGNITIVOS E INTERATIVOS EM SALA DE AULA. ADOTANDO O MODELO DE ENSINO DE FORMULACAO DE PERGUNTAS, OS PROFESSORES PROMOVEM MODIFICACOES NA SUA POSTURA PEDAGOGICA FRENTE AO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DAS CIENCIAS, BEM COMO RESSIGNIFICAM AS SUAS CONCEPCOES SOBRE O CURRICULO E SEUS ELEMENTOS: CONTEUDOS, OBJETIVOS EDUCACIONAIS, ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM E AVALIACAO.
  • 377134

    25,0 %

    Piaget Vigotski Wallon - Teorias Psicogeneticas Em Discussao - Summus

    sinopse
    • Jean Piaget, Lev S. Vigotski e Henri Wallon são os três maiores teóricos estudados no universo da educação e da psicologia. Nesta obra, consagrada por crítica e público, Yves de La Taille, Marta Kohl de Oliveira e Heloysa Dantas traduzem para o leitor o pensamento vivo desses autores. Analisando as ideias de Piaget, Yves de La Taille aborda conceitos como ser social, ética, autonomia, coerção versus colaboração e obediência versus justiça. Ao esclarecer os principais construtos da teoria construtivista, ele ressalta a importância da afetividade na educação. Debruçando-se sobre os contrutos de Vigotski, Marta Kohl de Oliveira destaca tópicos como linguagem, formação de conceitos e metacognição. Partindo de uma abordagem holística do ser humano, a autora analisa a fundo a abordagem sócio-histórica e as implicações da afetividade para a cognição. Já Heloysa Dantas dedica-se ao pensamento de Henry Wallon, destacando a emoção como instrumento típico da espécie humana e mostrando a interligação entre afetividade e inteligência ? concluindo, como seus colegas, que a comunicação afetiva é fundamental para uma educação efetiva. Trata-se, definitivamente, de um livro fundamental na área da pedagogia. Nova edição revista.

Produtos encontrados: 62 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar